Energia solar já é adotada por 14% dos pequenos negócios no Brasil, aponta Sebrae

softelec
Com sede no Recife e diversas filiais em todo o Brasil, o Grupo Elétron Energy é formado pela Elétron Energy, Elétron Gestão, Elétron Power, Mercúria Comercializadora e a Juntos Energia. Juntas, elas atendem consumidores de todas as regiões do país.
Com sede no Recife e diversas filiais em todo o Brasil, o Grupo Elétron Energy é formado pela Elétron Energy, Elétron Gestão, Elétron Power, Mercúria Comercializadora e a Juntos Energia. Juntas, elas atendem consumidores de todas as regiões do país.

Imagem: Divulgação | Soluções de energia compartilhada estão acelerando a adoção sem instalação de equipamentos nos estabelecimentos

Publicidade
Publicidade
Equipamentos - STADLER GmbH

Dezembro de 2022 – Um recente levantamento realizado pelo Sebrae em parceria com o IBGE mostrou que os donos de pequenos negócios no Brasil estão mais conscientes sobre as ações ligadas à sustentabilidade em seus empreendimentos. A Pesquisa Pulso dos Pequenos Negócios revelou que o uso de energia solar nos pequenos negócios já é realidade, e é adotado em 14% dessas empresas.

A pesquisa também mostrou que 74% das micro e pequenas empresas implementaram o controle do consumo de energia.

Essa, que é a prática de sustentabilidade mais aplicada no universo das MPE, foi adotada até mesmo pelos negócios de menor porte, como os microempreendedores individuais, com a adesão de 71% desse público.

Uma outra recente pesquisa, dessa vez divulgada pela plataforma Cupom Válido a partir de dados da Abrace (Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres), mostra que o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking mundial de contas de luz mais caras do mundo. Nos últimos cinco anos, o custo da energia elétrica brasileira aumentou 47%, o que contribuiu para que o país subisse de posição na lista, ficando apenas atrás da Colômbia.

“Existe um potencial gigantesco a ser desbravado quando falamos de energia limpa. Compreender as vantagens da energia solar tanto em relação à economia quanto à sustentabilidade e respeito ao meio ambiente é crucial também para os pequenos negócios. Essa é a fonte de energia que mais gera empregos no mundo, além de ser uma das fontes energéticas mais estratégicas para acelerar o desenvolvimento sustentável do nosso país”, ressalta  o CEO da Elétron Energy, André Cavalcanti.

A empresa, com sede em Pernambuco e filiais em diversas capitais brasileiras, tem entre seus clientes negócios em diversos segmentos e em diferentes cidades do país. 

Alternativas como o mercado de energia limpa compartilhada devem trazer profundas e importantes transformações no país nos próximos anos.

“Os donos de micro e pequenos negócios podem se beneficiar muito com a energia limpa compartilhada. Além de reduzir os impactos no meio ambiente e nas mudanças climáticas, essa tecnologia promove uma redução significativa na conta de luz todos os meses, sem necessidade de instalações de placas fotovoltaicas ou taxas de adesão”, explica o CEO da Juntos Energia, José Otávio Bustamante.

A empresa é a primeira do país a conseguir conectar usinas às redes das concessionárias lançando o modelo de portabilidade na geração de energia residencial e para pequenas e médias empresas. 

Os dados revelados pela pesquisa do Sebrae também mostram que existe uma preocupação das MPE com outros aspectos da sustentabilidade, como o controle no consumo da água (que é observado por 65% das empresas), na gestão do consumo de papel (praticada por 62%) e na separação para a coleta seletiva de lixo (implementada em 55% das micro e pequenas empresas).

Confira os números da pesquisa do Sebrae:

  • 74% das micro e pequenas empresas implementaram o controle do consumo de energia.
  • 65% das MPE adotaram o controle do consumo de água.
  • A gestão do consumo de papel é adotada por 65% dos pequenos negócios.
  • 55% das MPE praticam a separação para a coleta seletiva de lixo.
  • O uso de energia solar é adotado em 14% dos pequenos negócios.

Elétron Energy

Presente no mercado desde 2012, a Elétron Energy oferece um ecossistema de soluções em energia, proporcionando eficiência e previsibilidade aos negócios. Com sede em Recife-PE e filiais em seis capitais brasileiras, o GRUPO ELÉTRON ENERGY é formado pela Elétron Gestão, Elétron Power, Elétron Energy, Mercúria Comercializadora e Juntos Energia. Em 2019 foi eleita a 2ª melhor empresa de Energia Elétrica do Brasil, e passou a fazer parte do fundo Americano de investimentos Alothon Group LLC. A Elétron integra o Pacto Global da ONU e também assume a responsabilidade de contribuir para o alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Site oficial: https://eletronenergy.com.br/

Juntos Energia 

A Juntos Energia tem como fundadores José Otávio Bustamante e Rodrigo Protázio. O projeto nasceu a partir de um trabalho acadêmico de um curso criado pelas universidades de Harvard e MIT. Ao final do curso, 400 protótipos foram submetidos, e o modelo de painel solar híbrido criado por José Otávio acabou entre os 20 selecionados para aprofundar a prototipação ao Prototype Camp do MIT.

E foi através da troca com outros especialistas em geração de energia que o empreendedor decidiu criar um projeto baseado no modelo de negócio atual da empresa, focando no serviço de compartilhamento de energia.

O projeto venceu uma série de premiações e recebeu aceleração, mentoria e investimentos. Em 2021, foi incorporado pelo fundo de private equity americano Alothon Group e Elétron Energy, uma das maiores comercializadoras e geradoras de energia elétrica e de gás natural do Brasil.

Site oficial: https://juntosenergia.com.br/

Crédito:
Imprensa

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5026 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!