Como a TOMRA pode ajudar na classificação dos Resíduos Sólidos Urbanos e dos Plásticos com precisão e maior aproveitamento dos recursos

softelec
A TOMRA, com mais de 50 anos de experiência no mercado, é líder em soluções de classificação baseadas em sensores para aplicações de resíduos e metais.
A TOMRA, com mais de 50 anos de experiência no mercado, é líder em soluções de classificação baseadas em sensores para aplicações de resíduos e metais.

Imagem: Divulgação

Publicidade
Publicidade
CITER 2024 Piauí

A TOMRA, com mais de 50 anos de experiência no mercado, é líder em soluções de classificação baseadas em sensores para aplicações de resíduos e metais. Entre elas, a classificação de resíduos sólidos urbanos e dos plásticos, que está em amplo desenvolvimento diante das novas exigências e dos recentes acontecimentos não só no Brasil, mas tem em todo o mercado mundial.

Dezembro de 2022 – Os mais recentes dados são esclarecedores. O índice de reciclagem no Brasil é de apenas 4%, diz a Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais). A mesma fonte acrescenta que o país produz 27,7 milhões de toneladas anuais de resíduos recicláveis.

Os materiais recicláveis secos representaram 33,6% do total de 82,5 milhões de toneladas anuais de resíduos sólidos urbanos (RSU) produzidos durante o período da pandemia da covid-19, nos anos de 2020 e 2021.

De acordo com a pesquisa, os resíduos recicláveis secos são compostos principalmente pelos plásticos (16,8%, com 13,8 milhões de toneladas por ano), papel e papelão (10,4%, ou 8,57 milhões de toneladas anuais), vidros (2,7%), metais (2,3%) e embalagens multicamadas (1,4%). O aumento do consumo, em especial para a utilização dos plásticos, tem colocado um grande desafio para aumentar os níveis de reciclagem e para o fomento de uma economia circular.

Brasil: um país onde reciclar tem de estar na ordem do dia

Embora o país tenha grande potencial para aumentar a reciclagem como comprovam os números, diversos fatores mantêm esses índices estagnados, a começar pela falta de conscientização e de engajamento do consumidor na separação e descarte seletivo de resíduos. Também é preciso destacar a falta de infraestrutura das prefeituras para permitir que esses materiais retornem para o ciclo produtivo, com potencial de recuperação.

A falta de reciclagem adequada do lixo tem gerado uma perda econômica significativa para o país. Levantamento feito pela Abrelpe em 2019 mostrou que somente os recicláveis que vão para lixões levam a uma perda de R$ 14 bilhões anualmente, que poderiam gerar receita e renda para uma camada de população que trabalha com essa atividade.

“Apesar dos números abaixo das expectativas, o Brasil apresenta-se com um potencial enorme dentro da indústria da reciclagem, com a realidade, a espaços, tem vindo a ser melhorada e com destaque para aquele que é o papel da TOMRA”, explica Daniel Ghiringhello, Diretor Comercial.

Foto: Daniel Ghiringhello, Diretor Comercial

“Entendo que tivemos pouca evolução no setor, com exceção de alguns casos. Felizmente, na última década a TOMRA Recycling Sorting Brasil pode contar com alguns clientes inovadores, que visionaram um futuro e investiram em tecnologia de ponta para automatizar seus processos. Estes clientes migraram da prestação de serviços logísticos, coleta e despejo de resíduos, e entraram efetivamente na indústria automatizada e eficiente de processamento e gestão de resíduos”, sublinha o responsável da TOMRA Brasil.

A TOMRA Recycling Sorting Brasil procurou também desde o início se posicionar como key-player do mercado. Com um espírito de inovação e liderança associados aquilo que é o nosso DNA, procuramos perceber as necessidades dos nossos clientes, colocar a nossa tecnologia de ponta à disposição e através de um serviço personalizado garantir não só qualidade, mas também confiabilidade com redução de perdas que leva a um aumento de performance e redução de custos a médio e longo prazo através dos processos de automação.

“A meta no Brasil passa com o auxílio da tecnologia caminhar para o fim dos lixões, sabendo que há um processo complexo pela frente”, reforça o gestor.

AUTOSORT: O “CARRO-CHEFE” DA TOMRA

A circularidade da economia não é um caminho, mas é o futuro de todo o mundo. Vivemos em um planeta com recursos finitos e o reaproveitamento destes recursos será a única via no longo prazo.

Foto: AUTOSORT™ da TOMRA
Foto: AUTOSORT™ da TOMRA

O mercado brasileiro na reciclagem está crescendo tanto em qualidade como em quantidade, isso significa dizer que os clientes, produtos e processos estão se tornando mais exigentes e demandando maiores índices de pureza.

O mercado está buscando mais fontes de insumo e está tentando valorizar as frações ao seu máximo. Interessante ressaltar que as soluções da TOMRA proporcionam resultados positivos nas duas direções (qualidade e quantidade) .

Por isso, suas soluções têm sido adotadas por diversas e importantes empresas recicladoras do mercado, como a Multilixo, Orizon, Indorama, Engepack e GlobalPet.

“A maior e mais importante contribuição da TOMRA é a alta escalabilidade que nossas tecnologias podem proporcionar à separação, aumentando a recuperação e volume de recicláveis, de forma precisa, eficiente e de alta qualidade final”, explica Daniel Ghiringhello.

O nosso carro chefe, é sem dúvida a AUTOSORT™. A máquina está na sua última geração e oferece excelente performance de separação de resíduos, preparada para a indústria 4.0. Com o nosso sistema TOMRA Insight conseguimos extrair dados e relatórios em tempo real, dando visibilidade do processo de separação ao gerente Industrial,” afirma o responsável.

A AUTOSORT™ é equipada de série com a tecnologia SHARP EYE™ que promove ganhos expressivos em termos de resolução, melhorando a capacidade de deteção dos diversos materiais a serem separados. Além disso nossa tecnologia patenteada FLYING BEAM™ oferece a melhor estabilidade de leitura através da sua luz homogénea que percorre toda a esteira, garantindo alta performance de seleção. Somada a esse inovador sistema óptico, os novos blocos de válvulas reduziram o consumo de ar sem perder potência na ejeção dos materiais.

Foto: PE versus PP

“Destaca-se também a unidade de iluminação, que está posicionada dentro da caixa dos scâneres, portanto, protegida de sujeiras e outras influências externas,” explica Daniel Ghiringhello.

Sem dúvidas, a AUTOSORT™ é a máquina mais vendida no Brasil dada sua eficiência, performance, fácil uso e baixo custo de manutenção, que é feita inteiramente por nosso time de técnicos brasileiros.

Daniel Ghiringhello completa:

“Além disso, oferece grande flexibilidade no reconhecimento e separação de materiais recicláveis como: PET, PP, PEAD, PVC, PS, ABS, filmes, papel, papelão, tetra, metais entre outros. A grande entrega do produto se dá com excelente custo-benefício, e isso pode ser comprovado pelas centenas de máquinas já instaladas em toda América Latina. Para finalizar, a TOMRA tem trabalhado no desenvolvimento do TOMRA Insight – esta solução baseada na nuvem oferece uma plataforma de monitoramento segura e quase em tempo real para todas as suas linhas de classificação. Isto se traduz em um grande benefício para os clientes, que conseguem controlar todos os processos e evitar paradas desnecessárias nas suas linhas, garantindo um processamento quando e onde seja necessário.”

TOMRA: foco total no cliente e no ambiente com um serviço personalizado

Para a TOMRA Recycling Sorting Brasil, o foco está e sempre estará nos clientes e no ambiente. O DNA da empresa procura ajudar as empresas no dia-a-dia com a melhor tecnologia disponível do mercado e tem tido um especial impacto no mercado brasileiro nos últimos anos.

“A TOMRA é líder em ‘market share’ no mundo e não seria diferente no Brasil, país que vem investindo sistematicamente desde 2011, ano de sua fundação. Além das características tecnológicas já citadas, a TOMRA fez 50 anos comemorados em 2022 e possui larga experiência no setor, contando com grande ‘know-how’.  Nosso departamento de P&D recebe investimentos na ordem de 8% de nossas receitas, garantindo constante desenvolvimento e aprimoramento tecnológico. O empresário brasileiro conhece os grandes desafios burocráticos para investir em tecnologias de ponta, e estes investimentos necessitam de suporte local. Sem dúvida, este é um dos grandes diferenciais da TOMRA Recycling Sorting no Brasil: estamos presentes fisicamente e treinados para servir os clientes brasileiros em território nacional.”

Daniel Ghiringhello completa:

“Temos equipe técnica preparada para atendimento e vasto estoque de peças nacionalizadas e prontas para serem despachadas aos quatro cantos do Brasil, isto é fato”.

Sobre a TOMRA Recycling Sorting

TOMRA Recycling Sorting projeta e fabrica tecnologias de classificação baseadas em sensores para a indústria global de reciclagem e gerenciamento de resíduos para transformar a recuperação de recursos e criar valor nos resíduos.

A empresa foi a primeira a desenvolver soluções avançados de classificação de resíduos e metais usando tecnologia de infravermelho próximo (NIR) de alta capacidade para extrair o máximo valor dos recursos e manter os materiais em um ciclo de uso e reutilização. Até o momento, mais de 8.200 sistemas foram instalados em 100 países em todo o mundo.

A TOMRA Recycling Sorting é uma divisão do Grupo TOMRA. A TOMRA foi fundada durante uma inovação em 1972 que começou com o projeto, fabricação e venda de máquinas de venda reversa (RVMs) para coleta automatizada de recipientes de bebidas usadas.

Hoje, a TOMRA está liderando a revolução de recursos para transformar a forma como os recursos do planeta são obtidos, usados ​​e reutilizados para permitir um mundo sem desperdício. As outras divisões de negócios da empresa incluem TOMRA Food, TOMRA Mining e TOMRA Collection.

A TOMRA possui aproximadamente 10.000 instalações em mais de 80 mercados em todo o mundo e teve uma receita total de ~10,9 bilhões de NOK em 2021. O Grupo emprega ~4.600 globalmente e está listado publicamente na Bolsa de Valores de Oslo. A sede da empresa fica em Asker, Noruega.

Para mais informações sobre a TOMRA Recycling visite https://www.tomra.com/pt/sorting/recycling ou siga-nos no LinkedInTwitter or Facebook.

Crédito:
Imprensa

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5110 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!