Carroças do Futuro chega em seu segundo ano de execução com a criação de carroças elétricas e de bambu

Imagem: DivulgaçãoCarroças do Futuro visa melhorar a condição de trabalho, renda e saúde dos catadores e catadoras de materiais recicláveis.

Os catadores de materiais recicláveis são responsáveis por coletar 90% de tudo que o Brasil recicla. Normalmente, esses trabalhadores utilizam carroças para armazenar e transportar o que recolhem, podendo chegar a carregar mais de 500 kg de uma só vez. Pensando na saúde desses profissionais, a ONG Pimp My Carroça criou o projeto Carroças do Futuro.

O objetivo do projeto é desenvolver protótipos de carroças e triciclos elétricos com baixo custo e potencial de escalabilidade, que sejam não poluentes e sirvam como alternativa à tração humana. O projeto também desenvolve carroças utilizando materiais alternativos e mais sustentáveis na estrutura. A ideia é proporcionar melhores condições de trabalho e de renda para as catadoras e catadores, além de promover benefícios para a qualidade de vida e saúde destes profissionais, por não sobrecarregá-los fisicamente na execução do trabalho.

Imagem: Divulgação

“O Carroças do Futuro concluiu a versão da carroça elétrica e realizou neste mês de janeiro testagens com os catadores. A carroça foi bem avaliada e estamos animados para levar as carroças para as ruas. Pretendemos replicar este protótipo de carroça elétrica através da aplicação de projetos piloto em microrregiões para avaliarmos o desempenho das carroças e coletarmos evidências referentes ao desempenho do protótipo, ao aumento da capacidade da coleta seletiva e sobre as melhorias nas condições de trabalho e renda dos catadores”, , disse Adriane Andrade, coordenadora do projeto Carroças do Futuro.

Vale frisar que, para a continuidade e ampliação do projeto, a organização está em busca de novos parceiros e investidores.

A versão aprimorada da carroça elétrica possui velocidade máxima de 5 km/h, motor elétrico com a função ré e itens de segurança – freio, buzina, setas, rastreadores via GPS e farol dianteiro e traseiro. Sua capacidade de carga suporta 400 Kg. A recarga das baterias possui a duração de 6h e são recarregáveis em tomada comum. Em 2020 o projeto também disponibilizou quatro triciclos elétricos para a utilização dos catadores e foram coletados feedbacks para a realização dos aprimoramentos necessários.

Os testes têm como objetivo avaliar os protótipos para que atendam às necessidades dos catadores de materiais recicláveis, valorizando e potencializando o trabalho desses profissionais que prestam um serviço essencial para limpeza urbana e preservação ambiental.

Carroça de bambu

Em janeiro de 2021 o projeto avançou na criação de uma carroça de bambu: a proposta é avaliar a resistência desse material junto ao trabalho dos catadores nas ruas. O bambu é um material mais sustentável, que promove benefícios ecológicos em sua produção e reduz a necessidade do uso de ferro extraído por mineradoras para sua estrutura. 

“O Carroças do Futuro é uma inovação sustentável para ajudar o trabalho dos catadores de materiais recicláveis autônomos a trabalharem com maior eficiência, gerar maior renda e promover qualidade de vida. É a valorização para quem de fato realiza a coleta seletiva. Eles trazem uma solução para nossa cidade e hoje não são reconhecidos, trabalhando de forma insalubre e pouco remunerada”, afirma Adriane. 

O Carroças do Futuro foi iniciado em 2019 com a parceria entre o Instituto Clima e Sociedade (ICS) e Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT), e a partir de 2020, em seu segundo ano de execução, contou com a parceria da Nestlé. Em 2020 também foi elaborado o plano de negócios do projeto em parceria com a 3M e a Pyxera Global –  Impact Program.

Sobre o movimento Pimp My Carroça 

É um movimento que atua desde 2012 para tirar os catadores de materiais recicláveis da invisibilidade – e aumentar sua renda – por meio da arte, sensibilização, tecnologia e participação coletiva. Desde o seu início, mais de 2.000 catadores/as foram atendidos, mobilizando cerca de 1.200 grafiteiro(as) e aproximadamente de 2.500 voluntário(as) – além de 25 cooperativas de catadores que receberam mutirões de pintura. As ações do projeto foram replicadas em cerca de 50 cidades de 15 países diferentes, como Colômbia, Argentina, EUA e Marrocos. Em 2017, o Pimp My Carroça lançou o premiado app Cataki.

Atualmente, buscando apoiar os catadores de material reciclável e entulho, o Pimp My Carroça criou um crowdfunding mensal, o Viva os Catadores. É possível ajudá-lo neste link.

O Carroças do Futuro está em conformidade com os Objetivos Sustentáveis da ONU, especialmente em relação ao Objetivo 8 (Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos), Objetivo 9 (Construir infra estruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação), Objetivo 11 (Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resistentes e sustentáveis). 

Imprensa | Pimp my Carroça

Sobre Ambiental Mercantil Notícias 689 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.