BNDES, Grupo Tigre, ICRH e Instituto Iguá levarão tratamento de esgoto a escolas do Nordeste

Imagem: por Miguel Ângelo | Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES. Rio de Janeiro
Imagem: por Miguel Ângelo | Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES. Rio de Janeiro

Imagem: Divulgação | Ação piloto levará coleta e tratamento de esgoto para escolas rurais no Maranhão

São Paulo, junho de 2022 – Em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, o Grupo Tigre, por intermédio da Tigre Água e Efluentes (TAE), o ICRH (Instituto Carlos Roberto Hansen) e o Instituto Iguá celebraram acordo de cooperação técnica para implementar sistemas de coleta e tratamento de esgoto em escolas públicas da zona rural dos municípios de Itapecuru Mirim e Arari, no Maranhão. A primeira ação dessa parceria atenderá, em caráter piloto, até dez escolas rurais, beneficiadas também pela Iniciativa Água nas Escolas, realizada no âmbito do Programa Cisternas, do Governo Federal.

Em 2021, a Diretoria do BNDES aprovou apoio financeiro de R$ 20 milhões para a Iniciativa Água nas Escolas, que dará acesso a água a mais de 2.100 escolas do semiárido.

Em parceria com a Fundação Banco do Brasil, que doará outros R$ 20 milhões, a iniciativa deve contribuir para o aumento da frequência escolar e para a qualidade da alimentação das crianças, bem como colaborar para a redução da incidência de doenças e do tempo despendido na busca por água.

“Nesta ação, o BNDES se integra a uma política pública com efeito sobre educação e saúde, e ao mesmo tempo atua como articulador entre entes públicos e parceiros privados, de forma a complementar o impacto da iniciativa. Estamos abertos a parcerias com empresas para melhorar a infraestrutura de escolas públicas do semiárido.” diz Bruno Aranha, Diretor de Crédito Produtivo e Socioambiental do BNDES.

De forma coordenada com as ações da Iniciativa Água nas Escolas, o Grupo Tigre doará equipamentos, desenvolvidos pela TAE, que fazem coleta e tratamento local de efluentes baseados em tecnologia biológica aeróbia de lodos ativados. Com capacidade de tratamento de até 800 litros/dia, esses equipamentos apresentam baixo consumo energético (15W/H/usuário), e contam com todas as etapas do processo integradas, garantindo facilidade na instalação e baixa exigência de manutenção e sem oferecer odor.

“O produto garante alta eficiência no tratamento e promete ser uma solução viável para populações e áreas onde a rede de coleta não consegue chegar atualmente”, esclarece Ewerton Garcia, diretor responsável pela unidade de negócios da Tigre.

O Instituto Iguá é o responsável pela contratação da organização social que fará a instalação dos equipamentos nas escolas selecionadas, trabalhando o engajamento comunitário e a educação ambiental de alunos e professores. O parceiro técnico do Instituto será o CPDC (Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento), organização não-governamental que há mais de trinta anos atua nas áreas de educação popular e desenvolvimento comunitário sustentável.

“O Programa é um exemplo de política pública eficaz e, em complemento a isso, pretendemos levar alternativas de coleta e tratamento de esgoto descentralizadas, promovendo uma melhoria de vida para muitos alunos e professores. A instalação será feita com o apoio de organização social selecionada, contando com o envolvimento e a participação de toda a comunidade escolar. Esse engajamento é fator crítico para o sucesso da iniciativa, já que os beneficiários precisam entender o processo e participar ativamente de sua gestão pós-implantação”, reforça Renata Ruggiero Moraes, Presidente do Instituto Iguá, organização da sociedade civil, que tem como missão contribuir para a universalização do saneamento no Brasil, por meio da inovação e da educação para o desenvolvimento sustentável.

Além de auxiliar essas escolas e, consequentemente as duas cidades maranhenses, de acordo com Renata, o projeto tende a se tornar exemplo, com a apresentação dos resultados positivos no desempenho das escolas e das crianças beneficiadas. A expectativa é de que a experiência gere conhecimento que possa ser aproveitado em políticas públicas.

Sobre o Instituto Iguá

O Instituto Iguá de Sustentabilidade nasceu da intenção da Iguá Saneamento, empresa investida da IG4 Capital, em fazer a diferença no setor, promovendo a ampliação do impacto social dessa atividade. Para isso, assumiu uma missão ambiciosa: contribuir para a universalização do saneamento no Brasil, por meio da inovação no setor e da educação para o desenvolvimento sustentável. A entidade compreende que atuar no saneamento vai muito além de tratar e fornecer água ou coletar e tratar o esgoto. Significa levar dignidade, saúde e perspectiva de futuro para milhares de brasileiros. O Instituto Iguá é uma associação sem fins lucrativos, de direito privado, que nasceu de forma independente e atua de forma multisetorial, reunindo esforços de diversas empresas e organizações para a causa do saneamento.

Site oficial: https://institutoigua.org.br/

Sobre a Tigre

Com uma história de 80 anos, a Tigre é uma multinacional brasileira com forte presença internacional, líder em soluções para construção civil e cuidado com a água. A empresa oferece um amplo portfólio de produtos que atende os mercados predial, de infraestrutura, de irrigação e industrial. Presente em cerca de 30 países, conta com mais de 5 mil funcionários, 10 plantas no Brasil e 14 no exterior: Argentina (2), Bolívia (2), Chile (2), Colômbia, Equador, Estados Unidos (3), Paraguai, Peru e Uruguai. Além de tubos e conexões, fazem parte do Grupo: Azzo Torneiras ABS, Tigre Ferramentas para Pintura, Tigre-ADS (tubulações de PEAD para saneamento e drenagem), Fabrimar, Tigre Metais (no segmento de metais sanitários) e TAE – Tigre Água e Efluentes (tratamento e reutilização da água).

Site oficial: https://www.tigre.com.br/

Sobre o ICRH

O Instituto Carlos Roberto Hansen completou 18 anos em 30 de outubro de 2021. Braço social do Grupo Tigre, chega à maioridade com uma bagagem gigante de aprendizados, parcerias e ações realizadas. Tem por objetivo a formação do cidadão do futuro, focando o desenvolvimento de Crianças e Adolescentes. Mais do que a realização do sonho do ex-presidente, é a continuidade de sua linha de pensamento e trabalho. O ICRH resume e reúne a postura de um grupo empresarial que coloca em primeiro lugar as pessoas e que sempre valorizou sua comunidade. Somar para o futuro do país, contribuindo com a educação, esporte e cultura de jovens e adolescentes, sem descuidar da Saúde e do Saneamento Básico, são diretrizes do ICRH. Em 17 anos, investiu R$ 60 milhões em cerca de 7 mil projetos, que beneficiaram 5,5 milhões de pessoas.

Site oficial: https://icrh.com.br/

Sobre o BNDES

Fundado em 1952 e atualmente vinculado ao Ministério da Economia, o BNDES é o principal instrumento do Governo Federal para promover investimentos de longo prazo na economia brasileira. Suas ações têm foco no impacto socioambiental e econômico no Brasil. O Banco oferece condições especiais para micro, pequenas e médias empresas, além de linhas de investimentos sociais direcionadas para educação e saúde, agricultura familiar, saneamento básico e transporte urbano. Em situações de crise, o Banco atua de forma anticíclica e auxilia na formulação das soluções para a retomada do crescimento da economia.

Site oficial: https://www.bndes.gov.br/

Iniciativa Água nas Escolas

A Iniciativa Água nas Escolas, realizada pelo BNDES em parceria com a Fundação Banco do Brasil e com o Ministério da Cidadania e desenvolvida no âmbito do Programa Cisternas, tem como objetivo proporcionar o acesso à água de qualidade e em quantidade suficiente para atender às necessidades de alunos, professores e funcionários de escolas da zona rural em localidades com dificuldades de acesso à água. A tecnologia social implementada é a de Cisterna de placas de cimento, que tem capacidade para armazenar até 52 mil litros de água, com captação da água da chuva a partir do telhado da escola.

O Programa Nacional de Apoio à Captação de Água de Chuva e Outras Tecnologias Sociais de Acesso à Água – Programa Cisternas – tem como objetivo de promover o acesso à água para o consumo humano e animal e para a produção de alimentos, por meio da implementação de tecnologias sociais, destinado a famílias rurais de baixa renda e equipamentos públicos atingidos pela seca ou pela falta regular de água.

Crédito:
Imprensa | Tigre

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 2728 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal exclusivo sobre o Meio ambiente e Tecnologias ambientais, ESG e Sustentabilidade, Energias Renováveis (Solar Eólica, Biogás e muito mais), Cursos e Eventos!