Lactec e Neoenergia desenvolvem caminhão elétrico para serviços de redes

softelec
Veículo, um modelo comercial da BYD disponível no mercado, tem autonomia de 200 quilômetros
Veículo, um modelo comercial da BYD disponível no mercado, tem autonomia de 200 quilômetros

Imagem: Divulgação | Veículo dispõe de sistema inteligente para gerenciamento da recarga, que pode ser feita de forma segura e eficiente na própria rede de distribuição de energia

Publicidade
Publicidade
CITER 2024 Piauí

Julho de 2022 – A eletrificação das frotas de veículos operacionais das concessionárias de energia deve ser um caminho natural, nos próximos anos, considerando o compromisso das empresas com a transição energética. Foi a partir dessa perspectiva que a Neoenergia desenvolveu um projeto de pesquisa e desenvolvimento (P&D) junto ao Lactec, que possibilitou a adaptação de um caminhão elétrico com um cesto aéreo eletro-hidráulico para serviços de redes de distribuição de energia elétrica.

Os principais ingredientes de inovação nesse projeto, conforme explicou a coordenadora pelo Lactec, Ana Paula Oening, foram o desenvolvimento de um sistema inteligente de gerenciamento da recarga, por telemetria, e de um sistema seguro e eficiente para recargas de oportunidade do veículo, na própria rede de distribuição da concessionária. 

O caminhão elétrico já passou por testes no Laboratório de Alta Tensão do Lactec, em Curitiba, onde foi montado um arranjo de uma linha de distribuição. A fase de testes em campo será iniciada nas cidades de Limeira e Mairiporã, interior de São Paulo, área de concessão da Neoenergia Elektro.

O caminhão 100% elétrico – um modelo comercial da BYD disponível no mercado – tem autonomia de 200 quilômetros.

De acordo com o gerente do projeto de P&D pela Neoenergia Elektro, Eng. Eduardo Casarin, a telemetria embarcada permite coletar todas as informações do veículo.

“Previamente à saída do caminhão da base operacional, é feito o planejamento da roteirização. Dessa forma, sabemos o trajeto a ser percorrido e quais pontos da rede estão disponíveis para recarga”, esclareceu.

A disponibilidade de potência na rede para as recargas de oportunidade foi estudada durante o projeto, a partir de uma metodologia própria.

P&D Estratégico

“Esse projeto de P&D faz parte de uma estratégia de investimento para desenvolver a mobilidade elétrica no Brasil em diversos âmbitos. Com o nosso caminhão elétrico, conseguimos, além de contribuir para a criação de um novo produto nacional, inovar no gerenciamento da recarga e alcançar um sistema seguro e eficiente para recargas na própria rede”, afirmou o gerente corporativo de Pesquisa e Desenvolvimento da Neoenergia, José Antonio Brito.

O projeto de P&D da Neoenergia, executado pelo Lactec, integra os projetos de mobilidade elétrica da chamada estratégica nº 22/2018, da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Tem como parceiras a fabricante BYD e a PLE, empresa especializada no desenvolvimento e fabricação de produtos eletroeletrônicos.

Imprensa

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5113 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!