DPaschoal aposta em Reciclagem Circular para inovação de processos ambientais

Imagem: DPaschoal | Divulgação – O conceito, inspirado nos ciclos da natureza, otimiza uso de insumos e recursos e prolonga vida útil de produtos.

A DPaschoal pneus, maior rede de oficinas automotivas do Brasil e empresa pioneira em revisão veicular consciente, revisitou seus processos ambientais dentro das práticas de gestão ESG – Environmental, Social e Corporate Governance –, com o objetivo de manter seu programa de sustentabilidade compatível com as práticas de consumo consciente atuais, através da prestação de serviços inovadores e ecologicamente corretos.

O investimento em programas de sustentabilidade ambiental e social faz parte do DNA da empresa desde 2007 e, desde então, está em constante processo de evolução. Denominado “Economia Verde”, o programa tem como objetivo principal auxiliar o cliente a economizar na manutenção do seu veículo e, ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente, gerando um equilíbrio entre o crescimento econômico e a proteção ambiental.

“Estamos constantemente atentos às necessidades do mercado e do meio ambiente, e, por isso, buscamos garantir que a empresa ofereça uma prestação de serviços inovadora e sustentável, através de práticas atualizadas de destinação de resíduos. Dentro destas pesquisas, encontramos o conceito da ‘Reciclagem Circular'”, explica Jacqueline Mingoto, gerente de Qualidade, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente da DPaschoal.

Como funciona

Modelo alternativo aos processos produtivos tradicionais, a reciclagem circular tem como proposta repensar o ciclo da produção e consumo, desenvolvendo meios para reutilizar materiais e otimizar o uso de insumos e recursos. Inspirada nos ciclos da natureza, o conceito funciona a partir da lógica circular, já que no meio ambiente não existem resíduos; tudo o que é “descartado” dá início a um novo estágio (como, por exemplo, restos de fruta que se transformam em adubo naturalmente). Dentre as principais práticas deste tipo de economia, estão o uso de insumos circulares como a reutilização da água e a recuperação de recursos. Dessa forma, quanto maior a duração de um item, menor será o descarte de lixo.

Na DPaschoal, a reconfiguração do programa deve permitir que a empresa proporcione uma extensão da vida útil de seus produtos dentro do modelo circular, de forma que os resíduos passem a ser reintegrados à etapa de fabricação da matéria prima ou do componente. No entanto, segundo Jaqueline, os resíduos automotivos requerem cuidados especiais, devido ao alto risco de contaminação ambiental por óleos e graxas que, por sua vez, são indispensáveis para o funcionamento das peças.

“Após a descontaminação correta, temos disponíveis aço, ferro e outras ligas metálicas, além de plásticos e borrachas. Juntos, eles não são próprios para reuso, mas separados, tornam-se matéria prima secundária, complementando a matéria prima primária e criando mais um processo”, explica a profissional.

Com a nova abordagem, a empresa deixa de praticar os três “R”s – reduzir, reutilizar e reciclar – e passa incorporar novos ciclos aos produtos, transformando resíduos em insumos e novas matérias primas.

“O que era o fim, torna-se um novo começo, com a mesma qualidade ou até mesmo superior”, finaliza Jaqueline.

Eco Control

Seguindo os conceitos de revisão veicular consciente da empresa, o programa Eco Control permite que o consumidor acompanhe a destinação correta de pneus, desde o momento em que são trocados nas lojas, até a sua reciclagem. Os produtos ganham uma etiqueta com um código que deve ser ativado pela loja DPaschoal. A partir do cadastro, o cliente recebe uma mensagem por SMS no celular e a empresa encaminha informações sobre o descarte ecologicamente correto dos pneus. Dessa forma, o consumidor pode acompanhar as fases do processo de logística reversa, desde o fim de vida útil do produto até a chegada do material à empresa de reciclagem.  Site: https://www.dpaschoal.com.br/ecocontrol                              

Diferencial no mercado

Mais do que apenas um conceito, o Economia Verde faz parte do DNA da DPaschoal e transformou a maneira de interagir com seus diferentes públicos (fornecedores, colaboradores e clientes) e de fazer negócios.  O Grupo juntou esforços de todo o time – desde os consultores nas lojas, até o alto comando da companhia – e buscou agir dentro de parâmetros que privilegiassem o meio ambiente, além de permitir que o consumidor economize nas manutenções. Site: https://www.dpaschoal.com.br/economia-verde-sustentabilidade

“Todos ganham nesse sistema: as lojas, pela confiabilidade; os atendentes, pela transparência; os clientes, pela economia e, mais importante, o meio ambiente, pela redução dos descartes”, explica Luis Norberto Pascoal, empresário e presidente da DPaschoal.

Sobre a DPaschoal

Desde 1949 a DPaschoal atua na prestação de serviços de manutenção automotiva para veículos leves e pesados com a premissa do SER – Sustentabilidade, Educação e Responsabilidade Social. Com 130 lojas em 08 estados e mais de 100 municípios, a DPaschoal busca economizar tanto para seus clientes, como para o planeta. Seu princípio é o medir e testar, com ferramentas exclusivas, para avaliar a real necessidade de ter que trocar peças ou pneus com total transparência e honestidade. A DPaschoal possui uma universidade interna e o Centro de Treinamento Técnico e Inovação para garantir que os profissionais sejam altamente qualificados. O grupo DPaschoal também conta com Fundação Educar que atua ativamente na comunidade com projetos sociais, a DPK – especialista em distribuição automotiva para todo o Brasil e o Maxxi Training integrando fornecedores na capacitação de profissionais do mercado, além da Daterra que se preocupa em desenvolvimento de projetos e pesquisas agrícolas sustentáveis. Site: www.dpaschoal.com.br.

Crédito:
Imprensa| DPaschoal

Sobre Ambiental Mercantil Notícias 811 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.