MDR repassa R$ 165,7 milhões para obras de segurança hídrica na Região Nordeste

Foto: Divulgação

Com 123,4 quilômetros de extensão, o Canal do Sertão Alagoano vai beneficiar cerca de 341 mil pessoas com as águas do “Velho Chico”. Estruturas complementares ao Projeto de Integração do Rio São Francisco, Canal do Sertão Alagoano, Vertente Litorânea Paraibana e Adutora do Agreste, em Pernambuco, são beneficiados.

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) liberou, na quarta-feira (9/12), mais de R$ 165,7 milhões para obras estruturantes de segurança hídrica no Nordeste. O repasse beneficiará a Adutora do Agreste, em Pernambuco, com R$ 90,6 milhões, a Vertente Litorânea Paraibana, com R$ 61,57 milhões, e o Canal do Sertão Alagoano, com R$ 13,54 milhões. As obras estão sendo executadas em parceria com os governos estaduais e são estratégicas para garantir o abastecimento para o consumo humano na região.

“A água é um direito da população. E intervenções como estas que estão recebendo este repasse federal são fundamentais para que possamos oferecer este bem tão precioso, tanto para o consumo humano como para as atividades produtivas, a milhões de famílias. Só assim, garantindo recursos para dar sequência às obras, que é uma orientação do presidente Jair Bolsonaro, é que vamos conseguir reduzir essa dívida histórica com o povo nordestino”, destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

A Adutora do Agreste, quando concluída, terá mais de 1,4 mil quilômetros de extensão. A sua captação é realizada no Reservatório Ipojuca, em Arcoverde (PE), localizado ao final do Ramal do Agreste, que por sua vez é alimentado pelo Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Ao final das obras, 68 municípios e mais de 2,2 milhões de habitantes serão beneficiados com as ações. Atualmente, a obra garante cerca de 300 empregos diretos e já recebeu mais de R$ 1,12 bilhão em investimentos do Governo Federal. Está em execução sua primeira etapa, que compreende 690 quilômetros, estando com 68,08% das obras concluídas.

Já a Vertente Litorânea Paraibana – que recebe as águas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco – tem 129 quilômetros de extensão e vai beneficiar mais de 631 mil habitantes em 37 municípios. Até o momento, 79,67% das obras já foram concluídas. Os investimentos do Governo Federal foram de R$ 893,76 milhões.

Por sua vez, o Canal do Sertão Alagoano já concluiu três dos quatro trechos pactuados. O trecho IV, em execução, está com 98,39% das obras executadas, com previsão de conclusão no primeiro trimestre de 2021. Com 123,4 quilômetros de extensão, vai beneficiar cerca de 341 mil pessoas com as águas do “Velho Chico”. Mais de R$ 817,6 milhões foram repassados pelo governo federal para o empreendimento.

Crédito:
MDR Governo Federal

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1147 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.