Legislação e políticas públicas costeiro-marinhas são tema de evento on-line

Conexão Oceano: legislação e políticas públicas costeiro-marinhas.

Imagem: Belle Co | Pexels – Debate no dia 20 de abril terá a participação de pesquisadores, especialistas e autoridade; encontro marca semana de lançamento da Década do Oceano no Brasil.

A Fundação Grupo Boticário promove no próximo dia 20, das 19h às 20h, o Conexão Oceano: legislação e políticas públicas costeiro-marinhas.

Com participação gratuita e voltado a todos os públicos, o evento on-line busca ampliar a consciência sobre a importância do oceano e sua relação com temas transversais e essenciais para a vida no planeta. A iniciativa é uma parceria com a Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI) da UNESCO e integra a programação da semana que oficializa a entrada do Brasil na Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o período de 2021 a 2030.

O evento, com transmissão ao vivo pelo Facebook da Fundação Grupo Boticário, terá a mediação do jornalista José Raimundo, ganhador do Prêmio Vladimir Herzog e autor de diversas reportagens sobre temas ambientais veiculadas em programas jornalísticos da TV Globo. 

Participação confirmada

  • Camila Domit, bióloga, coordenadora do laboratório de Ecologia e Conservação do Centro de Estudos do Mar (UFPR), pesquisadora na área de ecologia da megafauna e ambientes marinhos e membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza (RECN);
  • Emerson Oliveira, engenheiro agrônomo, mestre e doutor em conservação da natureza e gerente de Conservação da Biodiversidade da Fundação Grupo Boticário;
  • Leandra Gonçalves, pesquisadora de pós-doutorado do Instituto Oceanográfico da USP e articuladora da Lei do Mar (PL 6969/13) em colaboração com o SOS Mata Atlântica e a Liga das Mulheres pelo Oceano;
  • Túlio Gadêlha (PDT), deputado federal relator da Lei do Mar na Câmara dos Deputados, vice-líder da minoria na Casa, e membro das comissões de Direitos Humanos e Minorias, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e Constituição, Justiça e Cidadania. 

“Apesar de nossa saúde e bem-estar dependerem diretamente de um oceano saudável, a sociedade ainda pouco conhece sobre o mar e suas conexões com o nosso cotidiano. A Década do Oceano é uma grande oportunidade de unir esforços de todos os setores, inclusive de legisladores e tomadores de decisão, para reverter o ciclo preocupante da saúde do oceano e criar condições favoráveis para o desenvolvimento sustentável. Além de esforços individuais e coletivos, dependemos da efetiva aplicação de mecanismos legais que visem a proteção dos ambientes costeiros e marinhos”, frisa Oliveira.

Declarada pela ONU em 5 de dezembro de 2017, a Década da Ciência Oceânica busca construir uma estrutura de apoio às ações de gerenciamento sustentável do oceano efetuadas por diversos países. No Brasil, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) é o representante científico na COI da UNESCO e responsável por coordenar as ações da Década no país, mobilizando os diversos atores sociais interessados no tema. A semana que oficializa o ingresso do Brasil na Década do Oceano é organizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), no âmbito do Comitê de Assessoramento para a Gestão da Década, que reúne membros de diferentes setores da sociedade.

Edital de Comunicação

O Conexão Oceano também trará insumos para jornalistas interessados em participar do Edital Conexão Oceano de Comunicação Ambiental, processo de seleção em andamento que apoiará projetos de reportagem relacionados com legislação e políticas públicas costeiro-marinhas.

Um dos principais objetivos da Década do Oceano é ampliar o acesso da sociedade ao conhecimento científico sobre o tema.

O Edital, lançado pelas mesmas instituições que promovem o evento on-line, apoiará até cinco propostas de reportagem de todo o Brasil para receber bolsas de R$ 8 mil cada. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de maio de 2021 pelo site da Fundação (Acesse aqui).

Busca por soluções inovadoras

O oceano também inspira a edição 2021 da teia de soluções, processo de cocriação, capacitação, mentoria e apoio técnico e financeiro a projetos que contribuam com a superação de desafios contemporâneos relacionados ao meio ambiente. A iniciativa – também da Fundação Grupo Boticário, em parceria com a Fundação Araucária – busca propostas inovadoras para fomentar o turismo responsável em favor da biodiversidade marinha, reduzir a poluição no oceano e mitigar os efeitos da crise climática nas cidades costeiras. As inscrições podem ser feitas até 14 de maio de 2021 pelo site CONSERVATHON (teiadesolucoes.com.br)

Serviço

Conexão Oceano: legislação e políticas públicas costeiro-marinhas 
Data: 20 de abril de 2021
Horário: das 19h às 20h
Transmissão: Facebook.com/fundacaogrupoboticario

Sobre a Fundação Grupo Boticário

Com 30 anos de história, a Fundação Grupo Boticário é uma das principais fundações empresariais do Brasil que atuam para proteger a natureza brasileira. A instituição atua para que a conservação da biodiversidade seja priorizada nos negócios e em políticas públicas e apoia ações que aproximem diferentes atores e mecanismos em busca de soluções para os principais desafios ambientais, sociais e econômicos. Já apoiou cerca de 1.600 iniciativas em todos os biomas no país. Protege duas áreas de Mata Atlântica e Cerrado – os biomas mais ameaçados do Brasil –, somando 11 mil hectares, o equivalente a 70 Parques do Ibirapuera. Com mais de 1,2 milhão de seguidores nas redes sociais, busca também aproximar a natureza do cotidiano das pessoas. A Fundação é fruto da inspiração de Miguel Krigsner, fundador de O Boticário e atual presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário. A instituição foi criada em 1990, dois anos antes da Rio-92 ou Cúpula da Terra, evento que foi um marco para a conservação ambiental mundial.

Crédito:
Imprensa | Fundação Grupo Boticário

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1131 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.