Brasil participa de projeto para qualificar o mercado de energia solar da Palestina

softelec
Parceria para formação de mão de obra especializada em energia solar é referência para um projeto de cooperação técnica internacional.

Imagem: Divulgação | A iniciativa, coordenada pela empresa alemã GIZ, conta com a expertise da Fronius do Brasil e dos Institutos Federais de São Paulo na especialização de profissionais em energia solar

Publicidade
Publicidade
Equipamentos - STADLER GmbH

Junho de 2023 – Um modelo brasileiro de parceria público-privada para formação de mão de obra especializada em energia solar é referência para um projeto de cooperação técnica internacional, que tem como objetivo qualificar profissionais técnicos para o mercado de energia fotovoltaica e realizar pesquisas aplicadas na Palestina.

O programa, coordenado pela empresa alemã, Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), especializada em cooperação técnica e desenvolvimento sustentável em escala mundial, conta com a participação da Fronius do Brasil, subsidiária da fabricante austríaca de inversores fotovoltaicos, e Institutos Federais de São Paulo de ensino técnico.

A escolha da Fronius para participar da cooperação técnica se deve ao relacionamento e alguns trabalhos realizados anteriormente em conjunto com a GIZ junto às instituições de ensino brasileiras, que passaram a contar com a tecnologia e conhecimento da empresa para formação de novos profissionais especializados em sistemas fotovoltaicos.

Atualmente, a Fronius do Brasil contribui com a formação de milhares de técnicos e engenheiros, fornecendo inversores para o laboratório e compartilhando conhecimentos sobre a tecnologia fotovoltaica em algumas das mais conceituadas instituições de ensino, como a  Universidade Federal do ABC e Faculdade de Engenharia Industrial (FEI), e escolas técnicas do Senai e Institutos Federais de São Paulo.

“A Fronius também possui atividades na Palestina. Mas a subsidiária brasileira pode compartilhar com os representantes das escolas palestinas a sua experiência e as formas de parcerias que eles também podem executar lá, e colaborar com as pesquisas aplicadas em conjunto que também de serão de grande valia para os alunos conhecerem outra realidade em termos de aprendizado e do setor de energia solar”, afirma Roberta Knopki, coordenadora da área de Energia e Profissionais do Futuro para Economia Verde da GIZ.

Segundo a coordenadora de Energia e Profissionais do Futuro, da GIZ, a Palestina conta com cursos de nível técnico e superior que atende a demanda atual. O plano é criar de cursos de qualificação, para formação mais rápida de instaladores de sistemas fotovoltaicos e contribua no desenvolvimento do mercado interno de energia solar, aumentando a oferta de soluções.

“Apesar da disponibilidade de energia solar em abundância, o mercado fotovoltaico na Palestina não é tão desenvolvido. O país importa 95% de sua energia de Israel, que também distribui boa parte da eletricidade”, explica.

Ariel Martins, coordenador técnico comercial da Unidade Solar Energy, da Fronius do Brasil, ressalta a importância do apoio de uma empresa do setor às instituições de ensino técnico, para a formação e desenvolvimento de um número maior projetistas, instaladores, integradores e, especialmente, de empreendedores que entrarão no mercado de energia solar em um futuro próximo.

“O papel da Fronius é levar mu ito conhecimento adquirido ao longo de mais de 30 anos de história no desenvolvimento de tecnologias em equipamentos de energia solar. Buscamos um mundo sustentável, onde seja possível tornar o conceito das 24 horas de sol uma realidade”, conclui.

Sobre a Fronius do Brasil

Há mais de 20 anos atuando no mercado brasileiro, a Fronius do Brasil é composta de três unidades de negócios: Energia Solar; Tecnologia de Soldagem e Carregadores de Baterias para todos os tipos de veículos e para centros de distribuição. A Fronius foi fundada na Áustria em 1945 e hoje é reconhecida como líder em inovação e tecnologia ao redor do mundo. No Brasil, está localizada em São Bernardo do Campo (SP), onde conta com uma equipe de mais de 100 profissionais, além de mais de 30 representantes comerciais e distribuidores em todo território nacional. Em 2021, a filial brasileira recebeu, pelo segundo ano consecutivo, o selo da consultoria internacional Great Place to Work (GPTW) e a certificação; o de excelente empresa para trabalhar no ranking Melhores Empresas para Trabalhar GPTW. Site oficial: https://www.fronius.com/en

Solar Energy

Operando há 10 anos no Brasil, a terceira e mais jovem das três unidades de negócios da Fronius se dedica a soluções inovadoras para o mercado fotovoltaico, com produtos e serviços voltados para geração, armazenamento, distribuição e consumo de energia solar, que, combinados em um sistema holístico, abrem novas oportunidades para abraçar a transição energética. Por meio da força do sol, a Solar Energy Fronius trabalha para um futuro sustentável e livre de emissões, tornando o ambiente ainda mais habitável para as gerações futuras. Somos 24 horas de sol.

Site oficial: https://solarenergy.com.br

Imprensa

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5025 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!