Tembici lança projeto de bikes elétricas compartilhadas em parceria com Itaú, iFood e Prefeitura de São Paulo

Tembici lança projeto de bikes elétricas compartilhadas em parceria com Itaú, iFood e Prefeitura de São Paulo

Imagem: Divulgação

  • Projeto chega para atender diversos perfis de uso, de forma democrática, sustentável e acessível.
  • O lançamento também faz parte do posicionamento da cidade com a pauta climática e objetivos do desenvolvimento sustentável da agenda de 2030.

Junho de 2022 – A Tembici, empresa líder de micromobilidade na América Latina, em parceria com Itaú Unibanco, patrocinador do bike Itaú, iFood, maior plataforma de delivery da América Latina e patrocinador do iFood Pedal e a Prefeitura de São Paulo, anunciaram o lançamento do primeiro projeto de bikes elétricas compartilhadas com sistema de estações fixas em São Paulo. As 500 bikes elétricas chegam ao sistema de forma gradual, em modelo similar ao já operante no Rio de Janeiro, também liderado pela companhia.

A chegada do modal no sistema é muito aguardada, pois expande a possibilidade de uso diário, uma vez que facilita deslocamentos mais longos e com diferentes relevos, exigindo menos esforço de quem pedala, além de fazer parte da estratégia da cidade no cumprimento de seus compromissos sustentáveis.

“Acompanhamos as tendências globais e sabemos da importância das bikes elétricas para cidades mais democráticas e sustentáveis. Temos uma experiência extremamente positiva no Rio de Janeiro, que já chegou a registrar mais de 4 mil viagens em um único dia com as e-bikes, tanto com finalidade de deslocamento, quanto de delivery, e sabemos que será um marco muito importante para São Paulo.”, afirma Tomás Martins, CEO e co-fundador da Tembici.

Os usuários do bike Sampa poderão optar pela bicicleta elétrica com valores a partir de R$2,50, por 15 minutos, no plano completo. A expectativa é que as e-bikes façam três vezes mais viagens do que as bicicletas tradicionais, já que possuem pedal assistido, ou seja, o motor é acionado quando a bicicleta é pedalada, sem acelerador, tornando a bike mais leve. Com velocidade limitada a 25 km/h, os freios e peças de transmissão das bicis carregam selo de empresas renomadas do mercado, proporcionando a máxima qualidade e segurança.

“O Bike Itaú completa 10 anos de operação no país, e a chegada das bikes elétricas em São Paulo reforça não apenas o nosso compromisso com o conceito de compartilhamento de bicicletas, mas também com a mobilidade sustentável. O investimento de longa data no projeto de bikes é fruto da nossa visão da mobilidade ativa como elemento essencial para a construção das cidades do futuro”, comenta Luciana Nicola, diretora de Relações Institucionais e Sustentabilidade do Itaú Unibanco. “Juntos, todos os parceiros nesta iniciativa, temos uma grande influência para incentivar cada vez mais o uso das bikes, a melhoria da infraestrutura e segurança para os ciclistas e também incentivar a intermodalidade no dia a dia”, completa a executiva.

Modal democrático e acessível

Segundo o estudo “Micromobilidade no sul global”, divulgado recentemente pela Tembici, o uso de bicicletas compartilhadas no Brasil teve um aumento de 400% nos últimos 10 anos. Junto a essa tendência, o uso do modal para entregas também foi algo que se consolidou.

Crédito: Divulgação

“O sistema compartilhado tem exatamente o objetivo de atender diversos perfis de uso. Por isso, vamos sempre investir em um sistema democrático, que favoreça os usuários e as cidades. Ter bicicletas normais e e-bikes em nossas estações é dar essa liberdade de escolha e possibilitar que cada pessoa entenda o seu momento e necessidade”, afirma o executivo da Tembici.

“E essa mensagem se torna ainda mais forte, quando temos dois parceiros de extrema relevância, como iFood e Itaú, junto a nós e a Prefeitura de São Paulo – que possui uma das mais modernas regulamentações para sistemas compartilhados de bicicleta – para fomentar o uso e a disponibilidade do modal”, finaliza.

Entregas verdes

A iniciativa também amplia as possibilidades para pessoas entregadoras que já contavam com as bicicletas elétricas exclusivas por meio do iFood Pedal, projeto lançado pelo iFood em parceria com a Tembici, que compreende as diversas necessidades de uso desse público.

O iFood Pedal está presente em 6 cidades brasileiras: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Salvador (BA) e Brasília (DF). E até hoje, já realizou mais de 3 milhões de entregas verdes com bikes convencionais e elétricas.

“Essa parceria é um passo importante no compromisso do iFood com nossas metas de redução das emissões de carbono, pois amplia as possibilidades das pessoas entregadoras que não ficam restritas ao iFood Pedal. O iFood segue seu compromisso e missão de ser o melhor parceiro possível para os entregadores da plataforma ao viabilizar também a possibilidade do aluguel de modais, como a bike convencional e a elétrica”, comenta Fernando Martins, head de inovação logística do iFood.

Impactos positivos para a cidade

O bike Sampa já economizou mais de 5 mil toneladas de CO₂ e de acordo com o estudo de micromobilidade, 52% dos respondentes afirmam que fariam os deslocamentos em modos motorizados se não utilizassem a bicicleta, o que reforça sua importância e contribuição para o meio ambiente.

Além disso, 27% combinam o uso com outros meios de transporte, sendo 82% ônibus ou metrô. Na cidade de São Paulo, 1 a cada 5 viagens de bicicletas compartilhadas começam ou terminam em estações de metrô ou terminais de ônibus, e as bikes elétricas devem ampliar esses números incentivando a intermodalidade, característica fundamental para a conectividade dos trajetos.

Sobre a Tembici

A Tembici é responsável por mais de 65 milhões de deslocamentos com bicicletas nas principais capitais brasileiras, como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Recife, Porto Alegre e Brasília, além de Santiago, no Chile, e Buenos Aires, na Argentina. Considerada uma das startups mais promissoras e inovadoras do país, pela lista das 100 Startups to Watch (2020 e 2021) e destaque na categoria Mobilidade na lista “Melhores do ESG 2021”, da Exame.

Ao longo dos últimos anos a empresa acompanhou o aquecimento do setor de micromobilidade no mundo e, devido ao seu modelo de negócio e qualidade do produto, registra crescimento sólido e contribui diretamente para consolidar a bicicleta como um modal de transporte nas cidades em que atua. Em 2021, os fundadores da Tembici passaram a fazer parte da rede de empreendedores Endeavor, recebendo apoio da organização para continuar crescendo de forma acelerada.

Site oficial: https://www.tembici.com.br/

Crédito:
Imprensa | Tembici

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 2562 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal exclusivo sobre o Meio ambiente e Tecnologias ambientais, ESG e Sustentabilidade, Energias Renováveis (Solar Eólica, Biogás e muito mais), Cursos e Eventos!