Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia reforça que gestão do CETAS é Estadual

Foto: Ascom|Inema – Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) de Salvador – Bahia.

Visando dirimir as dúvidas sobre a gestão do Centro Estadual de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) reforça para os meios de comunicação e para população baiana que o Governo do Estado da Bahia é o único responsável pelas atividades desempenhadas pelo CETAS.

Após um trabalho conjunto com a sua autarquia, o Inema, o Governo inaugurou nos últimos meses dois espaços específicos para triagem de animais que cheguem por meio de entrega voluntária, apreensão oriunda de fiscalização, vitimas de maus-tratos ou de qualquer outra demanda que necessite de atenção especializada até o momento de soltura à sua área de origem.

O primeiro foi o CETAS do município de Cruz das Almas, localizado a cerca de 150 km de Salvador, que teve o início das suas atividades no dia 30 de julho, após o Estado firmar um acordo de cooperação técnica entre o Inema e a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), no qual parte dos atendimentos veterinários acontece nas dependências do hospital veterinário do campus, além do espaço para instalação do próprio Centro de Triagem que também foi cedido pela UFRB.

Já o segundo espaço foi inaugurado no dia 31 de agosto e fica localizado na capital baiana, nas dependências do Parque Metropolitano de Pituaçu. O ambiente atende demandas da fauna local e dá suporte à Região Metropolitana.

O CETAS é um espaço munido de profissionais qualificados como técnicos, biólogos e médicos veterinários especializados na gestão da fauna, além de profissionais e equipamentos para o manejo dos animais no dia a dia.

Para entrega voluntária de animais silvestres ou obter mais informações, podem entrar em contato por meio do número: (71) 3231-5960.

Crédito:
INEMA BA

Sobre Ambiental Mercantil Notícias 701 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.