Fundação Florestal lança novo edital para compras de sementes de palmeira-juçara

softelec
Foto: Colheita de sementes da Palmeira Juçara
Foto: Colheita de sementes da Palmeira Juçara

Imagem: Divulgação | Serão adquiridas 30 toneladas de sementes para plantio em Unidades de Conservação; processo ficará aberto até dia 15/2/2023

Publicidade
Publicidade
CITER 2024 Piauí

Dezembro de 2022 – Está aberto o 6º edital de compra de sementes de palmeira-juçara da Fundação Florestal. Podem participar agricultores familiares, indígenas, comunidades tradicionais – que também poderão ser representados por associações e cooperativas. Serão adquiridas 30 toneladas de sementes, no valor unitário por quilograma de R$ 9,17, que irão repovoar Unidades de Conservação do Estado.

Cada interessado na venda das sementes deverá apresentar proposta mínima de 50 quilogramas.

Os formulários de requerimento, a documentação pertinente e as propostas de vendas serão analisadas pela Comissão de Avaliação e Credenciamento, conforme os requisitos apresentados no presente edital.

O edital na íntegra e os formulários podem ser encontrados clicando aqui.

O processo de seleção ficará aberto até o dia 15/2/2023, às 16 horas, e a documentação completa, composta pelo formulário, proposta de venda e habilitação jurídica, deverá ser entregue pelo e-mail projucara@fflorestal.sp.gov.br. O resultado dos credenciados e recursos acontecerão do dia 20/2/2023 a 27/2/2023. A entrega das sementes poderá ser iniciada de 1/3/2023 até 9/6/2023.

A iniciativa faz parte do Programa de Conservação da Palmeira Juçara nas Unidades de Conservação, que tem como foco a conservação da espécie nos espaços protegidos de domínio público e privado, das zonas de amortecimento e entorno de UCs, com remanescentes florestais, conforme estabelecido na Portaria Normativa FF nº 327/2021.

Programa Juçara

O Programa Juçara constitui uma iniciativa pioneira da Fundação Florestal em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, Secretaria de Desenvolvimento Regional, Secretaria de Desenvolvimento Econômico (por meio do Programa Vale do Futuro), Itesp, universidades, prefeituras e entidades representativas da sociedade civil que oferece uma alternativa de trabalho e de renda a pequenos agricultores e comunidades tradicionais nas regiões onde se insere.

Foto: Palmeira Juçara

Além da questão ambiental, o programa procura modificar a cultura extrativista da palmeira-juçara ao desestimular o corte da árvore para a extração do palmito, oferecendo a opção de obter seu sustento por meio do cultivo e da venda da polpa do fruto para o reflorestamento.

A palmeira-juçara é uma espécie nativa da Mata Atlântica ameaçada de extinção. Sua preservação está diretamente ligada à manutenção da biodiversidade local. Sua semente e seu fruto servem de alimento para mais de 68 espécies, entre aves e mamíferos.

Tucanos, jacutingas, jacus, sabiás e arapongas são os principais responsáveis pela dispersão das sementes, enquanto cotias, antas, catetos e esquilos, dentre outros, se beneficiam das sementes e frutos.

Para saber mais, visite a página do Programa Juçara no site da Fundação Florestal:  https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/fundacaoflorestal/programas-e-campanhas/programa-jucara/

Crédito:
SIMA SSRH | Governo do Estado de São Paulo

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5111 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!