Termotécnica faz parceria para recolher e reciclar marmitas de isopor distribuídas pelos restaurantes populares de Joinville

Imagem: Divulgação | Essa é mais uma iniciativa da companhia, que acaba de ser reconhecida no Mérito Ambiental Fiesp com case de logística reversa e reciclagem de EPS

A substituição do atendimento presencial pela entrega de marmitas nas duas unidades do Restaurante Popular de Joinville levou ao uso de embalagens de EPS (mais conhecido como isopor – marca registrada de empresa terceira).

Elas acondicionam cerca de 1.500 refeições diárias, que atendem principalmente pessoas vulneráveis do município.

Nos últimos meses, essas pessoas foram sensibilizadas a trazer de volta suas embalagens para o restaurante, para que pudessem ser coletadas e recicladas pela Termotécnica, que tem matriz na cidade, voltando ao mercado para dar origem a novos produtos. 

O primeiro contato entre a Termotécnica e o Restaurante Popular aconteceu após uma live da Semana Lixo Zero Joinville 2020, quando a equipe dos restaurantes conheceu como era feito o processo de reciclagem do isopor na unidade da companhia em Pirabeiraba.

Na sequência foi feito um trabalho de conscientização dos funcionários e dos usuários do restaurante e a coleta passou a acontecer semanalmente.

Albano Schmidt, presidente da Termotécnica, (na foto com os coordenadores dos restaurantes populares) destaca a importância das empresas investirem em ações conjuntas de educação para a reciclagem.

“Tudo começa nas pessoas, que precisam fazer a sua parte: descartar o produto limpo no local adequado. Parcerias como essa podem se estender para outros lugares que distribuem alimentos e para outras cidades”.

Lorenne Sarubi Mileo, Nutricionista/Gerente Administrativo Financeira da Asanj (Associação de Segurança Alimentar Nutricional de Joinville) e coordenadora dos restaurantes populares da cidade, diz que houve boa adesão dos frequentadores dos restaurantes à iniciativa.

“Por meio do alimento, sensibilizamos as pessoas para a reciclagem, transformando um comportamento que gerava lixo em solução para o meio ambiente. Queremos expandir esta iniciativa para o projeto Alimentando o Presente, que distribui marmitas no Morro do Meio.” 

Uma ação similar está acontecendo em Joinville com o projeto Isopor® Amigo, uma iniciativa de reciclagem da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) com apoio de diversas empresas do segmento (Termotécnica entre elas). Depois de um projeto-piloto no Perini Business Park, o projeto Isopor Amigo trabalha para expandir a sua rede de coleta. Quem tem um volume de material para reciclar, pode manifestar interesse em um PEV (ponto de entrega voluntária) da campanha, basta fazer contato através do Formulário de Adesão ao Projeto Isopor® Amigo.

O Restaurante Popular Herbert José de Souza, (RP 1), fica na rua Urussanga, 442, bairro Bucarein, e no Restaurante Popular Zilda Arns, (RP 2), na avenida Alvino Hansen, 65, no Adhemar Garcia.

Termotécnica é destaque no Mérito Ambiental Fiesp

Com case de logística reversa e reciclagem de EPS

A Termotécnica foi reconhecida no 26º Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, com menção honrosa na categoria médias e grandes empresas, pelo projeto “Reciclar EPS – da logística reversa a novos produtos“. O case mostra a trajetória pioneira da empresa ao estruturar uma rede de parceiros e investir na reciclagem do EPS pós-consumo, transformando um material antes rejeitado nas coletas seletivas em um insumo reciclado valorizado no mercado.

O resultado do programa contabiliza mais de 44 mil toneladas de EPS recicladas, cerca de 1.000 pontos de coleta do material em várias regiões do país e geração de emprego e renda para cerca de 5.000 famílias.

O programa Reciclar EPS contempla serviços de logística reversa e reciclagem, ampliando o ciclo de vida dos materiais, evitando a exploração de novos recursos finitos e contribuindo para circularidade do material e preservação do meio ambiente. O EPS é um exemplo de que o plástico pode conviver em harmonia com o desenvolvimento sustentável. O produto não representa riscos à saúde e ao meio ambiente, é composto por 98% de ar e é 100% reciclável com baixo consumo de água e energia. Não contamina o solo, o ar e a água e por ser extremamente leve pode reduzir a pegada de carbono nos transportes quando comparado com outros materiais.

A reciclagem do EPS gera uma nova matéria-prima, denominada Repor® – marca de poliestireno reciclado da Termotécnica, utilizado na fabricação de rodapés, vasos, decks, cabides, entre outros produtos.

De acordo com Albano Schmidt, presidente da Termotécnica, a conquista de um reconhecimento como o da Fiesp:

“Reforça a missão da empresa de promover uma mudança cultural no Brasil, buscando a conscientização coletiva de que o EPS é um plástico reciclável que precisa ser descartado de forma correta para ter seu ciclo de vida prolongado”, afirma ele.

O Reciclar EPS

A Termotécnica lançou seu programa Reciclar EPS em 2007, com os objetivos de reduzir a emissão de resíduos, fomentar a cultura da reciclagem e aumentar seu portfólio de produtos. O programa antecipou-se até mesmo à legislação, pois somente em 2010 foi lançada a Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS, instituindo a responsabilidade compartilhada dos geradores de resíduos.
Site: https://www.termotecnica.ind.br/sustentabilidade-reciclagem-de-eps

Crédito:
Imprensa | Termotécnica

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1144 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.