Série de lives promoveu troca de saberes sobre a Caatinga

Série de lives promoveu troca de saberes sobre a Caatinga

Imagem: site Embrapa | Em comemoração ao Dia Nacional da Caatinga, celebrado em 28 de abril, a Embrapa realizou uma série de quatro lives sobre o uso e o manejo sustentável do solo e da água desse relevante bioma.

Batizado de “Balaio dos Saberes da Caatinga – povos, solos e água”, o ciclo de rodas de conversa virtuais, voltado a agricultores, técnicos de desenvolvimento rural e demais interessados, teve início nesta quarta-feira (28/4), às 16 horas, no canal da Embrapa no YouTube, com a live “Caatinga: nossa floresta brasileira” – veja abaixo a programação completa.

Com o objetivo de promover ampla troca de conhecimentos e experiências sobre o manejo sustentável da Caatinga, a série de lives reunirá pesquisadores, técnicos, professores e agricultores para discutir temas como mulheres da Caatinga, inovação social, tecnologias sociais de convivência com o Semiárido, tipos de solos e manejos adequados, uso pecuário e conservação da biodiversidade da pastagem, sementes crioulas e suas interações com políticas públicas, biossalinidade como alternativa para agricultura, políticas públicas de acesso a água, reuso e saneamento rural, tecnologias para tratamento de esgoto e reuso agrícola do efluente tratado e aplicação do zoneamento agroecológico em agroecossistemas de base familiar.

A CONCEPÇÃO DO EVENTO

Como explica a pesquisadora Maia Sonia Lopes da Silva, que atua na UEP Recife da Embrapa Solos, “balaio” é um cesto de palha trançado à mão, que era muito utilizado por agricultores para guardar diversos produtos obtidos na roça, como também para transportar essas mercadorias para vender em feiras ou de porta em porta.

“O balaio era utilizado para colher, transportar e vender seus produtos. E neste trajeto havia muita troca de saberes, de como cuidar, armazenar e vender os produtos da sua lavoura. Quando o balaio voltava para casa, trazia novos produtos, comprados ou trocados, e novos conhecimentos adquiridos nas prosas com os companheiros.”

Assim surgiu a ideia de realizar um balaio de troca de saberes em comemoração ao Dia Nacional da Caatinga.

“Neste balaio, vários especialistas e agricultores, de diversas áreas de atuação, irão depositar seus saberes e receber de volta outros saberes adquiridos nos diálogos com o público e com os demais palestrantes”, completa a pesquisadora.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DAS 4 LIVES

Balaio 1 – Caatinga: nossa floresta brasileira – 28/04/2021 – 16h às 18h

Moderador: Fabrício de Martino

Abertura: Petula Ponciano (chefe-geral da Embrapa Solos) e Marco Aurélio Bomfim (chefe-geral da Embrapa Caprinos e Ovinos)

  1. Solos da Caatinga: tipos, usos e manejo Flávio Adriano Marques – Embrapa Solos UEP Recife – 20 minutos
  2. A importância das Caatingas em pé Cícero Félix dos Santos – Irpaa – 20 minutos
  3. Uso pecuário na Caatinga e conservação da biodiversidade da
    pastagem Francisco Éden Fernandes – Embrapa Caprinos e Ovinos – 20 minutos
  4. Sementes crioulas e suas interações com as políticas públicas
    no Bioma Caatinga Amaury Santos – Embrapa Tabuleiros Costeiros – 20 minutos
  5. Mulheres da Caatinga Tatiane Faustino da Silva – jovem camponesa do sertão do Pajeú,
    discente do curso Bacharelado em Agroecologia, Campesinato e Educação
    Popular – UFRPE – 20 minutos
  6. Enchendo o balaio de troca de saberes – interação com o público
  • 20 minutos

Balaio 2 – Tecnologias sociais de convivência com o Semiárido – 30/04/2021 – 16h às 18h

Link: https://youtu.be/I4REagS8YnQ

Moderador: Reginaldo Alves de Souza – engenheiro agrônomo, mestre em Gestão Ambiental

  1. Inovação social no bioma Caatinga
    Cristiane Amâncio – Embrapa Agrobiologia – 20 minutos
  2. Políticas públicas de acesso a água
    Antônio Barbosa – ASA – 20 minutos
  3. Tecnologias sociais hídricas
    Maria Sonia Lopes da Silva- Embrapa Solos UEP Recife – 20 minutos
  4. Impactos e desafios das tecnologias sociais no desenvolvimento do
    Semiárido brasileiro
    Alexandre Lima – secretário de Desenvolvimento Rural e Agricultura
    Familiar do RN (SEDRAF) – 20 minutos
  5. Bem viver na Caatinga – Agricultores Seu Dedé e Dona Gilda –
    Sítio Bananeira, São José da Tapera (AL) – 20 minutos
  6. Enchendo o balaio de troca de saberes – interação com o público – 20 minutos

Balaio 3 – Reuso da água e saneamento rural – 04/05/2021 – 16h às 18h

Moderador: Daniel Weber – Embrapa Solos UEP Recife

Reuso da água no meio rural Salomão de Souza Medeiros – IFPB – 20 minutos

Bioágua familiar – reuso da água para fins agrícolas Roseli Freire de Melo – Embrapa Semiárido – 20 minutos

As águas salobras e a biossalinidade como uma alternativa para
agricultura camponesa Gherman Leal – Embrapa Semiárido – 20 minutos

Saneamento básico rural por meio de tecnologias para tratamento
de esgoto e reuso agrícola do efluente tratado Wilson Tadeu Lopes da Silva – Embrapa Instrumentação – 20 minutos

Bem viver na Caatinga – fala de uma agricultora sobre sua
vivência no bioma e um vídeo do seu agroecossistema – 20 minutos

Enchendo o balaio de troca de saberes com público – 20 minutos

Balaio 4 – Uso e manejo sustentável do solo – 10/05/2021 – 16 às 18h

Moderador: Luís de França – Embrapa Solos UEP Recife

Aplicação do zoneamento agroecológico em agroecossistemas de base familiar José Coelho de Araújo Filho – Embrapa Solos UEP Recife – 20 minutos.

Estratégias agroecológicas de avaliação da saúde do solo Professor Simão Lindoso – UEPB – 20 minutos.

Construção coletiva do conhecimento: bases para diálogo de saberes sobre solos João Roberto Correia – Embrapa Alimentos e Territórios – 20 minutos

Bem viver na Caatinga – Gerusa Marquês – agricultora, Território da Borborema, Massadaranba (PB) – 30 minutos

Enchendo o balaio com diálogo de saberes – interação com o público – 30 minutos

INSTITUIÇÕES ENVOLVIDAS

Embrapa Solos – UEP Recife
Embrapa Caprinos e Ovinos (CE)
Embrapa Semiárido (PE)
Embrapa Tabuleiros Costeiros (SE)
Embrapa Instrumentação (SP)
Embrapa Agrobiologia (RJ)
Embrapa Alimentos e Territórios (AL)
Articulação Semiárido Brasileiro (ASA)
Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa)
Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
Instituto Federal da Paraíba (IFPB)
Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar do RN (SEDRAF)

Crédito:
Imprensa | Embrapa

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1128 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.