Sistemas de controle de emissões atmosféricas: precipitador eletrostático x filtros de mangas

softelec
A Enfil S/A - Controle Ambiental atua, desde 1994, nos mercados nacional e internacional.
A Enfil S/A - Controle Ambiental atua, desde 1994, nos mercados nacional e internacional.

Imagem: Divulgação

Publicidade
Publicidade
CITER 2024 Piauí

Abril de 2024 – O precipitador eletrostático é um equipamento de controle de emissões atmosféricas com elevada eficiência para capturar poluentes e liberar gás limpo, apresentando baixo custo operacional para emissões até 50 mg/Nm3. Abaixo destes níveis, deixam de ser econômicos. Já os filtros de mangas atingem emissões abaixo de 50 mg/Nm3 (até 10 mg/Nm3) com facilidade.

Os modelos de precipitadores eletrostáticos são comumente aplicados em sistemas de despoeiramento de caldeira de carvão mineral, caldeira de biomassa, sinterização primária, forno de cal, entre outros, com duração média de 10 anos sem manutenção. Os filtros de mangas necessitam de troca das mangas e gaiolas a cada 3-4 anos, outras diferenças entre os sistemas foram listadas pelo gerente de propostas e tecnologias da Enfil, Marcelo Ozawa, e podem ser conferidas a seguir:

  • A perda de carga do precipitador eletrostático é em torno de 50 mm.c.a., já o filtro de mangas em geral > 150 mm.c.a, com eficiência de remoção equivalentes;
  • O filtro de mangas consome mais energia elétrica, pois a perda de carga é maior;
  • O precipitador eletrostático utiliza forças eletrostáticas para separar partículas do fluxo de gás, enquanto o filtro de mangas utiliza somente filtragem mecânica, forçando a passagem de fluxo com particulado por um tecido (manga), é um equipamento puramente mecânico.

Ambos, basicamente, separam o material particulado contido em gases de processo, coleta partículas sólidas. Um de modo eletrostático e outro de modo mecânico. Seu uso é indicado em qualquer processo cujos gases contenham partículas sólidas, por exemplo: 

  1. Caldeiras de Carvão Mineral: queimam carvão e produzem fuligem para aquecer a fornalha e produzir vapor. Os gases + a fuligem deve passar um precipitador eletrostático;
  2. Caldeiras de Biomassa: queimam biomassa e os gases também devem passar por um precipitador eletrostático;
  3. Forno de produção de cal: os gases produzidos com a queima devem passar por filtro de mangas;
  4. Sinterização secundária de uma siderúrgica: o material manipulado em correias, peneiras vibratórias, transportadores de correia em geral precisam de um filtro de mangas;
  5. Forno de produção de vidro: usam precipitador eletrostático;
  6. Caldeira de recuperação química: usam precipitador eletrostático;
  7. Despoeiramentos de aciaria elétrica ou convencional: usam filtro de mangas de grande porte.

Neste cenário, a Enfil já realizou projetos em grandes indústrias, com instalação de filtro de mangas em gigantes como: Arcelor Mittal Tubarão, Usiminas, Ternium, Rio Doce Manganês, entre outras. Para a instalação de precipitadores eletrostáticos, podemos citar: Arcelor Mittal João Monlevade, Vale, Usiminas, Vale Congonhas, Sylvamo e Berneck.

Sobre a Enfil

A Enfil S/A – Controle Ambiental atua, desde 1994, nos mercados nacional e internacional. Especializada em soluções para Sistemas de Controle da Poluição Atmosférica e para Sistemas de Tratamento de Água e Efluentes Industriais, a empresa focaliza suas ações na execução de projetos e fornecimento de sistemas em regime turn key ou EPC.

Site oficial: http://www.enfil.com.br

Temas Relacionados

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5113 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!