Tetra Pak se junta à ONG Espaço Urbano e à RN Produções para levar projeto de educação ambiental a salas de aula

softelec
“Fim Que Vira Começo Que Vira...”
“Fim Que Vira Começo Que Vira...”

Imagem: Divulgação | Iniciativa consiste em espetáculo teatral que aborda boas práticas para reciclagem e economia circular e contará com 240 apresentações até o final de agosto; Projeto está sendo patrocinado pela Tetra Pak a Lei Rouanet de Incentivo à Cultura e desde maio vem sendo assistido por alunos de 6 a 12 anos de escolas de Guarulhos

Publicidade
Publicidade
CITER 2024 Piauí

Julho de 2023 – Ciente de seu papel de ajudar a transformar o cenário da reciclagem e da economia circular e da importância de levar educação ambiental para diferentes públicos, a Tetra Pak se juntou à ONG Espaço Urbano e à RN Produções para levarem para dentro das salas de aula o espetáculo teatral “Fim Que Vira Começo Que Vira…”, uma das ações artístico-culturais que compõem o projeto Recicla Cultural, realizado pela Espaço Urbano e RN Produções. Ambas possuem ampla atuação em iniciativas ligadas a cultura e educação socioambiental e foram escolhidas pela Tetra Pak para a ação. Trata-se de um projeto aprovado pelo Ministério da Cultura, via Lei Rouanet de Incentivo à cultura, e patrocinado pela Tetra Pak.

O espetáculo em formato de esquete teatral foi construído por artistas, pedagogos e profissionais especializados para ser acessível a crianças do Fundamental II – de 6 a 12 anos de idade. Desde maio, diversas escolas vêm recebendo o projeto, previsto para acontecer até o final de agosto.

Com 20 minutos de duração, o espetáculo visa, de maneira lúdica, levar aprendizado e muita informação aos alunos. Serão oferecidas, nessa primeira etapa do projeto, 240 apresentações, de forma totalmente gratuita.  

O conteúdo traz uma narrativa que visa envolver as crianças e torná-las potenciais agentes propagadores de boas práticas de reciclagem e economia circular, importantes também dentro dos núcleos familiares e das comunidades em que estão inseridas.

“O desafio da reciclagem em todo o país é ainda enorme. Temos uma visão muito clara de nosso papel de contribuir com a preservação ambiental, a circularidade dos materiais e o desenvolvimento social para seguirmos protegendo os alimentos, as pessoas e o planeta. E para tudo isso, um dos nossos esforços está nas iniciativas de educação ambiental, com o apoio a projetos que tenham o propósito de deixar este importante legado às próximas gerações”, afirma Valéria Michel, diretora de Sustentabilidade da Tetra Pak Brasil e Cone Sul.

O projeto conta, ainda, com ações de acessibilidade. Conforme a necessidade da unidade escolar atendida pelo projeto, podem ser oferecidas sessões com áudio descrição, para atender deficientes visuais, e intérpretes de libras, para atender o deficiente auditivo. Além disso, a iniciativa conta com emprego assistido, com PCDIs (Pessoas com Deficiência Intelectual) na equipe para levar o espetáculo às escolas.

Sobre o espetáculo “Fim Que Vira Começo Que Vira…”

O espetáculo em formato de esquete teatral transforma a sala em um palco de teatro. Os adereços trazidos pelos atores viram o cenário e os instrumentos musicais tocados e as canções cantadas pelo elenco dão a dimensão cênica e poética que abrem os caminhos para os pequenos embarcarem numa viagem lúdica, artística e recheada de aprendizados acerca dos processos de reciclagem. Materiais reciclados, produzidos a partir da transformação de embalagens longa vida, fazem parte da composição do cenário.

Na dramaturgia, Seu Nilo, um senhor de seus prováveis 60 anos, e o seu neto mais novo, Pedrinho, se encontram uma vez por semana na pracinha do bairro. Para quê? Separar e higienizar os resíduos recicláveis dos orgânicos e compartilharem descobertas e práticas que os conduzirão a um estado de sustentabilidade em relação aos resíduos produzido por toda a comunidade.  

Ao longo da narrativa, as crianças do público prestigiam um encontro de troca e parceria entre um senhor (o avô), portador de histórias e saberes, e uma criança (o neto), cheia de curiosidade e vontade de aprender.

A relação de afeto entre eles se mostra plena no amor pelo planeta e pela vida. O compromisso dos dois com a reciclagem e com a responsabilidade compartilhada é tão intenso quanto o amor que nutrem um pelo outro.

Entre uma canção e outra, notas de acordeom e acordes de violão, os personagens informam de maneira bastante esclarecedora as ações necessárias para uma vida sustentável e avanços nos processos de reciclagem e da economia circular.

Um encontro entre gerações sobre trocas e aprendizagens, economia circular, reciclagem e os processos de ressignificação de todas as coisas. Seu Nilo e Pedrinho, juntos, mostram para as crianças que tudo pode virar uma outra coisa. Nova. Todo o fim é sempre um novo começo. ‘Fim Que Vira Começo Que Vira…’.

Sobre a Tetra Pak 

A Tetra Pak é líder mundial em soluções para processamento e envase de alimentos. Atuando próximo aos clientes e fornecedores, oferece produtos seguros, inovadores e ambientalmente corretos, que a cada dia satisfazem as necessidades de centenas de milhões de pessoas em mais de 160 países ao redor do mundo. Com mais de 25.000 funcionários, a Tetra Pak acredita na liderança da indústria responsável e em uma abordagem sustentável dos negócios. O slogan “PROTEGE O QUE É BOM™” reflete a visão de disponibilizar alimentos de forma segura onde quer que seja. Site oficial: https://www.tetrapak.com/pt-br

Sobre a RN Produções

A RN Produções Artísticas é uma produtora cultural situada na cidade de São Paulo, chegou ao mercado com o objetivo de fomentar a arte e a cultura por meio de ferramentas de gestão aplicadas a projetos culturais. Em 7 (sete) anos de história, possui em seu currículo o apoio à elaboração e à gestão de projetos culturais de diferentes formatos. A empresa conta com a experiência de seu fundador, o produtor e gestor cultural João Noronha, especialista em Gestão Cultural pela ECA – USP com trabalho de final de curso tratando da participação popular nas políticas públicas de fomento às artes.

Os trabalhos produzidos pela RN buscam associar a construção artística, e toda a sua poética, com ações educacionais, ambientais e inclusivas, como: “O FABULOSO MUNDO DAS DESCOBERTAS”, de 2015 a 2017; “ESSE MOSQUITO VAI DANÇAR”, de 2016 a 2022; MUSEU CATAVENTO, até os dias de hoje; entre outros. Site oficial: https://rnproducoes.com.br

Sobre a Espaço Urbano

A Espaço Urbano é uma organização que, diante dos desafios da educação socioambiental, cria projetos que promovem a mobilização social, a reflexão, o debate, a transformação de valores e ideias para a adequação da sociedade civil, de empresas e seus colaboradores, frente às problemáticas do meio-ambiente urbano. Sempre buscando atingir as suas metas com criatividade, habilidade e mobilidade na resolução dessas problemáticas.

Os projetos criados pela Espaço Urbano buscam criar soluções criativas e sustentáveis para situações atuais do meio ambiente urbano, principalmente na Região Metropolitana de São Paulo. Entre as suas principais ações estão: “Recicla Cidade”, atuando de 2018“Projeto Coleta Seletiva nas Escolas”, de 2012 a 1014, “Projeto Recicla Terapia”, de 2014 a 2020, entre outros. Site oficial: https://www.espacourbano.org.br

Imprensa

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5105 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!