Biodiesel: Parceria entre BSBIOS e o Grupo Madero transforma óleo de cozinha usado em energia limpa

softelec

Imagem: Divulgação Grupo Madero e BSBIOS | Em modelo de economia circular, a matéria-prima residual de 270 restaurantes será destinada para produção de biodiesel

Publicidade
Publicidade
Equipamentos - STADLER GmbH

Março de 2023 – A BSBIOS e o Grupo Madero firmaram nesta quarta-feira (15/02), em Curitiba (PR), um contrato de compra e venda de Óleo de Cozinha Usado (UCO, na sigla em inglês) das cozinhas dos restaurantes do Grupo Madero. A matéria-prima residual será destinada para a produção de biodiesel configurando um modelo de Economia Circular – quando o desenvolvimento sustentável se dá por meio de modelos de negócios que priorizam insumos recicláveis e renováveis.

O recolhimento envolve 270 restaurantes do Grupo Madero, incluindo Madero Container, Madero Steak House e Jeronimo Burger, em todo o país. O contrato prevê o recolhimento de 55 mil litros de UCO por mês. Os resíduos são cuidadosamente reservados, cumprindo os requisitos da regulamentação vigente, e são recolhidos pelos mesmos veículos que abastecem os restaurantes com suprimentos, formando, assim, o processo de Logística Reversa. O óleo utilizado retorna à Cozinha Central do Madero, em Ponta Grossa (PR), de onde segue para a unidade da BSBIOS em Marialva (PR).

“O resíduo do óleo de cozinha industrial é um item potencialmente poluidor quando descartado de maneira inadequada, sendo necessárias alternativas que possibilitem a sua reciclagem”, disse Júnior Durski, CEO do Grupo Madero. “Por isso, a parceria com a BSBIOS neste processo de logística reversa é importante para promovermos equilíbrio não só ambiental, mas, também, econômico, uma política do Grupo Madero que está totalmente em sintonia com as boas práticas de ESG”.

Desenvolvimento sustentável

“Esta é mais uma medida que reforça o propósito da BSBIOS de participar do desenvolvimento sustentável do planeta por meio do agronegócio e das energias renováveis, além de ter a sustentabilidade como um dos seus valores, entendendo a urgência e a importância da preservação do planeta”, analisa Erasmo Carlos Battistella, presidente da BSBIOS.

No ano passado, a BSBIOS anunciou seu Manifesto de Sustentabilidade no qual dá especial ênfase à cadeia de valor e à natureza, valorizando o fornecimento responsável e a conservação da biodiversidade, potencializando a circularidade e a produção mais limpa.

Crédito: Divulgação Grupo Madero e BSBIOS
Crédito: Divulgação Grupo Madero e BSBIOS
Crédito: Divulgação Grupo Madero e BSBIOS
Crédito: Divulgação Grupo Madero e BSBIOS

Eficiência em descarbonização

“O uso do UCO é uma alternativa duplamente sustentável, pois diminui o descarte inadequado do resíduo e colabora para a produção de um combustível comprovadamente renovável”, explica Battistella.

Como o UCO é considerado uma matéria-prima residual na produção do biodiesel, não são atribuídas emissões de gases de efeito estufa (GEE) referente a sua geração, tornando-o mais eficiente no processo de descarbonização.

No Brasil, o UCO é 2,25% da matéria-prima usada para produção de biodiesel (segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP), mas, no Sudeste, essa participação é de cerca de 20%. A BSBIOS pretende ampliar sua utilização, que representou 4% da matéria-prima utilizada em 2022 para produção de biodiesel.

O Santander Brasil concedeu no final do ano passado um financiamento de R$ 40 milhões vinculado a compromissos ESG à BSBIOS. Entre as contrapartidas acordadas para a transação estão a ampliação do projeto social de coleta de UCO, em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. Na unidade da BSBIOS na Suíça, por exigência da legislação local, a planta utiliza exclusivamente o UCO de canola e, em menor proporção, de girassol como matéria-prima para produção de biodiesel.

Sobre o Grupo Madero

O Grupo Madero foi fundado em 2005 e atualmente possui uma das maiores redes de restaurantes do país, com um portfólio de cerca de 270 restaurantes multimarcas, construídos sobre uma plataforma de produção, distribuição e logística verticalmente integrada. Mantém rigorosos processos de produção, priorizando alimentos orgânicos e sem conservantes, elevando o padrão de qualidade do que é servido a aproximadamente 3 milhões de clientes por mês.

Site oficial: https://www.grupomadero.com.br/

Sobre a BSBIOS

A BSBIOS é uma empresa brasileira fundada em 2005 e líder brasileira na produção de biodiesel. Além de duas unidades produtivas no Brasil, uma em Passo Fundo (RS) e outra em Marialva (PR), o grupo também conta com uma unidade de produção na Suíça e conduz o projeto de construção da biorrefinaria Omega Green no Paraguai, que irá produzir biocombustíveis avançados (HVO – diesel verde, SAF – bioquerosene de aviação e nafta verde). No país da América do Sul, a empresa acaba de anunciar a aquisição do Complexo Industrial La Paloma, empresa localizada em La Paloma del Espíritu Santo, no Departamento de Canindeyú. A unidade será identificada como BSBIOS La Paloma.

A empresa também anunciou em 2022 o investimento na primeira usina de etanol de grande escala do Rio Grande do Sul. Localizada em Passo Fundo (RS), a nova unidade produzirá, quando totalmente instalada, 220 milhões de litros de etanol (anidro ou hidratado) e 155 milhões de toneladas por ano de farelo para a cadeia de proteína animal.

Site oficial: https://www.bsbios.com/

Imprensa

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5025 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!