Preço da energia elétrica dispara e o movimento “Quero Energia Barata” ganha ainda mais força

Apoio ao PL 414 para que todos os consumidores possam ser livres para escolher o seu fornecedor de energia.

Imagem: Divulgação | Especialista comenta sobre o Projeto de Lei que está tramitando na Câmara dos Deputados com o objetivo de abrir o mercado de energia e reduzir a conta de luz dos consumidores

A campanha chamada “Quero Energia Barata”, iniciativa da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel), pretende promover ao longo do ano diversas ações para dar visibilidade ao Projeto de Lei 414/2021, até que ele seja efetivamente aprovado.

“Seu principal objetivo é fazer com que todos os consumidores sejam livres para fazer a portabilidade da sua conta de luz, ou seja, livres para escolher a sua empresa fornecedora de energia elétrica“, diz Braz Justi, CEO da Esfera Energia.

A questão de reduzir gastos com energia elétrica tem sido um dos assuntos mais falados no momento.

“Isso porque, nos últimos 12 meses a energia elétrica aumentou em 8,06%. Mês passado, em maio, foi o mês que passou a vigorar a bandeira tarifária vermelha patamar 1, que acrescenta R$ 3,971 na conta de luz a cada 100 kWh consumidos ao mês. E, agora, em junho, a tarifa passou a considerar o patamar 2, que adiciona R$ 9,49 na conta para cada 100 kWh. O grande aumento desse preço é consequência dessa crise hídrica, ou seja, a falta de chuva, que afeta os reservatórios das usinas hidrelétricas. Com isso, será necessário o acionamento das usinas termelétricas para suprir a queda de oferta, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS)”, explica Braz.

Mercado Livre de Energia

A campanha visa envolver toda a população brasileira em prol do tema da portabilidade, para que a iniciativa chegue com força até o Poder Legislativo.

“O Mercado Livre de Energia já é há anos uma realidade para as empresas, que relatam terem encontrado diversos benefícios, principalmente a economia, que pode chegar até a 35% na conta”, afirma o especialista.

O  mercado livre de energia, ou Ambiente de Contratação Livre (ACL), já corresponde à 30% da energia consumida no país, segundo levantamento da Abraceel. Ainda limitado a grandes empresas e indústrias, trata-se de um ambiente onde vendedores e compradores negociam livremente a sua energia elétrica contratando o serviço diretamente de geradoras e de comercializadoras, o que é um diferencial, já que a maioria dos consumidores comuns estão condicionados a comprar energia das distribuidoras. 

“Dentre os principais benefícios, podemos destacar a previsibilidade de preço, contratação de energia sob medida, liberdade de escolha do seu fornecedor e redução significativa nos custos e sustentabilidade“, conclui Braz.

Para participar da campanha basta acessar o site: www.queroenergiabarata.com.br e assinar o abaixo assinado online.

Sobre a Esfera Energia 

A Esfera é uma empresa de tecnologia que atua com comercialização e gestão inteligente de energia elétrica com o objetivo de trazer economia de maneira simples e digital. Presente em 20 estados do país, a empresa atende mais de 130 grupos empresariais e gerencia mais de 320 unidades consumidoras no Mercado Livre de Energia. A Esfera trabalha com inteligência de dados e informações de mercado e oferece uma plataforma única de gestão de energia, além de oferecer um atendimento personalizado e dedicado à especificidade de cada cliente e suporte regulatório. Saiba mais em https://esferaenergia.com.br/

Crédito:
Imprensa | Esfera Energia

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1131 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.