Plano de “AÇÃO CLIMÁTICA” é apresentado na FIESP/CIESP

Imagem: Divulgação | FIESP CIESP

“Net Zero 2050” busca a neutralidade das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) no estado até o ano de 2050

A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) debateu o Plano de Ação Climática “Net Zero 2050”, junto ao Departamento de Desenvolvimento Sustentável (DDS) da Fiesp/Ciesp.

A iniciativa do governo paulista, que busca a neutralidade das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) no estado até o ano 2050, foi apresentada pelos subsecretários de Meio Ambiente, Eduardo Trani, e Infraestrutura, Cassiano Quevedo.

Segundo Trani, o documento “Diretrizes e Ações e Estratégicas – Plano de Ação Climática do Estado de São Paulo – Net Zero” está aberto para consulta pública até o dia 30 de setembro. 

“A receptividade da sociedade em debater o tema tem superado as expectativas do governo e aguarda-se contribuições da academia, das empresas e da sociedade civil”, explicou.

Para o diretor do DDS, Nelson Pereira dos Reis,  “O tema é muito relevante para o Departamento de Desenvolvimento Sustentável da Fiesp, bem como para o Conselho de Meio Ambiente, além dos departamentos de Agronegócio, Infraestrutura e Competitividade”, destacou.

O evento contou com a participação de entidades do setor produtivo, como a Associação Brasileira das Indústrias de Vidro (Abividro)Sindicato Nacional da Indústria de Cimento (SNIC)Associação Brasileira de Alumínio (Abal)Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim)Instituto Aço Brasil (IABR)Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP)Grupo Ultra; e UNICA.

A SIMA também foi representada pela Assessoria de Mudanças Climáticas, Coordenadoria de Planejamento Ambiental, Coordenadoria de Petróleo, Gás e Mineração e Assessoria da Presidência da CETESB.

Plano de Ação Climática do Estado de São Paulo – Net Zero 2050

No mês de julho, o Governo de SP aderiu às campanhas da ONU “Race to Zero” e “Race to Resilience”, sendo o primeiro estado brasileiro a assumir o compromisso por meio de decreto governamental. As ações visam o engajamento de governos, empresas, investidores, acadêmicos e lideranças da sociedade civil para zerar as emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050.

São Paulo fixa novas metas e soluções para energias renováveis, restauração florestal, agricultura de baixo carbono, bioeconomia, proteção da biodiversidade, controle e prevenção da poluição, qualidade do ar, transportes sustentáveis, segurança hídrica, saneamento ambiental, municípios resilientes e cidades sustentáveis.

Crédito:
Imprensa | Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente SIMA – Governo de São Paulo

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1401 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.