Nova “Smart Store” abre o caminho para os supermercados de eficiência energética do século 21

softelec
As soluções da Danfoss são usadas em áreas como refrigeração, ar condicionado, aquecimento, controle de motores e máquinas móbil.
As soluções da Danfoss são usadas em áreas como refrigeração, ar condicionado, aquecimento, controle de motores e máquinas móbil.

Imagem: Divulgação | A nova “Smart Store” funcionará como o centro de testes da Danfoss para tecnologia de eficiência energética. A expectativa é que a “Smart Store” seja aproximadamente 50% mais eficiente em termos de energia em comparação com um supermercado típico com um sistema de refrigeração de CO2 de primeira geração

Publicidade
Publicidade
CITER 2024 Piauí

O novo supermercado “Smart Store”, em Nordborg, Dinamarca:

  • Funciona com fontes de energia sustentáveis;
  • Reutiliza o excesso de calor gerado pelas caixas de resfriamento, reduzindo os custos de aquecimento do supermercado em até 90%;
  • Não apenas funciona como um supermercado padrão, mas também como um centro de desenvolvimento para testar novas tecnologias.

À medida que a população mundial continua em seu curso para chegar à marca de 10 bilhões de pessoas até 2050[1], os investimentos em varejo e armazenamento sustentável de alimentos se tornam urgentemente necessários para garantir que seja possível alimentar um número cada vez maior de pessoas no planeta. A pressão é crescente, tanto sobre a demanda e custos de energia quanto sobre a necessidade de reduzir a perda de alimentos. Se fosse um país, o desperdício de alimentos seria o terceiro maior emissor, atrás dos EUA e da China, contribuindo com até 10% dos gases do efeito estufa do planeta[2].

Para abordar esses problemas diretamente, a Danfoss anunciou hoje a abertura de um novo supermercado, que deve ser aproximadamente 50% mais eficiente em termos de energia em comparação com os supermercados padrão com sistema de refrigeração a CO2 de primeira geração e sem soluções de eficiência energética. Espera-se também que ele seja de 20 a 30% mais eficiente do que uma loja local equivalente já equipada com soluções diversas de eficiência energética[3].

Ecológica, super eficiente e repleta de soluções de automação, a nova “Smart Store” está inspirando os varejistas do setor de alimentos em um mundo em que são cada vez maiores os custos de energia, as emissões e a perda de alimentos.

Comentando sobre o lançamento, Jürgen Fischer, presidente da Danfoss Climate Solutions, afirmou: “Desenvolvemos este novo supermercado Smart Store com parceiros e clientes para demonstrar que é possível construir uma instalação ecológica e supereficiente, utilizando tecnologia de aquecimento e refrigeração de nível internacional. Nossa nova “Smart Store” prova que o futuro é agora. Este supermercado foi construído especificamente para o mundo à nossa frente – um mundo com mais urbanização, populações maiores, maiores demandas de energia e uma necessidade cada vez maior de resfriamento e armazenamento eficiente de alimentos.”

Embora os supermercados e os varejistas de alimentos sejam parte integrante das comunidades em todo o mundo, eles também são grandes consumidores de energia. A margem de lucro média de um grande varejista de alimentos é de apenas 1,7%, o que torna questionáveis os custos operacionais. A energia é uma área em que podem ser alcançadas economias significativas através de investimentos relativamente baixos e bom retorno em curto tempo.

De fato, a Agência de Proteção Ambiental dos EUA (US EPA) estima que cada dólar (EUR 0,90) de energia economizado equivale a um aumento de US$ 59 (EUR 54) no faturamento[4].

A gama de novas soluções da “Smart Store” demonstra as economias significativas que podem ser alcançadas nos supermercados, com um tempo de retorno sobre o investimento de menos de 3 a 4 anos. Ao utilizar uma tecnologia de aquecimento e refrigeração de nível internacional, o novo supermercado desperdiçará menos energia e menos alimentos.

A Smart Store demonstra que não só é possível projetar e construir um supermercado energeticamente eficiente com soluções já disponíveis atualmente, mas também que isso faz sentido para os negócios.

A energia solar é a principal fonte de energia do supermercado com painéis solares de 100 kW no telhado do edifício, fornecendo energia verde para as operações. A captura e reutilização de calor também são essenciais para a eficiência energética do supermercado, com uma redução esperada de até 90% em seus custos de aquecimento. O excesso de calor é a maior fonte inexplorada de energia do mundo.

A “Smart Store” está equipada com unidades de recuperação de calor de última geração, elaboradas para recuperar o calor residual de todos os sistemas de refrigeração.

O calor recuperado é reutilizado para aquecer a loja e produzir água quente sanitária, sendo o calor adicional compartilhado com os residentes da cidade envolvente através de uma rede local de energia. Outras iniciativas, como a instalação de portas nos gabinetes dos refrigeradores e freezers, devem resultar em uma economia de cerca de um terço no uso de energia[5], enquanto a adoção de iluminação LED consome até 85% da eletricidade consumida pelas lâmpadas incandescentes[6]. A automação e o monitoramento da “Smart Store” acrescentam uma camada adicional de economia de energia.

Jürgen Fischer acrescentou: “A Danfoss reinventou a forma na qual os varejistas de alimentos podem operar no século XXI. Pela primeira vez, toda a tecnologia de ponta da Danfoss e as soluções energeticamente eficientes do varejo de alimentos estão sendo reunidas em um único local. Porém, o novo supermercado Smart Store é apenas o começo. Isso porque ele também servirá como um Centro de Desenvolvimento de Aplicações, agindo como um local de testes “ao vivo” para novas tecnologias que esperamos que inspirem os varejistas de alimentos em todo o mundo a se mobilizarem em direção aos supermercados com zero emissões – que também façam sentido do ponto de vista econômico.”

Referências:

[1] IEA (2021) Net Zero by 2050.
[2] WWF-UK (2021) Driven to Waste: The Global Impact of Food Loss and Waste on Farms.
[3] Cálculos dos especialistas em aplicações da Danfoss com base em duas lojas de referência: COOP Otterup (Dinamarca) e COOP Ulkebøl (Dinamarca).
[4] US Environment Protection Agency – ENERGY STAR. Supermarkets: An overview of energy use and energy efficiency opportunities, p. 1.
[5] Environmental Investigation Agency UK (2017). Chilling Facts VII: Are Europe’s supermarkets ready to quit HFCs?, p. 20.
[6] Beeco (2022). Are LED Light Bulbs Energy-Efficient? Publicado online no site Beeco.green.

Sobre a Danfoss

A Danfoss desenvolve tecnologias avançadas que nos permitem construir um amanhã melhor, mais inteligente e mais eficiente. Nas cidades em crescimento, asseguramos o fornecimento de alimentos frescos e o melhor conforto em nossas casas e escritórios, atendendo à necessidade de infraestrutura eficiente em energia, sistemas conectados e energia renovável integrada. Nossas soluções são usadas em áreas como refrigeração, ar condicionado, aquecimento, controle de motores e máquinas móbil. Nossa engenharia inovadora remonta a 1933 e hoje a Danfoss ocupa posições líderes no mercado, empregando mais de 28 mil e atendendo clientes em mais de 100 países. Somos uma empresa privada controlada pela família fundadora.

Site oficial:  https://www.danfoss.com/pt-br

Imprensa

Temas relacionados

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5121 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!