Iguá encerra 2021 com grandes conquistas e comemora avanços para o saneamento brasileiro

softelec

Imagem: Divulgação | Companhia consolida fase de crescimento acelerado ao longo do ano, com expressivos investimentos em projetos e participação ativa nos leilões do setor

Publicidade
Publicidade
CITER 2024 Piauí

São Paulo, dezembro de 2021 – A Iguá, uma das maiores companhias de saneamento do Brasil, encerra 2021 com grandes conquistas nas áreas de sustentabilidade, inovação, clientes e pessoas, que hoje representam importantes eixos de sua atuação.

A empresa realizou uma série de investimentos em obras e melhorias ao longo do ano, beneficiando a população dos municípios onde estão suas operações em todo o país: foram 11 mil novas ligações de água e 17 mil de esgoto, além de 72 quilômetros a mais de redes de distribuição de água e 217 quilômetros de redes coletoras de esgoto.

Em 2021, a concessionária completou quatro anos de existência, consolidando uma fase de crescimento acelerado, com expressivos investimentos em projetos e participação ativa nos leilões do setor.

A empresa, que começou o ano comemorando o ingresso do Canada Pension Plan Investment Board (CPP Investments) em seu corpo de acionistas, chegou em maio como uma das grandes vencedoras do leilão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), um marco em sua trajetória.

A nova concessão, que está em fase de operação assistida até fevereiro de 2022, envolve os serviços públicos de abastecimento de água potável e esgotamento sanitário para cerca de 1,2 milhão de pessoas. O contrato terá duração de 35 anos e conta com investimentos estimados de R$2,7 bilhões.

Com esta realização, a companhia passou a gerir 19 operações no total, atendendo aproximadamente 7,2 milhões de pessoas em 40 municípios distribuídos por seis estados brasileiros.

Foi neste ano também que a Iguá foi reconhecida pela excelência em gestão e serviços, por meio de suas concessionárias que participaram da edição de 2021 do Prêmio Nacional de Qualidade no Saneamento (PNQS).

Promovida pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES), é a única premiação do mundo voltada à gestão ambiental no setor e a maior no país.

“Os bons resultados estão alinhados ao nosso propósito de sermos a melhor empresa de saneamento para o Brasil. O ano de 2021 permitiu que víssemos na prática os avanços proporcionados pelo novo marco legal do setor. Em 2022, vamos continuar investindo recursos e energia para aprimorar processos, inovar, expandir operações e encantar nossos clientes”, diz o CEO da Iguá, Carlos Brandão.

Sustentabilidade como eixo do negócio

No Dia Mundial da Água, comemorado em março, a Iguá anunciou a reformulação do seu plano estratégico de sustentabilidade, o SERR, que visa transformar a empresa em referência para as questões de ESG no saneamento mundial. O plano é constituído por quatro eixos de atuação que orientam as ações em todas as unidades operacionais:

  • Segurança hídrica;
  • Eficiência na produção e distribuição de água;
  • Responsabilidade na coleta e tratamento de esgoto;
  • e Respeito às pessoas.

“O SERR é transversal e congrega programas e projetos sustentáveis orientados para a entrega de resultados”, explica Brandão.

A concessionária lançou em setembro seu primeiro edital para patrocínio de projetos socioambientais, no valor de R$1,1 milhão, com o propósito de estimular o desenvolvimento econômico de regiões em situação de vulnerabilidade próximas às operações nos estados de Alagoas, Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

A companhia selecionou projetos com foco em temas que contribuem para alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU: educação, meio ambiente, geração de trabalho e renda, além das temáticas relacionadas à cultura, esporte, empreendedorismo, segurança hídrica e resíduos.

Também em 2021, a Iguá assumiu o compromisso público de diminuir suas emissões de CO2, avançando na construção do plano “Carbono Neutro”, que irá nortear ações para descarbonização total do negócio até 2030. A empresa está adotando ainda medidas para reduzir sua pegada ambiental, como abolir o uso de combustíveis fósseis para frotas leves, buscar a eficiência no consumo de energia em equipamentos e o uso de 53,4% de energia renovável em suas concessionárias.

Ainda neste ano, a empresa passou a integrar a Green Bond Transparency Platform (GBTP), plataforma do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que permite a investidores e à sociedade acompanhar os principais dados e indicadores de desempenho de projetos financiados por títulos verdes na América Latina e no Caribe. Vale lembrar que a Iguá foi a primeira companhia do setor a emitir debêntures de infraestrutura sustentáveis, green & social. Os papéis, no total de R$880 milhões, receberam o selo de sustentabilidade da SITAWI Finanças do Bem, em reconhecimento ao impacto socioambiental.

Gerenciamento de estiagem

O país enfrentou uma das piores secas das últimas décadas em 2021 e a falta de chuvas exigiu esforços de toda a sociedade. Nesse contexto, a Iguá reafirmou seu compromisso com o uso responsável de água a partir de investimentos em redução de perdas, parcerias com startups e conscientização da população.

Com foco em inovação e eficiência operacional, a companhia apresentou índices recordes de redução de perdas em algumas de suas operações, tais como Comodoro (MT), de 13%, o menor índice da série histórica da concessão. Em Palestina, no interior de São Paulo, a ESAP, operação da Iguá em parceria com a Aviva Ambiental, teve um dos menores índices de perdas do país e do mundo, cerca de 10%.

“Nos últimos anos, temos associado investimentos em sistemas de gerenciamento e detecção de perdas ao treinamento e qualificação do time para aumentar a eficiência. Para 2022, queremos avançar ainda mais trazendo inteligência preditiva para os sistemas de abastecimento”, afirma Brandão.

Segundo o CEO, a concessionária atua para assegurar a perenidade dos recursos hídricos, monitorando os impactos das mudanças climáticas e a evolução do consumo com o crescimento da população. Esses estudos de segurança hídrica ajudam a definir quais ações a empresa deve adotar para preservar os mananciais de captação, reduzir os efeitos da estiagem e garantir o abastecimento de água nos próximos anos.

Clientes

Um dos principais diferenciais da Iguá no setor de saneamento é a preocupação em atender às expectativas e construir um relacionamento perene com seus consumidores. Uma demonstração desse empenho é o projeto Jornada de Sucesso. Trata-se de um conjunto de ações que são geradas a partir do mapeamento de uma experiência negativa, identificando a raiz do problema, para encontrar pontos de melhorias em políticas, processos e gestão.

O diálogo constante é a base do Programa de Encantamento da companhia, uma iniciativa que direciona toda a atitude da concessionária e de seus colaboradores diante do cliente, com foco em empatia, agilidade e proatividade, para criar conexões mais verdadeiras ao endereçar os problemas das pessoas.

A Iguá se tornou pioneira do setor ao incorporar a metodologia de NPS (Net Promoter Score), permitindo um fluxo contínuo de avaliações de satisfação e maior eficiência na identificação de processos a serem aperfeiçoados. A média anual deste indicador subiu 22 pontos na comparação entre 2019 e a parcial de 2021.

A companhia também foi a primeira do setor no Brasil a adotar a Salesforce como ferramenta de CRM (Customer Relationship Management). O sistema permite uma visão holística da interação com os consumidores, preparando a empresa para oferecer um atendimento mais personalizado.

“São todas iniciativas que reiteram nossa aposta na consolidação de uma cultura centrada no cliente e na melhoria da nossa imagem nas comunidades onde atuamos, valorizando o saneamento como serviço”, diz o CEO.

Inovação

Em agosto de 2021, a Iguá foi eleita a companhia do setor mais engajada em iniciativas de inovação aberta do Brasil, de acordo com o ranking TOP Open Corps 2021, que é uma referência no mercado por estabelecer critérios para medir o relacionamento de grandes organizações com startups.

Também foi pioneira na aproximação do saneamento com o ecossistema de inovação por meio do projeto Iguá Lab, que desde 2018 convida startups a pensar, junto com profissionais e parceiros, em alternativas para os desafios do setor.

Em média, a empresa avalia e conhece uma startup a cada dois dias e testa uma nova solução por mês.

Segundo levantamento da concessionária em parceria com a 100 Open Startups – plataforma líder em open innovation -, o relacionamento de inovação aberta entre empresas de saneamento e startups aumentou 391% no último ano, gerando cerca de R$ 11 milhões transacionados diretamente, ante R$ 4 milhões em 2020.

Os dados são resultado do Grand Challenge: A Água como Serviço, desafio de open innovation proposto pela companhia em conjunto com a 100 Open para estimular a inovação no setor. Do total de interações no ano, 91% foram articuladas pelas cinco empresas que são consideradas referência no assunto no país – entre estas, a Iguá.

Pessoas

Em 2021, a Iguá foi certificada pela consultoria Great Place to Work (GPTW) como uma ótima empresa para se trabalhar, título que mantém desde o primeiro ano de atuação, em 2017. É a quinta vez consecutiva que a companhia é reconhecida, alcançando média de 85 pontos, seu melhor resultado na pesquisa, superando a pontuação do ano anterior.

A conquista é resultado de uma série de projetos que a empresa vem desenvolvendo junto aos seus colaboradores, como o Manda Bem, que incentiva e reconhece inovações criadas pelo time interno, sendo inclusive implementadas nas operações. O programa Bem-Estar também se destaca por engajar os profissionais a cuidarem da saúde física e mental, por meio de palestras, participação em maratonas (interrompidas durante a pandemia), entre outras ações.

Este ano, a empresa também lançou o programa Viva Visão, uma parceria com o Instituto Ver e Viver para levar melhor qualidade de vida aos seus colaboradores por meio da correção visual. Os funcionários participam de um ciclo completo com oftalmologista e, se necessário, podem escolher a armação dos óculos de grau – entregues 30 dias após a consulta e também custeados pela organização.

“Vamos continuar investindo em nossos colaboradores e criando oportunidades para que cresçam junto com a companhia. A Iguá termina 2021 como uma plataforma sólida, pronta para participar da agenda de transformação do saneamento brasileiro. Estamos em um momento especial e nos preparamos para chegar até aqui. Estamos animados. Tem muita coisa boa pela frente”, afirma Carlos Brandão.

Sobre a Iguá Saneamento

A Iguá é uma companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Uma das principais operadoras privadas do setor no país, atualmente está presente em 40 municípios de seis estados brasileiros – Alagoas, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo e Paraná – por meio de 19 operações que beneficiam cerca de 7,2 milhões de pessoas.

A Iguá possui quatro pilares essenciais que orientam a realização das ações socioambientais em todas as suas unidades operacionais, constituindo o planejamento estratégico SERR – Segurança hídrica; Eficiência na produção e distribuição de água; Responsabilidade na coleta e tratamento de esgoto; e Respeito às pessoas.

Em 2020, a Iguá aderiu à Rede Brasil do Pacto Global (iniciativa das Nações Unidas), adotando e promovendo, em suas práticas de negócios, os Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. A companhia foi eleita, em 2021, pelo quinto ano consecutivo, uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Great Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil profissionais. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” quer dizer água.

Site oficial: https://igua.com.br/

Crédito:
Imprensa | Iguá

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5114 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!