Energy Brasil estreia na Intersolar, lança maquininha de cartão própria e mira venda de painéis solares para as classes C e D

softelec
A Energy Brasil é a maior rede de franquias de energia fotovoltaica do país.
A Energy Brasil é a maior rede de franquias de energia fotovoltaica do país.

Imagem: Divulgação | Energy Pay é a aposta da franquia para facilitar e desburocratizar a compra de kits solares em todo país; estimativa é de faturar R$ 50 milhões em um ano

Publicidade
Publicidade
AMBIENTAL MERCANTIL

Entre os dias 18 e 20 de outubro, a Energy Brasil, maior franquia de energia solar do país, estará presente na Intersolar South América, a maior feira da América do Sul para o setor solar. O evento será realizado no Expo Center Norte, na cidade de São Paulo. Na ocasião, a marca irá lançar o Energy Pay, novo sistema de pagamento da rede.

Na prática, a Energy Brasil começa a operar com maquininha própria, permitindo condições mais favoráveis e, sem burocracia, para a compra de kits solares.

Com isso, a franquia estima um aumento de 50% nas vendas e de R$ 50 milhões em toda rede em um ano.

“Para democratizar a energia solar e alcançar as classes C e D, era preciso inovar no segmento. O Energy Pay nasceu para atender a demanda de famílias que buscam pela liberdade energética de forma ágil e sem burocracia, além de promover novos negócios em nossas franquias”, comenta Túlio Fonseca, sócio-fundador da rede. “Somos a primeira franquia do segmento a ter a maquininha própria”, acrescenta.

Atualmente, o mercado oferece, principalmente, três maneiras para adquirir o kit de painéis solares: à vista, financiamento ou parcelamento no cartão de crédito. Apesar de o investimento em painéis solares estar mais acessível hoje em dia (a partir de R$ 10 mil), é menos comum o cliente optar pelo pagamento à vista.

No caso do financiamento, existem muitas opções no mercado, mas o processo é lento, burocrático e, muitas vezes, com taxas inacessíveis para as classes mais simples. Já a opção de parcelamento no cartão de crédito é mais rápida, porém, seguem as condições e taxas dos bancos e financeiras por trás da operação.

O Energy Pay facilita e desburocratiza todo esse processo.

“Com a maquininha própria, o franqueado possibilita ao cliente realizar a compra dos kits em vários cartões de crédito, com parcelamento em até 12x sem juros, enquanto outras adquirentes aplicam juros”, destaca Fonseca. “Assim, a Energy Brasil facilita a tomada de crédito para esse tipo de investimento e ainda elimina os juros, que dificultam a compra de classes mais simples”, completa.

Atualmente, a Energy Brasil conta com mais de 400 franquias. Até o fim deste ano, a rede projeta chegar a 600 unidades.

“O Energy Pay chega para atender nossos propósitos, reforçar nosso modelo de negócio, expandir e transformar o setor de franquias no segmento solar”, comenta Marcelo Macri, sócio-diretor da Energy Brasil.

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), as compras realizadas por meio do sistema de cartões de crédito, débito e pré-pagos cresceram 52% no segundo trimestre de 2021 quando comparado ao mesmo período do ano passado. No total foram negociados R$ 609,2 bilhões no período.

Além disso, um mapeamento divulgado pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) coloca o país como a 9ª maior fonte de geração solar. No último levantamento, o Brasil era o 12º, um salto de três posições em pouco mais de um ano.

Para adquirir uma franquia da Energy Brasil, o investimento é a partir de R$ 99 mil. O prazo de retorno estipulado é entre 6 e 12 meses, dependendo do modelo escolhido.

Visite a página https://energyfranchising.com.br/franquia/ e conheça as vantagens de ser um franqueado Energy Brasil.

Sobre a Energy Brasil

A Energy Brasil é a maior franquia de energia solar do país, presente em todos os estados com mais de 400 unidades. A rede comercializa, instala e faz a manutenção de produtos e equipamentos de energia fotovoltaica para residências, comércios, indústrias e propriedades rurais.

Ficha Técnica

Store ou container

  • Taxa de Franquia para cidades com até 35 mil habitantes: R$ 40 mil (à vista)
  • Adequação do ponto: R$ 1.500,00 por m² (metragem mínima: 25 m²)
  • Capital de giro: R$ 30 mil (em média)
  • Royalties sobre faturamento: 3,50% ao mês
  • Marketing inaugural: R$ 5.000,00
  • Software de gestão: R$ 250 por mês
  • Faturamento médio mensal: R$ 72 mil
  • Lucro líquido mensal: 20% do faturamento
  • Área média para Instalação: 30 m² (no mínimo)

Site oficial: https://www.energybrasilsolar.com.br

Crédito:
Imprensa | Energy Brasil

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5240 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!