Empresa desenvolve tecnologia que utiliza o ozônio para o tratamento de efluentes

A tecnologia, que utiliza o ozônio e proporciona redução de custos e água utilizada, recebeu o prêmio Fritz Muller de Sustentabilidade
A tecnologia, que utiliza o ozônio e proporciona redução de custos e água utilizada, recebeu o prêmio Fritz Muller de Sustentabilidade

Imagem: Divulgação Wier | Com equipamentos especializados na descontaminação de ambientes e alimentos, a catarinense Wier atrai mercados de indústria têxtil e bebidas com o foco no tratamento de efluentes. A tecnologia, que utiliza o ozônio e proporciona redução de custos e água utilizada, recebeu o prêmio Fritz Muller de Sustentabilidade, na categoria Tratamento de Efluentes

Muito utilizado na descontaminação de ambientes e alimentos, o ozônio tem se mostrado eficaz no tratamento de efluentes líquidos. Em função de seu alto poder oxidante, o ozônio consegue degradar quimicamente compostos poluentes, sem usar produtos químicos e sem gerar lodo. No efluente de cervejarias, o ozônio possibilita redução de custos no tratamento; atendimento a parâmetros ambientais exigidos por lei como DBO, DQO, cor, turbidez e até mesmo eliminação de cheiro ruim; além de possibilitar o reuso de água tratada. E tudo isso de forma sustentável e ambientalmente correta, uma vez que o ozônio é formado via plasma frio a partir do oxigênio do ar.

A solução se mostrou muito eficiente para André Marchi, fundador da cervejaria Al Fero, de Nova Trento, em Santa Catarina. “Na nossa região não temos empresas especializadas em coletar os efluentes gerados na cervejaria. Precisávamos construir nossa própria estação de tratamento. A gente não tinha muito espaço disponível para fazer isso, tínhamos problemas com cheiro, a carga orgânica do efluente era muito alta. Apenas utilizando o ozônio conseguimos montar todo o processo de tratamento, ocupando pouco espaço e com um resultado excelente. O ozônio elimina todo o odor e degrada quimicamente a matéria orgânica do efluente, retira a cor e faz com que eu possa descartá-lo no riacho que temos próximo da fábrica com a certeza de que esse efluente não causará danos ao meio ambiente“, explica o mestre cervejeiro.

O ozônio é um gás natural formado a partir do oxigênio do ar e muito mais forte e econômico em relação a oxidantes e sanitizantes comuns como ácido peracético, iodo, cloro e peróxido de hidrogênio. Ele elimina microorganismos como bactérias e fungos, além de degradar contaminantes orgânicos causadores de sabor e odor indesejáveis.

Trata-se de uma solução ambientalmente correta, econômica, sustentável e que não deixa resíduos de sua aplicação.

Segundo o Dr. Bruno Mena, CEO da Wier, o ozônio consegue destruir quimicamente a parede celular de micro-organismos, além de componentes vitais e do próprio metabolismo, causando a destruição de bactérias, fungos e até mesmo vírus como o novo coronavírus (Sars-CoV-2) causador da pandemia da COVID-19.

“Bactérias Gram-positivas, Lactobacillus, Pediococcus, Gram-negativas, Pectinatus, Megasphaera, leveduras selvagens, Saccharomyces, entre outros micro-organismos, são completamente destruídos pela ação do ozônio“, destaca o químico.

Além de micro-organismos, o ozônio é capaz de destruir contaminantes causadores de odor e sabor indesejáveis presentes em envases, tanques de fermentação, superfícies, bem como no tratamento do efluente líquido gerado, o qual possui uma alta carga orgânica, e que requer tratamento especial.

Em função de suas propriedades, o ozônio consegue gerar redução de custos, redução do uso de água, de químicos, no consumo de energia elétrica, além de eliminação do uso de ácido peracético.

De acordo com o Dr. Mena, esse é um mercado que só tende a crescer. “Atualmente, já fabricamos mais de 30 mil equipamentos para os mercados automotivo, hoteleiro, residencial e industrial. Agora, além das cervejarias, a indústria de lavanderias têxteis também já começa a se voltar para o uso do ozônio, ou seja, ainda há muito campo a ser explorado”, finaliza.

Sobre a Wier

A Wier foi fundada em 2011 e utiliza tecnologia plasma frio e ozônio para descontaminação de ambientes, alimentos e tratamento de efluentes. Em relação ao tratamento de efluentes, pode ser utilizado pela indústria têxtil, de bebidas, permitindo a redução de custos e a água utilizada, trazendo mais sustentabilidade. Recebeu prêmio Fritz Muller de Sustentabilidade na categoria Tratamento de Efluentes, iniciativa do Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina. Possui produtos em mais de 20 países, mais de 30 mil equipamentos vendidos e mais de 50 funcionários, além de já ter impactado a vida de mais de 5 milhões de pessoas com o poder do ozônio. A Wier está crescendo bastante desde o ano passado. Em 2020 a empresa cresceu 500%.

Site oficial: https://wier.com.br/

Crédito:
Imprensa | Wier

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL



Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1748 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.