Pesquisadores da UFT publicam artigo sobre os serviços ambientais realizados por peixes de água doce

Foto: UFT - Piraputangas
Foto: UFT - Piraputangas

Imagem: Divulgação | Por Glenda Barros, Universidade Federal do Tocantins

Novembro de 2022 – Quando o assunto é a importância dos peixes, logo vêm à mente seu valor alimentar. Uma mujica de pintado, caldo de piranha, traíra assada ou lambari frito. Entretanto, os peixes cumprem outros tantos papéis essenciais para a sociedade que permanecem ignorados. 

Pensando nisso, um grupo de pesquisadores de várias regiões do Brasil, liderados pelo professor Fernando Mayer Pelicice (Universidade Federal do Tocantins), reuniram-se para compreender as formas como os peixes de água doce beneficiam a sociedade.

Essa pesquisa culminou na publicação do artigo ”Ecosystem services generated by Neotropical freshwater fishes” na revista científica internacional Hydrobiologia, em 13 de setembro.

A pesquisa

O estudo é um compêndio dos serviços ecossistêmicos prestados pelas espécies da região Neotropical — área que se estende do México à Argentina —, caracterizada por abrigar a maior diversidade de peixes de água doce do planeta.

Tendo como base a ideia de serviços ecossistêmicos, conceito que entende espécies e ecossistemas como prestadores de serviços à humanidade, os pesquisadores chegaram à conclusão de que a vida dos peixes está intrinsecamente ligada a outros aspectos fora da água. Ao longo do artigo, os pesquisadores enumeram as contribuições dos peixes de água doce para a sociedade que vão além da alimentação. Trazem casos como o do município de Barcelos (AM), cuja economia é movida pelo comércio de peixes ornamentais.

De fato, a lista de serviços prestados pelos peixes de água doce é extensa.

Princípios ativos de drogas foram descobertos no ferrão de arraias; piaus e bagres servem como indicadores de poluição da água; tambaquis e pacus fornecem material genético para linhagens híbridas economicamente interessantes à piscicultura; piraputangas e lambaris dispersam sementes das matas ao redor dos rios e curimbas e cascudos controlam explosões de algas ao reciclar nutrientes como o fósforo e o potássio. 

Outro aspecto destacável é a influência cultural dos peixes, sobretudo para comunidades tradicionais. Indígenas, ribeirinhos e caiçaras desenvolveram uma íntima relação com diversas espécies ao longo do tempo. O povo Waíkhana, que vive na fronteira entre o Brasil e a Colômbia, por exemplo, acredita que sua gente teve origem a partir de peixes migradores que subiram os rios e se transformaram em humanos posteriormente. O nome Waíkhana, inclusive, significa “povo-peixe”.

Foto: Pescador tradicional Rio Cuiaba

Potencial científico

Após a extensa pesquisa, Fernando Pelicice, professor do Programa de Pós-graduação em Biodiversidade, Ecologia e Conservação da UFT e principal autor do trabalho, salienta a força do trabalho e suas contribuições para a sociedade.

“Nosso estudo tem grande potencial de ser uma referência importante na indicação dos papéis sociais, econômicos e ambientais que os peixes de água doce neotropicais realizam, o que reflete sua relevância para a sociedade e a necessidade de medidas de conservação”, declarou.

“Conseguimos reunir uma forte equipe de ictiólogos brasileiros, cada um contribuindo com algum dos aspectos da enorme diversidade de funções que os peixes exercem. Isso foi fundamental para montar um quadro bem completo sobre os serviços prestados pelos peixes”, ressalta o professor Fernando Pelicice.

O artigo

O estudo listou diversos serviços prestados por peixes de água doce em quase todo o continente americano.

Sua versão completa está disponível na internet. Para acessá-la, basta clicar aqui.

Para mais informações:

Site oficial: Pesquisadores da UFT publicam artigo sobre os serviços ambientais realizados por peixes de água doce

Crédito:
Imprensa

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 3167 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal exclusivo sobre ESG e Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos e Reciclagem, Saneamento, Energias Renováveis (Solar Eólica, Biogás e muito mais). Tudo sobre meio ambiente e tecnologias ambientais, cursos e eventos!