Brasileiros e colombianos são os que mais desejam viajar de forma sustentável no futuro

Pesquisa da Booking.com também revela os brasileiros como a 3ª nacionalidade que quer que suas viagens ajudem na recuperação dos destinos

O longo período em que ficamos em casa devido à pandemia da COVID-19 fez com que as pessoas passassem a refletir mais sobre os impactos de suas ações no meio ambiente.

No futuro do turismo, é esperada uma conscientização maior sobre a sustentabilidade atrelada às viagens, de acordo com uma pesquisa* realizada pela Booking.com, que identificou nove tendências para o futuro das viagens.

O estudo revelou que 7 em cada 10 viajantes brasileiros querem viajar de forma mais sustentável no futuro, ocupando a 2ª posição entre as 28 nacionalidades que estão mais conscientes do que nunca, atrás apenas dos colombianos. Em terceiro lugar ficou a Índia, seguida da Tailândia e China.

  1. Colômbia – 74%
  2. Brasil – 71%
  3. Índia – 70%
  4. Tailândia – 68%
  5. China – 67%

O mesmo pensamento consciente se aplica à esperança de que mais opções sustentáveis sejam oferecidas pela indústria do turismo. Os colombianos estão em primeiro lugar (86%), empatados com os tailandeses, entre as nacionalidades que mais esperam iniciativas desse tipo. Os brasileiros aparecem logo em seguida no ranking, com 84%, seguidos pelos vietnamitas (81%), mexicanos (80%) e, na 5ª posição, chineses e argentinos empatados com 79%.

Além disso, existe uma consciência dos viajantes em relação à recuperação dos destinos visitados e o desejo de que a insdústria do turismo contribua para que isso aconteça. Os mexicanos e tailandeses (84%), aparecem em primeiro lugar entre as nacionalidades que mais querem que suas opções de viagens apoiem os esforços de recuperação do destino, vendo o seu dinheiro sendo retornado para a comunidade local. Os colombianos aparecem em segundo lugar nesse ranking, com 83%, e os brasileiros, na terceira posição, com 82%.

Outro aspecto identificado pela pesquisa da Booking.com é em relação à redução do consumo de água e/ou reciclagem de plástico durante as viagens.

Mais da metade dos brasileiros (59%), empatados com os ingleses, consideram ter um consumo mais consciente com relação a esses itens, ocupando o 5º lugar no ranking entre as 28 nacionalidades pesquisadas.

Em primeiro lugar também aparece a Colômbia (64%), seguida da Nova Zelândia (62%), Alemanha e Espanha (ambas com 61%).

*Pesquisa encomendada pela Booking.com e realizada com um grupo de adultos que viajou a lazer ou a trabalho nos últimos 12 meses, e que planeja viajar nos próximos 12 meses (se/quando as restrições de viagem forem suspensas). No total, 20.934 entrevistados em 28 mercados responderam a uma pesquisa online em julho de 2020.

Sobre a Booking.com 

Parte da Booking Holdings Inc. (NASDAQ: BKNG), a missão do Booking.com é tornar mais fácil a todos experimentar o mundo. Ao investir na tecnologia, que ajuda a facilitar o processo de viagem, a Booking.com conecta milhões de viajantes com experiências memoráveis, opções de transporte convenientes e lugares incríveis para se hospedar – de residências a hotéis e muito mais. Como um dos maiores mercados de viagens do mundo tanto para marcas estabelecidas e empreendedores de todos os tamanhos, a Booking.com permite que propriedades em todo o mundo alcancem uma audiência global e ampliem seus negócios.

A Booking.com está disponível em 44 idiomas e oferece mais de 29 milhões de anúncios, incluindo mais de 6,6 milhões deles apenas em casas, apartamentos e outros locais exclusivos para hospedagem. Não importa onde você quer ir ou o que você quer fazer, a Booking.com facilita e faz tudo com suporte ao cliente 24/7.

Siga Booking.com nas redes sociais:
:::Twitter
::: Instagram
::: Facebook
Booking notícias.

Crédito:
Imprensa | Booking.com

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1131 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.