Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, realizado pela Petrobras, tem registros inéditos no Estado de São Paulo em 2021

softelec

Imagem: Divulgação – Pardela-de-óculos (Procellaria conspicillata) foi uma das espécies que em 2021 tiveram o primeiro registro pelo PMP-BS no litoral de São Paulo. A ave da foto, após tratamento em um dos Centros de Reabilitação e Despetrolização do projeto, foi solta nas proximidades da Ilha do Bom Abrigo, em Cananeia (SP) | Mais de 1.500 km de praias são monitorados pelo projeto na área de abrangência da Bacia de Santos. Trabalho inclui registro e atendimento veterinário

Publicidade
Publicidade
AMBIENTAL MERCANTIL

Pela primeira vez, desde o início da execução em 2015, o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) registrou um lobo-marinho-antártico (Arctocephalus gazella) no litoral paulista. Três espécies de aves, usualmente presentes em áreas mais oceânicas, também tiveram registros inéditos no Estado de SP: pardela-de-óculos (Procellaria conspicillata), atobá-grande (Sula dactylatra) e mandrião-de-cauda-comprida (Stercorarius longicaudus).

Segundo Henrique Chupil, ornitólogo do IPEeC (instituição que realiza o monitoramento em Iguape, Ilha Comprida e Cananeia), a explicação para os registros inéditos no Estado de SP das aves pardela-de-óculos, atobá-grande e mandrião-de-cauda-comprida pode estar associada ao clima.

“Provavelmente algum evento metereológico contribuiu para desviar o caminho desses animais e fez com que chegassem às nossas praias.”

Em 2021, mais de 15 mil novos registros foram realizados, que se somaram ao vasto acervo de informações sobre mamíferos, aves e tartarugas marinhas que o projeto vem construindo. As aves marinhas foram os animais mais registrados pelo PMP-BS no ano passado, com 10.261 registro, sendo a espécie com maior número de registros o pinguim de Magalhães (Spheniscus magellanicus).

Rede de Atendimento Veterinário

Todos os animais marinhos encontrados debilitados pelo PMP-BS são avaliados e, quando necessário, encaminhados para instalações da Rede de Atendimento Veterinário do projeto. Os animais passam por estabilização clínica e tratamento veterinário, até sua reabilitação.

No ano passado, o PMP-BS concluiu a reabilitação de mais de 500 animais marinhos, sendo que as aves foram o grupo como maior número de indivíduos reabilitados. A espécie com maior número de indivíduos reabilitados foi o gaivotão (Larus dominicanus), seguido pelo atobá-marrom (Sula leucogaster) com segundo maior número, e pelo pinguim de Magalhães (Spheniscus magellanicus) com terceiro maior número de reabilitados.

Na Baixada Santista, há duas unidades da Rede de Atendimento Veterinário do PMP-BS: um Centro de Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos no Guarujá e uma Unidade de Estabilização de Animais Marinhos na Praia Grande.

Sobre o PMP-BS

O PMP-BS é executado pela Petrobras como condicionante do licenciamento ambiental conduzido pelo Ibama para as atividades de exploração e produção de petróleo e gás na Bacia de Santos. O objetivo é avaliar a interferência das atividades sobre aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento de praias e do atendimento veterinário a animais vivos e mortos. Mais de 1.500 km da costa são monitorados nos municípios litorâneos de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e do Rio de Janeiro (de Paraty até Saquarema).

“O projeto é uma ferramenta para a gestão ambiental das atividades da Petrobras, além de entregar importante resultado para a conservação ambiental, refletindo-se inclusive na produção científica sobre as espécies marinhas. Todos os dados registrados ficam armazenados em um sistema de acesso público, o SIMBA (Sistema de Informação de Monitoramento da Biota Aquática)“, explica o gerente de Manutenção de Pós Licença para a Bacia de Santos da Petrobras, Fernando Gonçalves de Almeida.

Participação da população

A população pode contribuir acionando as equipes ao avistar um animal marinho vivo ou morto.

No Litoral de SP, o telefone é 0800 6423341.

Crédito:
Imprensa | Petrobras

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5242 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!