SENAI CETIQT investe no setor de Bioeconomia Marinha para geração de empregos

SENAI CETIQT investe no setor de Bioeconomia Marinha para geração de empregos.

Cobrindo boa parte do planeta Terra, os oceanos contribuem com o crescimento econômico e geração de empregos e estimulam a inovação e oportunidades de negócio em diversos setores

De acordo com a OCDE, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, a economia dos oceanos, que hoje compreende principalmente setores como turismo, atividades portuárias, pesca e produção offshore de energia, movimentou US$ 1,5 trilhão em 2010, o equivalente a 3% do PIB mundial.

A expectativa é que, até 2030, esse valor atinja os US$ 3 trilhões e gere 40 milhões de empregos.

Neste contexto, o Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil – SENAI CETIQT, por meio do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras, atua no desenvolvimento de novos processos e produtos a partir da bioeconomia marinha, utilizando infraestrutura e mão-de-obra especializada nas áreas da biotecnologia, química e de fibras. 

“No Brasil, existe um potencial inexplorado e muito grande. Há uma tendência de aumento do interesse público na saudabilidade dos produtos, no uso de tecnologias avançadas como a própria biotecnologia, e na intensificação de processos para um uso mais otimizado, mais consciente e sustentável da bioeconomia marinha. Neste sentido, o SENAI CETIQT contribui com o desenvolvimento de inovações neste campo mapeando oportunidades e disponibilizando laboratórios de ponta e profissionais com profundo conhecimento técnico. Essa é nossa principal contribuição”, afirma Victória Santos, Coordenadora de Inteligência Competitiva do SENAI CETIQT. 

Um exemplo deste grande mercado são as algas, matéria-prima de setores tradicionais e modernos, e um dos recursos marinhos mais utilizados atualmente.

As algas apresentam alta produtividade em comparação a fontes agrícolas.

Elas podem, por exemplo, ser aplicadas no setor de cosméticos, fazendo parte da formulação de diversos produtos, como hidratantes com ação rejuvenescedora, filtros solares, esmaltes, xampus e sabonetes

No Brasil, as investigações em bioprospecção marinha concentram-se principalmente nas macroalgas e microalgas. Estudos sobre a produção de fármacos a partir de biomassa marinha e que podem ser empregadas em processos de tratamento de doenças e mutações genéticas, além de algas produtoras de compostos com atividade antiviral, evidenciam a potencialidade do bioma marinho para a economia e a sociedade. 

O SENAI CETIQT  

O Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil – SENAI CETIQT – é formado pela Faculdade SENAI CETIQT, Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras e Instituto SENAI de Tecnologia Têxtil e de Confecção. Criado em 1949, é hoje um dos maiores centros de geração de conhecimento da cadeia produtiva química, têxtil e de confecção, setores que juntos geram cerca de 11,9 milhões de empregos no país.  Site: https://senaicetiqt.com .

OS INSTITUTOS SENAI DE INOVAÇÃO 

A Rede de Institutos SENAI de Inovação foi criada para atender as demandas da indústria nacional. Ela tem como foco de atuação a pesquisa aplicada, o emprego do conhecimento de forma prática, no desenvolvimento de novos produtos e soluções customizadas para as empresas ou de ideias que geram oportunidades de negócios. Os institutos trabalham em conjunto, formando uma rede multidisciplinar e complementar, entre si e em parceria com a academia, com atendimento em todo o território nacional.  Site: http://institutos.senai.br .

Crédito:
Imprensa | SENAI

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1332 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.