Projeto Águas para o Futuro conecta adolescentes com a questão hídrica em Campinas

Imagem: Guilherme Zayat | Os alunos voluntários da EE Profª Eunice Virgínia Ramos Navero visitam a nascente intermitente do córrego São Quirino como parte da ação de educação ambiental.

Parceria entre Secretarias Municipais do Verde e Desenvolvimento Sustentável e Educação, Instituto Artesano e escola estadual promovem ação de educação ambiental

Com o objetivo de conscientizar e chamar a atenção para importância e para a preservação das bacias e dos mananciais de Campinas, o Projeto Águas para o Futuro reúne um coletivo de 12 jovens voluntários da Escola Estadual Professora Eunice Virgínia Ramos Navero. A iniciativa é fruto da parceria entre as Secretarias Municipais do Verde e Desenvolvimento Sustentável, da Educação e do Instituto Artesano para o Desenvolvimento Sustentável.

A proposta é que os alunos tenham aulas de educação ambiental na prática, ampliando o conhecimento sobre a cidade e seu funcionamento e o uso racional da água.

“Começamos as ações tendo o Córrego São Quirino, que passa atrás da escola, como referência. Os jovens fizeram um reconhecimento da área, sinalizaram o córrego e desenvolveram um cronograma de ações para preservação“, explica Monica Picavea, diretora do Instituto Artesano para o Desenvolvimento Sustentável.

“Após os diálogos iniciais e a preparação do grupo na escola desde o primeiro semestre, a visitação no formato de estudo do meio proporcionou a todos uma ampla visão sobre o conceito da sustentabilidade e respeito ao meio ambiente na construção civil. Em diálogo e contato com técnicos, biólogos, engenheiros e outros colaboradores, tiveram a oportunidade de conhecer a nascente modelo de perto, entender os procedimentos necessários para sua preservação, realizar o plantio de árvores nativas, conhecer a horta e o canteiro de obras”, reforça Amandi Rodelli, Coordenador da Educação Ambiental da Secretaria do Verde e Desenvolvimento Sustentável de Campinas.

Para Maria de Fátima Franco Cação, diretora da escola estadual, os alunos do Ensino Fundamental e dos Anos Finais têm a oportunidade de integrar diversos conhecimentos e trabalharem com situações reais, que fazem parte de seus cotidianos.

“É um projeto de longo prazo, que conecta diferentes saberes e diversas ações em prol da conservação ambiental“, relata.

Visita à nascente

Na quinta-feira (14/10), os participantes do Projeto Águas para o Futuro visitaram uma das nascentes do Córrego São Quirino, que fica dentro do residencial Artesano Galleria.

“Além de conhecerem uma nascente intermitente – ou seja, que apresentam fluxo de água somente na época das chuvas – que fica dentro de uma área de conservação ambiental, os jovens tiveram acesso a diversas ações de sustentabilidade que estão sendo implementadas no espaço, como horta orgânica, tratamento de esgoto, energia solar e compostagem”, relata Monica. Ao final da visita, os alunos plantaram árvores nativas da Mata Atlântica, bioma predominante na região de Campinas.

Para Ágata Gabriele Martins Freire, 14 anos, participante voluntária do Projeto Águas para o Futuro, a iniciativa ampliou o olhar sobre a questão da água.

“Na nascente, falamos sobre como o bambu drena a água que deveria estar correndo ali. Durante a visita, aprendemos sobre a importância da composteira, da presença de calcário na terra e de um solo fértil, além de descobrirmos como plantar árvores e quais eram as espécies nativas”, conta a estudante.

A visita dos estudantes faz parte do Projeto Águas para o Futuro. Foto: Guilherme Zayat
Ágata e os demais participantes plantaram mudas de espécies nativas. Foto: Guilherme Zayat
Os participantes do projeto conheceram iniciativas sustentáveis, como o reaproveitamento de bambus – espécie exótica retirada da área de mata para preservar a biodiversidade – como parte estrutural do refeitório do Galleria Artesano. Foto: Guilherme Zayat

Próximos passos

Na sequência do projeto, os participantes do coletivo ambiental devem receber kits para análise da qualidade da água do Córrego São Quirino.

“Eles farão coletas em três diferentes pontos, da nascente e um trecho mais urbano, verificando as interferências e levantando problemas e questões que afetam os cursos d’água. Discutiremos nas aulas os impactos dessas descobertas, como podemos tratar do assunto de forma estruturada e que fomente a ação”, conta Viviane Real, coordenadora pedagógica da EE Profª Eunice Virgínia Ramos Navero.

Saiba mais sobre o Projeto Águas para o Futuro: https://artesanourbanismo.com.br/projetos_instituto/projeto-aguas-para-o-futuro-e-nascentes-modelo

Sobre a Artesano Urbanismo

A Artesano Urbanismo, empresa de desenvolvimento urbano, é uma boutique de projetos autorais, com bairros planejados e residenciais horizontais customizados e pensados para proporcionar bem-estar aos clientes do segmento de alto padrão. 

Site oficial: https://artesanourbanismo.com.br

Crédito:
Imprensa | Artesano Urbanismo

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 3167 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal exclusivo sobre ESG e Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos e Reciclagem, Saneamento, Energias Renováveis (Solar Eólica, Biogás e muito mais). Tudo sobre meio ambiente e tecnologias ambientais, cursos e eventos!