SEMA gaúcha apresenta investimentos em geração de energia como caminho para desenvolvimento econômico

Texto e Foto: Bárbara Corrêa – Edição Vanessa Trindade

Na noite do dia (02/09), o secretário adjunto do Meio Ambiente e Infraestrutura, Paulo Pereira, e representantes dos estados do Paraná e Goiás participaram de um debate nacional com transmissão ao vivo para falar sobre Hidrogeração de Pequeno Porte. O evento foi realizado com apoio da Associação Brasileira de Pequenas Centrais Hidrelétricas e Centrais Geradoras Hidrelétricas (Abrapch).

A discussão apresentou as oportunidades e as soluções ambientais para a retomada do desenvolvimento econômico do Estado e do Brasil, entre elas, a geração de energia. Este é um dos caminhos propostos pela gestão da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) como um dos propulsores para a retomada.

“Desde o início da gestão do governador Eduardo Leite já tínhamos um prognóstico para destravar o desenvolvimento da geração elétrica do RS. A virada da chave deveria passar primordialmente pelo setor energético, desde as Linhas de Transmissão, o desenvolvimento da energia eólica, das Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs)”, explicou Paulo.

Segundo ele, um dos avanços nos processos do último ano vem da parceria entre a Sema e a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), que tornou possível a antecipação dos investimentos e de obras de Linhas de Transmissão (LTs) em quase dois anos ao estabelecido pelo Leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de 2018. Os investimentos somam R$ 5,4 milhões.

“Compreendendo os cronogramas dos empreendedores e monitorando o andamento das obras de Linhas de Transmissão (LTs) destravamos uma série de investimentos, abrindo espaço para a geração de energia elétrica, principalmente com geração de renováveis, como a hídrica e a eólica. O diálogo, o compromisso e a análise junto aos empreendedores são fundamentais”, destacou Paulo.

Ainda no seguimento dos projetos estruturantes, as PCHs também se apresentaram como um desafio no início da gestão. Um Grupo de Trabalho (GT) foi criado em 2019 com representantes de diferentes entidades com objetivo de estabelecer um ambiente favorável para o desenvolvimento dos empreendimentos no RS.

 “O Rio Grande do Sul é um estado extremamente importante para geração de energia, principalmente hídrica. Temos parcerias firmadas com associações filiadas a Abrapchs e o trabalho em sintonia gera bons frutos de investimento”, destacou o presidente do conselho administrativo da Abrapch, Pedro Dias.

Além de Dias, que atuou como intermediador, o evento contou com a participação da secretária do Meio Ambiente de Goiás, Andréa Vulcanis, e do presidente do Instituto Água e Terra, Everton Souza.

Crédito:
SEMA RS

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1026 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.