Alerta: Usar veículos elétricos como fonte de energia para residências exige cuidados

softelec
Foto: Divulgação | Alerta: Usar veículos elétricos como fonte de energia para residências exige cuidados
Foto: Divulgação | Alerta: Usar veículos elétricos como fonte de energia para residências exige cuidados

Imagem: Divulgação | Segundo relatório divulgado pela IEA (Agência Internacional de Energia), a estimativa é de que mais de 1 em cada 5 carros vendidos ao longo de 2024 serão elétricos

Publicidade
Publicidade
AMBIENTAL MERCANTIL

Julho de 2024 – É só observar ao redor para perceber que os carros elétricos estão cada vez mais presentes nas ruas das cidades por todo o Brasil. Segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), as vendas de veículos elétricos leves no Brasil atingiram um patamar recorde de quase 94 mil unidades em 2023. Só em dezembro do ano passado, as vendas desses veículos tiveram crescimento de 191% em comparação a dezembro de 2022. E essa tendência deve ser manter neste ano em todo o mundo. Segundo relatório divulgado pela Agência Internacional de Energia (IEA), a estimativa é de que mais de 1 em cada 5 carros vendidos ao longo de 2024 serão elétricos.  Com esse meio de transporte cada vez mais presente na vida das pessoas, é importante estar atento às orientações de segurança em relação ao uso correto do ‘coração’ desse veículo: a bateria.

O diretor-executivo da multinacional SolaX Power, Gilberto Camargos, faz um alerta em relação a uma prática que, se não realizada corretamente, pode provocar tanto danos materiais como colocar em risco a própria segurança das pessoas — o uso dos veículos elétricos como fonte de energia de backup para as residências.

“Essa prática é possível, porém, para realizá-la, é necessário utilizar os carregadores veiculares que têm a função bidirecional. Esse tipo de equipamento permite não só carregar a bateria do veículo elétrico, mas também retirar energia da bateria do automóvel e devolvê-la à rede quando necessário, por exemplo, no caso da falta de fornecimento de energia para a residência”, explica Gilberto.

Ter essa possibilidade de utilizar o carregamento bidirecional nos veículos elétricos traz inúmeras vantagens, mas a segurança sempre deve estar em primeiro lugar.

“Não é aconselhado fazer qualquer tipo de ajuste ou ligação que não vá de acordo com as instruções tanto do fabricante do veículo elétrico como o fabricante dos carregadores veiculares. Essa prática é muito perigosa — pode causar acidentes ou até mesmo danificar o veículo”, orienta o executivo.

Vale ressaltar também que a instalação correta de carregadores veiculares é primordial para a segurança dos usuários e a integridade dos equipamentos. Nesse contexto, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) publicou a norma ABNT NBR 17019:2022, que especifica os requisitos para a instalação elétrica fixa destinada a fornecer energia aos veículos elétricos.

Eduardo Nicol, diretor de operações da Renew Energia, alerta que é importante realizar todos os procedimentos de forma segura, com intuito de preservar o patrimônio e a vida.

“Muitas pessoas acreditam que instalar um carregador veicular é só plugar na tomada, mas não é bem assim, porque o veículo elétrico será carregado em diversas condições de clima, seja com chuva, seja com sol. E, muitas vezes, é preciso proteger o veículo e a própria residência de acidentes como incêndios”, alerta Nicol.

Além disso, a instalação dos equipamentos deve ser realizada por profissionais capacitados e empresa habilitada. Outra questão é observar a distância entre os veículos e o local onde ficará localizado o carregador — hoje, o padrão utilizado é de que essa distância seja de cinco metros. Assim como a localização do carregador, é importante que o técnico habilitado inclua na instalação uma estrutura para evitar que animais ou crianças tenham contato com os cabos, assim como uma caixa de proteção para o equipamento.

“Importante pontuar que os carregadores devem ser projetados para resistir à água e possuir isolamento adequado, bem como possuir dispositivo de proteção para evitar choques elétricos. Dessa forma, a segurança para todas as utilizações possíveis estará garantida”, esclarece.

Sobre a SolaX Power

Multinacional fundada em 2012 com sede em Hangzhou, na China, e filiais em vários países, incluindo Holanda, Alemanha, Reino Unido, Austrália, Japão e EUA. Com mais de 2 mil funcionários em todo o mundo, a empresa é reconhecida por sua atuação nas áreas de pesquisa e desenvolvimento: são mais de 100 patentes internacionais e mais de 500 certificações de mercado.

Site oficial: https://www.solaxpower.com

Imprensa

Temas Relacionados

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
About Ambiental Mercantil Notícias 5348 Articles
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!