Principado de Mônaco prevê reduzir as emissões de carbono em 55% e abolir o uso do plástico até 2030

Imagem: Carro elétrico Mobee em Mônaco – crédito: Direction de la Communication / Manuel Vitali & Michael Alesi

Para reduzir as emissões de carbono em 55% até 2030 e neutralizá-las até o ano de 2050, o Principado de Mônaco, no coração da Europa, tem lançado uma série de medidas que visam encorajar seus habitantes e visitantes a usar carros elétricos, transportes sustentáveis e a valorizar as energias renováveis.

Carros Elétricos

Mobeecity

Mônaco tem o seu próprio serviço de compartilhamento de carros, chamado Mobeecity. Ao todo, 30 carros elétricos da marca Renault Twizy 80 estão disponíveis no país, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Ao utilizar o serviço do Mobeecity, o usuário tem direito a estacionar gratuitamente nas ruas do Principado e em 34 estacionamentos parceiros. O aluguel do carro é fácil e prático, por meio de smartphones, e o valor cobrado pode ser realizado por minuto, hora ou dia, de acordo com a preferência do condutor.

Mobeelity

A companhia monegasca de Eletricidade e Gás (SMEG) oferece uma alternativa de mobilidade sustentável aos turistas e moradores. Por meio do Mobeelity, é possível alugar carros com capacidade para transportar cinco passageiros e circular fora da área de Mônaco. Esses veículos têm permissão para se movimentar pelas regiões da Riviera Francesa, dos Alpes e de Provence bem como pelas áreas de Piemonte e Ligúria, na Itália.

Para localizar e alugar um carro da Mobeelity, é preciso cadastrar uma conta no site mobee.me,  registrar o cartão de crédito e escolher o modelo de cobrança (minutos, horas ou diárias). As diferenças do Mobeelity em relação ao Mobeecity estão na necessidade do condutor ter habilitação há pelo menos dois anos e o veículo deve ser devolvido no mesmo local onde foi retirado.

Monaco ON

Mônaco está substituindo suas unidades de carregamento nos estacionamentos e nas vias nacionais por estações de carregamento elétrico, mais rápidas e potentes. A nova rede Monaco On permanece gratuita e fácil de utilizar.

Experiência com ônibus elétricos

Como parte da política de diminuir a emissão de gases de efeito estufa e encorajar a transição energética, o Principado pretende ter uma frota de ônibus sem emissão de carbono até 2030. Um estudo de viabilidade desse projeto já está em andamento e destacará as diferentes tecnologias e cenários, além dos impactos organizacionais, ambientais e financeiros.

Transporte Sustentável

Klaxit

Mônaco está buscando reduzir o tráfego de carros em 20% ao mesmo tempo em que absorve o tráfego adicional resultante do seu desenvolvimento econômico.

Um estudo recente mostra que 100.000 veículos entram e saem do Principado por dia atualmente. Desses 50 mil passageiros, 70% se dirigem ao trabalho com apenas 1 pessoa. Esses percursos resultam em congestionamentos, poluição e estresse. Para resolver este problema e acabar com o impacto negativo sobre o meio ambiente, Mônaco decidiu lançar o Klaxit, que visa impulsionar o compartilhamento de veículos com o objetivo de reduzir o trânsito. O Governo do Principado está financiando 100% das viagens abaixo de 30km pelos próximos 3 meses.

CityMapper

Outro serviço disponível para apoiar a política de mobilidade de Mônaco é o aplicativo CityMapper, que fornece aos usuários informações sobre como melhor circular no Principado. O app gratuito fornece aos usuários orientações sobre os trajetos em tempo real e as rotas sugeridas contemplam os percursos feitos em caminhadas, bicicletas elétricas, ônibus, por transporte hidroviário bateau-bus, de trem, por compartilhamento de carro e até mesmo de helicóptero. O CityMapper de Mônaco traz informações em tempo real sobre a disponibilidade de vagas nos estacionamentos do Principado. Uma dos principais benefícios do aplicativo é a de checar horários em tempo real e notificar atrasos no transporte.

MonaBike

Para completar a oferta do Principado em relação a mobilidade não motorizada, o MonaBike é uma solução que incentiva o uso de bicicletas. São mais de 43 estações espalhadas pelo país com 390 bikes disponíveis.

Bicicletas disponíveis no Principado de Mônaco – Crédito: Direction de la Communication / Manuel Vitali & Michael Alesi

MonaPass

Em parceria com a Companhia Monegasca de Ônibus (CAM) e a Câmara Municipal de Mônaco, o Principado oferece o MonaPass, um aplicativo que combina em um novo sistema de tickets todos os serviços de mobilidade do país.  Por esse app, o morador e o turista podem adquirir o acesso para os ônibus, bicicletas elétricas e estacionamentos nas ruas em apenas alguns cliques.

Sistema MonaPass – crédito: Direction de la Communication / Manuel Vitali & Michael Alesi

Energia renovável

Energia Solar

Devido ao clima favorável, o Principado capta energia solar de duas maneiras: Painéis Solares Fotovoltaicos e Painéis Solares Térmicos. Enquanto os painéis fotovoltaicos convertem os raios solares em eletricidade e podem ser vistos nos telhados de escolas, prédios e escritórios de Mônaco; os painéis solares térmicos, que transformam a energia dos raios solares em aquecimento de água, são usados no complexo de piscinas do país. Atualmente, 18 construções de Mônaco estão equipadas com painéis fotovoltaicos ou térmicos.

Prédios em Mônaco com painéis solares – crédito: Direction de la Communication / Manuel Vitali & Michael Alesi

Energia Térmica do Oceano

Mônaco foi um dos primeiros países a desenvolver esse tipo de energia por todo o seu litoral.  O Principado instalou sua primeira bomba de calor de água salgada em 1963, no complexo de piscinas Rainier III. Hoje, existem mais de 80 bombas de calor no país.

O Principado planeja desenvolver dois circuitos de energia térmica oceânica para expandir o uso dessa fonte de energia. O primeiro ficará localizado no distrito de Condamine e o segundo no distrito de Larvotto. Será uma alternativa atraente para os edifícios que utilizam, atualmente, óleo combustível. Com a mudança para gás natural, haverá uma redução de cerca de 25% nas emissões de gases do efeito estufa.

Edifícios Sustentáveis de Mônaco

O Principado também coloca em prática uma iniciativa de edifícios sustentáveis e que vem sendo aplicada em todos os projetos públicos de construção e reforma. Esta iniciativa de construção sustentável baseia-se no compartilhamento de habilidades e experiências e numa abordagem interdisciplinar e transversal. É totalmente compatível com o clima mediterrâneo e ajuda na redução do impacto de materiais e na diminuição do consumo de água e energia. Além disso, os “Edifícios Sustentáveis” promovem o design bioclimático para garantir espaços saudáveis e confortáveis para seus ocupantes.

Iniciativas sustentáveis

Eliminar o uso de plásticos descartáveis em Mônaco

Desde janeiro de 2020, pratos, talheres e copos plásticos descartáveis estão proibidos no Principado. Essa medida segue as práticas já implantadas como o fim do uso de sacolas plásticas e de canudos descartáveis nos anos de 2016 e 2019, respectivamente. O objetivo de Mônaco é abolir o uso do plástico até 2030.

Eliminação do uso de aquecedores a óleo em Mônaco

Como parte da política de transição energética, Mônaco decidiu eliminar o uso de aquecedores movidos a óleo. Até o final de 2021, a energia térmica do oceano será a fonte de energia predominante, já que é renovável e muito utilizada em Mônaco. Hoje são mais de 80 bombas de calor de água salgada em operação no Principado

Para saber mais sobre Mônaco, acesse https://www.visitmonaco.com/pt e o site https://gvanoticias.com.

Crédito:
Imprensa | GVA

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1401 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.