Últimas notícias

MEIO-AMBIENTE

6 fatos sobre coronavírus e meio ambiente

Você sabia que cerca de 60% das doenças infecciosas humanas e 75% das doenças infecciosas emergentes são zoonóticas, ou seja, transmitidas através de animais?

Alguns exemplos que surgiram recentemente são o Ebola, a gripe aviária, a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), o Vírus Nipah, a Febre do Vale Rift, a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), a Febre do Nilo Ocidental, o Zikavírus e, agora, o coronavírus – todos ligados à atividade humana.


Na semana do Meio Ambiente é importante lembrar que temos metas a cumprir até 2030. Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável foram elaborados para nortear nossas políticas para o futuro: econômicas, sociais e ambientais.

Nos dia 25 a 27 de setembro de 2015, chefes de Estado e de Governo e altos representantes, reunidos na sede das Nações Unidas decidiram sobre os novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável globais, na qual chamaram de Agenda 2030. Nesta reunião em 2015, os representantes das Nações Unidas documentaram a Declaração dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e uma data para atingir estes objetivos: 2030 (razão de chamarem Agenda 2030). Esta é uma Agenda de alcance e significado sem precedentes. Ela foi e é aceita por todos os países e é aplicável a todos, levando em conta diferentes realidades nacionais, capacidades e níveis de desenvolvimento e respeitando as políticas e prioridades nacionais. Aqui estão objetivos e metas universais que envolvem todo o mundo, igualmente os países desenvolvidos e os em desenvolvimento. Eles são integrados e indivisíveis, e equilibram as três dimensões do desenvolvimento sustentável.


PNUMA mapeia zoonoses e protege meio ambiente para reduzir riscos de pandemias

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) está intensificando seu trabalho no mapeamento de ameaças zoonóticas e na proteção do meio ambiente para reduzir o risco de futuras pandemias, como a da COVID-19, que se espalhou por todo o mundo. No documento “Trabalhando com o Meio Ambiente para Proteger as Pessoas” divulgado nesta terça-feira (12), o PNUMA mostra como está se ajustando para responder à COVID-19 e apoiar nações e parceiros na reconstrução de um mundo melhor – por meio de de bases científicas mais sólidas, políticas que apoiem um planeta mais saudável e investimentos verdes.


BAIXAR PDF: CETESB lança relatório anual da Administração e de Sustentabilidade inovando no visual e destacando os resultados positivos de melhorias ambientais no estado de São Paulo

O Relatório da Administração e de Sustentabilidade de 2019 da CETESB está de cara nova e mostra, de modo atraente e objetivo, os excelentes resultados obtidos para a melhoria da qualidade ambiental e saúde da população no Estado de São Paulo.


Pos trás das águas límpidas e transparentes de Veneza há a “abstinência da turistificação”, que pode nos levar à uma reflexão muito mais profunda.

Por causa do COVID-19, a humanidade forçadamente deu espaço a quietude e ao silêncio. A mãe-natureza é única e perfeita, agradecendo este momento de “paz na terra”. Podemos perceber nosso ar mais limpo, nossas águas mais transparentes, mais pássaros e animais livres se “aproveitando” deste momento único.


Baixe o relatório completo, em PDF, da AEA – Agência Europeia de Ambiente entitulado «O Ambiente na Europa: estado e perspectivas 2020».

No início de fevereiro, a Agência Europeia do Ambiente publicou o seu relatório «O ambiente na Europa — estado e perspetivas 2020 (SOER 2020)». Nele se conclui que a Europa não atingirá os seus objetivos para 2030 sem medidas urgentes nos próximos 10 anos para fazer face ao ritmo alarmante da perda de biodiversidade, ao aumento do impacto das alterações climáticas e ao consumo excessivo de recursos naturais. O relatório propunha também algumas soluções importantes, que ajudariam a colocar novamente a Europa no bom caminho para cumprir esses objetivos. Fomos ao encontro de Tobias Lung, especialista da AEA em coordenação e avaliação do SOER, para discutir o papel do SOER 2020.


Pandemia de coronavírus diminui poluição atmosférica no mundo

O assunto do momento é o coronavírus. Não poderia ser diferente. As consequências são inúmeras. Uma delas, porém, vai na contramão dos acontecimentos. Segundo pesquisadores, os níveis de poluição atmosférica caíram, por causa da pandemia de Covid-19. A explicação pode estar na menor circulação de carros, cancelamento de voos e diminuição da atividade econômica.





Banco Mundial: esgoto tratado beneficia a saúde, o meio ambiente e a economia

O Banco Mundial lançou nesta quinta-feira em Washington um estudo mostrando a importância do tratamento de esgoto para a saúde, a natureza e a economia. Atualmente, em todo o mundo, 80% dessas das águas residuais são devolvidas ao meio ambiente sem tratamento adequado. Na América Latina, estima-se que esse porcentual varie entre 30% e 40%.


ONU convida brasileiros a participar de pesquisa online sobre o futuro que queremos

A Organização das Nações Unidas (ONU) completa 75 anos em 2020 e, para marcar o aniversário, está realizando uma conversa global sobre o papel da cooperação internacional na construção do futuro que queremos. Além de diálogos presenciais em todos os cantos do planeta — chamados Diálogos UN75 —, há uma pesquisa online, de um minuto, disponível em português.