Usinas térmicas, eólicas e hídricas totalizaram 174,36 MW com operação iniciada em agosto

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) fechou o mês de agosto com 174,36 megawatts (MW) liberados para operação comercial – sendo 47% em usinas termelétricas e os outros 53% em usinas com geração eólica e hídrica. Ao longo do ano, a fiscalização da Agência liberou 3.297,74 MW em 14 estados do País.

Dentre as usinas de fonte térmica, destaca-se a entrada em operação de uma grande unidade industrial para autoprodução em Pernambuco, com 50 MW de potência instalada. Outros 10 MW se devem à entrada em operação de unidades para atendimento a comunidades isoladas no Amazonas.

Apesar do cenário de pandemia da Covid-19, a ANEEL tem mantido normalmente o acompanhamento da expansão da oferta de energia elétrica no Brasil. Entre as inovações utilizadas pela fiscalização da Agência está, por exemplo, o uso de tecnologias que permitem o acompanhamento de obras por imagens de satélite.

Ferramenta desenvolvida pela ANEEL permite fiscalizar obras de usinas à distância

O desenvolvimento de inovações na fiscalização de usinas tem garantido à ANEEL acompanhar integralmente os empreendimentos em implantação, mesmo no atual cenário de viagens suspensas e isolamento social.

O “Acompanhamento Geoespacial de Usinas em Implantação” ou, simplesmente, AGUIA tem o propósito de evoluir o processo de fiscalização, facilitando a vistoria por meio da captura de imagens de satélite. Com o AGUIA, a equipe de fiscalização pode acompanhar todo o processo de implantação das usinas – do início das obras até sua conclusão, proporcionando a manutenção do isolamento social.

Solução idealizada e desenvolvida pela ANEEL, a ferramenta surgiu no ano passado (2019) pela necessidade de confirmar determinadas informações enviadas pelos agentes. Com a obtenção de imagens de satélite gratuitas, a ferramenta gera ainda economia de recurso público, uma vez que reduz consideravelmente a necessidade de deslocamento dos fiscais até as obras.

Cabe ressaltar que a fiscalização à distância – que tem o AGUIA como uma das ferramentas, é eficaz na obtenção dos resultados e não compromete a segurança da operação.

Imagem: ANEEL

Mais informações sobre o acompanhamento da expansão da oferta de geração estão disponíveis em painéis interativos no endereço www.aneel.gov.br/fiscalizacao-dos-servicos-de-geracao.

Esses painéis trazem um histórico da expansão da geração desde a criação da ANEEL (1997) e, também, perspectivas a partir da base de dados de todos os empreendimentos outorgados para construção.

Capacidade instalada

O Brasil alcançou, em agosto, a capacidade instalada de 173.279,3 MW de potência fiscalizada, de acordo com dados do Sistema de Informações de Geração da ANEEL, o SIGA, atualizado diariamente com dados de usinas em operação e de empreendimentos outorgados em fase de construção. Desse total em operação, 74,45% das usinas são impulsionadas por fontes consideradas sustentáveis, com baixa emissão de gases do efeito estufa.

Crédito:
Agência Nacional de Energia Elétrica

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1370 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.