Air Products apoia curso de hidrogênio verde promovido pelo Senai Ceará

softelec
Curso de Hidrogênio Verde registra mais de 2.100 matrículas
Curso de Hidrogênio Verde registra mais de 2.100 matrículas

Imagem: Divulgação | SENAI CEARÁ Webinar

Publicidade
Publicidade
AMBIENTAL MERCANTIL

São Paulo, outubro de 2021 – As energias renováveis representam o futuro do desenvolvimento sustentável e o hidrogênio verde é uma das principais soluções para uma economia limpa. Nesse cenário, o Ceará desponta devido à sua capacidade de produção de energia eólica e solar, empregada na produção do hidrogênio verde, uma das apostas da indústria como combustível sustentável.

A fim de aprofundar o conhecimento de interessados sobre o tema, lançando as bases para capacitação profissional de operadores e mantenedores de plantas produtivas de hidrogênio, o Senai Ceará acaba de lançar o “Curso Introdução ao Hidrogênio Verde”, com o apoio de universidades, empresas e instituições do setor, incluindo a Air Products, multinacional líder mundial na produção de hidrogênio, à frente do desafio de alavancar o consumo do hidrogênio verde mundialmente.

A Air Products tem mais de 60 anos de experiência na produção e distribuição de hidrogênio a partir de gás natural, por conversão de biomassa ou por eletrólise, método que utiliza energia elétrica, neste caso, obtida de fontes renováveis.

A companhia está envolvida em mais de 250 projetos de hidrogênio, na Europa e nos EUA, e em mais de 20 países ao redor do mundo. Empilhadeiras, carros, caminhões, vans, ônibus, locomotivas, aviões, embarcações e submarinos têm sido abastecidos a hidrogênio com o apoio da tecnologia de ponta fornecida pela empresa.

Um dos destaques é o arranjo produtivo entre Air Products e outros parceiros no projeto NEOM, para instalação de uma fábrica de amônia produzida com hidrogênio verde e movida a energia renovável, na Arábia Saudita. Considerado o maior projeto de hidrogênio verde do mundo, fornecerá 650 toneladas de hidrogênio sem carbono por dia para fornecimento em escala global, o que reduzirá as emissões de CO2 em três milhões de toneladas por ano.

Previsto para entrar em operação em 2025, terá a Air Products como compradora exclusiva da amônia verde, que será destinada à produção de hidrogênio verde em diversos mercados internacionais, buscando atender prioritariamente o setor de mobilidade.

A Air Products também apoia o desafio estudantil SAE Brasil & Ballard Student H2 Challenges, competição que vai testar o hidrogênio como combustível para os veículos do tipo Baja ou Fórmula SAE, tendo fornecido hidrogênio para os testes e realizado o treinamento sobre abastecimento com 170 estudantes de engenharia.

“Estamos muito felizes em poder contribuir com o curso do Senai Ceará. É uma excelente oportunidade para profissionais da área ou que queiram se especializar. Apostamos no hidrogênio verde como combustível do futuro e sabemos que a transição energética é fundamental. Passar das energias fósseis para as energias limpas é um passo importante para a humanidade, para que haja um planeta mais sustentável”, destaca Marcus Silva, Gerente Geral Brasil e Argentina.

Site oficial: http://www.airproducts.com.br/

Crédito:
Imprensa | Air Products

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5246 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!