Adote um Parque: especialistas avaliam modelo e reforçam a importância da conservação da natureza

Adote um Parque - MMA

Imagem: Divulgação MMA | Pesquisadores da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza (RECN) alertam que áreas naturais precisam de mais recursos e inovações na gestão.

No dia (05/04), o Ministério do Meio Ambiente (MMA) anunciou a assinatura do Protocolo de Intenções para a adoção da Reserva Extrativista Quilombo do Flexal, no Maranhão, por uma empresa privada. É a sexta unidade contemplada no programa Adote um Parque do Governo Federal, que definiu 132 Unidades de Conservação da Amazônia Legal para receberem doações de pessoas físicas ou jurídicas, brasileiras ou estrangeiras.

De acordo com o Ministério, o Adote um Parque foi criado para atrair recursos para proteger parques nacionais, como serviços de monitoramento, proteção da biodiversidade local, prevenção e combate a incêndios, entre outros. Os doadores do programa serão reconhecidos como parceiros do meio ambiente.

Especialistas ressaltam que a participação da iniciativa privada no cuidado das unidades de conservação já é prevista em lei, mas alertam para a importância de melhorar a gestão dessas áreas.

Além de garantir a manutenção dos parques federais, que em geral estão em situação precária, os pesquisadores afirmam que investimentos poderiam viabilizar a ampliação da visitação pública de forma sustentável e o desenvolvimento de ações de educação ambiental.

Para comentar os desafios de gestão das unidades de conservação, a Rede de Especialistas em Conservação da Natureza (RECN) coloca à disposição os seguintes porta-vozes:

  • CARLOS AUGUSTO FIGUEIREDO, membro da RECN e professor associado do Instituto de Biociências da UNIRIO.
  • MARIA TEREZA JORGE PÁDUA, membro da RECN e da Comissão Mundial de Áreas Protegidas (UICN), ex-presidente do IBAMA.

Sobre a Rede de Especialistas

A Rede de Especialistas em Conservação da Natureza (RECN) reúne cerca de 80 profissionais de todas as regiões do Brasil e alguns do exterior que trazem ao trabalho que desenvolvem a importância da conservação da natureza e da proteção da biodiversidade. São juristas, urbanistas, biólogos, engenheiros, ambientalistas, cientistas, professores universitários – de referência nacional e internacional – que se voluntariaram para serem porta-vozes da natureza, dando entrevistas, trazendo novas perspectivas, gerando conteúdo e enriquecendo informações de reportagens das mais diversas editorias. Criada em 2014, a Rede é uma iniciativa da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Os pronunciamentos e artigos dos membros da Rede refletem exclusivamente a opinião dos respectivos autores. Acesse o Guia de Fontes em www.fundacaogrupoboticario.org.br

Crédito:
Imprensa | RECN

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1131 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.