Codex desenvolve plataforma digital de certificação sustentável para empreendimentos de Porto Alegre

softelec
Codex | Observatório ODS - RS
Codex | Observatório ODS - RS

Imagem: Divulgação | Criado em parceria com a Prefeitura da capital gaúcha, programa oferece incentivos urbanísticos e fiscais, como desconto de até 10% no IPTU, e contribui para o cumprimento das metas de descarbonização do planeta

Publicidade
Publicidade
AMBIENTAL MERCANTIL

Janeiro de 2023 – A Codex, empresa especializada em soluções de tecnologia, desenvolvimento de sistemas de informação e governança de dados, e a Prefeitura Municipal de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, criaram a plataforma de Certificação Sustentável para fomentar empreendimentos residenciais, comerciais e de serviços a adotarem medidas de mitigação de impactos ambientais na cidade.

A adesão é voluntária e os projetos certificados recebem incentivos urbanísticos e fiscais, como desconto de até 10% no IPTU e priorização em processos de licenciamento.

Entre os critérios avaliados na certificação estão construção de telhados verdes, aproveitamento de água pluvial e planos de eficiência energética, que contribuem para a redução da emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE).Janeiro de 2023 -A Codex, empresa especializada em soluções de tecnologia, desenvolvimento de sistemas de informação e governança de dados, e a Prefeitura Municipal de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, criaram a plataforma de Certificação Sustentável para fomentar empreendimentos residenciais, comerciais e de serviços a adotarem medidas de mitigação de impactos ambientais na cidade. A adesão é voluntária e os projetos certificados recebem incentivos urbanísticos e fiscais, como desconto de até 10% no IPTU e priorização em processos de licenciamento. Entre os critérios avaliados na certificação estão construção de telhados verdes, aproveitamento de água pluvial e planos de eficiência energética, que contribuem para a redução da emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE).

“Diante da aceleração do aquecimento global, as certificações sustentáveis ganham cada vez mais destaque no planejamento estratégico de iniciativas públicas e privadas, tornando-se fortes aliadas da agenda climática do Brasil e do mundo. A parceria com a Prefeitura de Porto Alegre reforça o propósito da Codex de criar soluções tecnológicas e inovadoras em prol do desenvolvimento sustentável, contribuindo para o cumprimento de metas e acordos internacionais, como os estabelecidos na COP 27″, afirma Venicios Santos, diretor de Negócios da Codex.

O processo de certificação é realizado por meio de plataforma digital, desenvolvida pela Codex e gerenciada pela prefeitura, que analisa a conformidade das documentações de práticas de redução do impacto ambiental do empreendimento solicitante com as normas da Política de Sustentabilidade de Porto Alegre de enfrentamento das mudanças climáticas e uso racional da energia.

A Certificação Sustentável é concedida de acordo com o nível de pontuação obtido pelo empreendimento, Bronze, Prata, Ouro ou Diamante, a partir da análise do cumprimento das práticas sustentáveis dentro de sete dimensões: Conservação da biodiversidade local; Adequação às condições climáticas; Água; Energia e emissão de GEE; Gestão de Resíduos; Materiais e Acessibilidade, mobilidade e humanização das edificações e dos espaços urbanos. Após a solicitação da certificação na plataforma digital do programa, a documentação passa por análise dos técnicos da prefeitura.

“O Programa de Certificação Sustentável cria uma política de incentivos tanto tributários, quanto urbanísticos, para induzirmos a iniciativa privada, o empreendedor, a trazer soluções ambientalmente adequadas para o processo de desenvolvimento da cidade”, explica o secretário do Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade de Porto Alegre, Germano Bremm.

A iniciativa integra o Programa de Premiação e Certificação em Sustentabilidade Ambiental de Porto Alegre para a construção de uma cidade sustentável e está alinhada com os objetivos da PEC 13/2019 (IPTU Verde), aprovada recentemente no Senado. A adesão ao programa é voluntária, valorizando ações que atendam às crescentes demandas de responsabilidade social e preservação ambiental e os benefícios vão desde incentivos urbanísticos, desconto de até 10% no IPTU até prioridade em processos de licenciamento. O piloto do programa foi realizado com o Hospital Moinhos de Vento, um dos cinco hospitais de excelência do país, que obteve a classificação Ouro, devido à pontuação nas dimensões: conservação da biodiversidade local; energia e emissão de gases de efeito estufa (GEE); resíduos; e acessibilidade, mobilidade e humanização das edificações e dos espaços urbanos.

Sobre a Codex

A Codex é uma empresa especializada em soluções de tecnologia, desenvolvimento de sistemas de informação e governança de dados para melhor tomada de decisões. Com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável e a otimização de oportunidades de negócio por meio da tecnologia, da inovação e da transformação digital, a Codex atua em setores estruturais da economia do país, como Agronegócio, Energia, Saneamento, Geotecnologia, Meio Ambiente, ESG, além de atuação junto ao setor público. Com experiência de mais de 30 anos, a Codex possui 250 colaboradores e atua em todo o país com seus sete escritórios em São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, além de uma sede internacional em Houston, nos Estados Unidos. A Codex é uma empresa do Grupo Imagem, companhia brasileira que representa no país a Esri, líder global do mercado de Sistema de Informações Geográficas (GIS).

Site oficial: https://codex.com.br/

Crédito:
Imprensa

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
About Ambiental Mercantil Notícias 5351 Articles
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!