COP28: Parque Tecnológico Itaipu marca presença no evento com cases sobre transição energética

softelec

Imagem: Divulgação

PRÊMIO INTERNACIONAL 2023

PRÊMIO INTERNACIONAL 2023

Ambiental Mercantil recebe prêmio de sustentabilidade ambiental 2023 pela renomada Build Magazine da Inglaterra

Dezembro de 2023 – Nos próximos dias o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) estará presente na Conferência das Partes – COP28 apresentando cases do ecossistema voltados para a energia elétrica renovável e transição energética. O evento marcado pelo debate sobre estratégias para mitigar os efeitos das mudanças climáticas no mundo será realizado entre os dias 30/11 e 12/12, em Dubai nos Emirados Árabes Unidos. Com um foco particular em soluções de armazenamento de energia, produção de Hidrogênio verde (H2V) e tecnologias relacionadas ao hidrogênio, o PTI traz à COP28 cases de diversas soluções desenvolvidas pelo parque e que podem ser replicados no mundo para acelerar a transição energética, incluindo avanços no armazenamento de energia por meio de baterias de primeira e segunda vida, operação e manutenção de plantas de produção H2V, bem como validação experimental de tecnologias relacionadas ao hidrogênio, desde a produção até o armazenamento e conversão.

Como destaque, o Parque leva também ações e projetos desenvolvidos em parceria com o CIBiogás, destacando o papel crucial do biogás na matriz energética sustentável.

No caminho rumo à transição energética, o PTI direciona suas frentes de atuação para a descarbonização, descentralização e digitalização. As ações desenvolvidas buscam não apenas reduzir as emissões de carbono, mas também promover a diversificação e distribuição das fontes de energia, ao mesmo tempo em que integra avanços tecnológicos digitais para otimizar a eficiência energética.

O diretor de negócios e empreendedorismo do PTI, Eduardo de Miranda, está presente no evento e destaca o importante papel do PTI na trajetória da transição energética:

“Todo esse know-how desenvolvido ao longo de 20 anos por meio de cases e soluções tecnológicas, não só impulsionam a mudança para um panorama energético mais sustentável e com papel fundamental na mitigação dos efeitos das mudanças climáticas, como também se mostram relevantes para apoiar o Brasil na atração e captação de investimentos externos voltados a acelerar a transição energética no País, alinhando-se com as principais pautas desta edição da COP”.

Destaque no Painel

No último dia 3 de dezembro, durante a Conferência das Partes das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28), Eduardo de Miranda, participou de um painel intitulado “Desfossilização a partir da economia circular: a contribuição do biogás para a transição energética no sul global”. A apresentação, foi realizada no Pavilhão Brasil ao lado de figuras influentes como Benjamin Ferreira Neto, Vice-presidente da Anfacer, Flavio Castellari, Diretor Executivo da APLA, e Isabela Bolonhesi, Head de ESG na GEO Bio&Gás.

O diretor irá destacar cases de soluções inovadoras desenvolvidas através de uma parceria entre o Parque Tecnológico Itaipu (PTI), CIBiogás e Itaipu Binacional. O painel visa não apenas explorar o papel vital do biogás na transição energética, mas também destacar a relevância dos casos de sucesso e ações implementadas por essas instituições como a planta de Biometano existente dentro do Complexo Itaipu.

Ativação de Marca e Interatividade

Além das apresentações, o Centro de Inteligência Territorial (IT.DT) do PTI estará presente no evento com uma ativação de marca envolvendo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Um totem interativo será instalado no Pavilhão Brasil, oferecendo aos participantes um menu interativo contemplando vídeos que explicam sobre as áreas de atuação do Núcleo de Inteligência Territorial (NIT), convenio firmado entre PTI e Itaipu Binacional. Esta iniciativa é fruto de uma parceria entre o PTI, Itaipu e UNDESA.

Sobre a COP28

A COP28 marca a vigésima oitava reunião da Conferência das Partes da ONU sobre o clima, um fórum onde governos de todo o mundo, diplomatas, cientistas, representantes da sociedade civil e várias entidades privadas se encontram para discutir e buscar soluções para a crise climática causada pelas atividades humanas. A delegação brasileira nesta edição da COP é a maior já registrada, sinalizando um interesse crescente da sociedade civil em questões ambientais.

A COP28 promete se diferenciar das edições anteriores ao fornecer um balanço global tangível das ações implementadas por empresas em todo o mundo para combater as mudanças climáticas.

Os objetivos específicos do PTI na COP28 incluem colaborar com o governo federal e a Itaipu Binacional na representação internacional do Brasil, buscar parcerias para cooperação e possíveis investidores, além de apresentar seu portfólio tecnológico e fortalecer ainda mais a autoridade do PTI para temáticas relacionadas a transição energética.

Site oficial: https://www.pti.org.br/quemsomos/

Imprensa

Temas Relacionados

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 4812 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!