Recicle by Veolia lança campanha “Caminho do Lixo” para conscientizar a população sobre o percurso dos resíduos

A Recicle Catarinense de Resíduos foi adquirida oficialmente pela Veolia, multinacional francesa que atua na área de serviços ambientais em água, resíduos e energia em 11 países da América Latina.
A Recicle Catarinense de Resíduos foi adquirida oficialmente pela Veolia, multinacional francesa que atua na área de serviços ambientais em água, resíduos e energia em 11 países da América Latina.

Imagem: Divulgação

Janeiro de 2023 – Cada brasileiro gera, em média, 1 kg de lixo por dia, o que fez com que, somente no ano passado, fossem descartadas 81,8 milhões de toneladas de resíduos, de acordo com a Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais).

Seja lixo orgânico ou material reciclável, esses itens percorrem um longo caminho do cesto de nossas casas até o destinofinal. A Recicle by Veolia, ao promover a campanha “Caminho do Lixo”, convida os cidadãos a conhecerem essa jornada. Abaixo você vai acompanhar o percurso dos resíduos até chegar ao CGR (Centro de Gerenciamento de Resíduos), os populares aterros sanitários.

O Caminho do Lixo começa na casa dos consumidores, que separam e destinam para a coleta todos os resíduos descartados em sua residência, seja ele orgânico, reciclável, volumoso ou eletrônico. Os coletores da empresa, por sua vez, passam junto ao caminhão da coleta para recolher os sacos de lixo, que são transportados até o aterro sanitário, para lá receberem o tratamento mais adequado para cada tipo de material.

Estima-se que um coletor percorra, diariamente, uma média de 20 km durante a sua jornada de trabalho, faça chuva ou faça sol. Por isso, a importância de a população reconhecer o esforço desse profissional para manter a cidade limpa.

Após o descarregamento do caminhão no aterro sanitário inicia a decomposição dos rejeitos, aqueles materiais que não podem ser reaproveitados ou reciclados, processo que pode durar vários anos, em que a empresa passa a ser a responsável por cuidar e monitorar a evolução do lixo disposto.

No litoral Norte de Santa Catarina, em cidades como Araquari, Balneário Piçarras, Barra Velha, Penha e Navegantes, o material coletado é levado para o CGR Brusque, uma obra de engenharia destinada ao tratamento de resíduos de forma ambientalmente correta.

Lá, toda uma área é impermeabilizada, preparada e monitorada para receber os descartes com segurança para a população e cuidando do solo, ar e água do entorno.

Além de receber o lixo comum, no CGR Brusque também é feita a separação de materiais recicláveis, trabalho que é realizado por uma empresa parceira, que separa mensalmente cerca de 250 toneladas de materiais recicláveis. Algumas cidades como Brusque, Barra Velha, Penha e Navegantes, a coleta seletiva também é de responsabilidade da Recicle by Veolia. Além do tratamento do orgânico e do reciclável, o CGR Brusque possui um sistema especial que trata os resíduos de saúde, aqueles descartados em clínicas, hospitais, estúdios de tatuagem e de estética, que passam por um processo de esterilização, antes de serem encaminhados ao destino final.

Tratamento e tecnologia para o meio ambiente

Os resíduos comuns, que não precisam de tratamentos específicos e que são recolhidos em toda a região são enviados para o CGR Brusque, onde vão para o destino final ambientalmente adequado. Lá, um trator espalha e compacta o lixo, a fim de ocupar o menor espaço possível. Na sequência, o material é coberto com solo, para evitar o mau cheiro e a infiltração da água da chuva.

Importante destacar, que durante o processo de decomposição da matéria orgânica é produzido um líquido escuro, chamado de chorume, que é captado por um sistema de canalização e encaminhado para uma ETE (Estação de Tratamento de Efluentes). Lá, nas lagoas de estabilização, por meio de processos físico-químicos e biológicos, a matéria orgânica é retida e a água é tratada, esta última, retornando com qualidade para o meio ambiente.

“Se o chorume não tiver um tratamento adequado, ele pode contaminar o solo e os lençóis freáticos. Um dos pontos mais importantes para entender o caminho do lixo é conhecer melhor o funcionamento do CGR e como ele é importante para o descarte correto e a valorização dos resíduos. O caminho que o lixo percorre é muitas vezes desconhecido pela população. Quanto mais consciência do processo, melhor, pois a responsabilidade de cuidar do que descartamos é compartilhada”, explica o diretor regional em Gestão de Resíduos e Limpeza Urbana da Veolia na Região Sul, Hanokh Yamagishi.

Redução de emissões: tratamento do biogás

Atualmente, o CGR Brusque atende 1 milhão de pessoas e recebe resíduos provenientes de 15 municípios, o que representa cerca de 21.000 toneladas de resíduos por mês. A decomposição da matéria orgânica disposta no aterro sanitário gera o biogás, que no CGR Brusque é captado, canalizado e queimado desde o mês de junho de 2022. Com o sistema é reduzida a emissão de 158 mil toneladas de gás carbônico (CO2e) por ano.

Ainda em fase inicial, de queima do metano em flare, o projeto segue para a segunda etapa, a de valorização do biogás via aproveitamento energético. Estudos estão sendo realizados para definir se o biogás será destinado para a produção de biometano ou para a geração de energia elétrica. Além disso, o CGR gerará créditos de carbono por meio da transformação do metano existente no biogás em CO2.

Responsabilidade compartilhada

Em 2020, o Governo Federal regulou a Lei Federal Nº 14.026, conhecida como o “Marco do Saneamento Básico”, que obriga dos municípios brasileiros a cobrança de taxa ou tarifa de lixo. Os municípios que já adotaram a prática, estão na frente. Aqueles que ainda não implantaram a cobrança estão em atraso e terão que fazer, devido ao risco de incidirem em renúncia de receita. Além da parte legal, o valor contribuído é uma forma de contrapartida do usuário, pelo recebimento do serviço na porta da sua casa e adoção da empresa pelos devidos cuidados com o seu lixo.

Nas cidades atendidas pela Recicle by Veolia em Santa Catarina, o modelo adotado é de tarifa do lixo, com cobrança direta dos usuários.

“Esse modelo de cobrança alivia a máquina pública, afasta o risco de inadimplência das Prefeituras e reduz os riscos de problemas por falta de compliance, pois há mais transparência no processo e a empresa prestadora do serviço assume toda a responsabilidade financeira em relação à cobrança”, explica o diretor Hanokh Yamagishi.

Nas cidades em que a Recicle by Veolia presta o serviço, a tarifa do lixo é cobrada por meio de um carnê, entregue no início do ano, diretamente na residência do munícipe. O valor subsidia todos os custos da empresa na execução dos serviços de coleta seletiva e dos resíduos sólidos urbanos, como mão de obra para a coleta, veículos e combustível para o transporte e os processos envolvidos para o tratamento de todo material depositado no CGR Brusque, bem como do seu monitoramento ambiental.

Além disso, a empresa investe constantemente em ações sócio educacionais, que visam contribuir com a sustentabilidade e a transformação ecológica das cidades.

Sobre a Recicle by Veolia

A Recicle by Veolia é uma empresa do Grupo Veolia, líder mundial em soluções de gestão de resíduos, água e energia para cidades e indústrias. Considerada uma das principais empresas de limpeza urbana de Santa Catarina, a Recicle by Veolia está presente nas cidades de Araquari, Balneário, Barra Velha, Brusque, Navegantes e Penha, atuando em um total de 15 municípios. Também é responsável pela administração do CGR (Centro de Gerenciamento de Resíduos) Brusque, onde oferece soluções ambientalmente adequadas para a destinação dos resíduos produzidos na região, seguindo os mais altos padrões de qualidade internacional.

Site oficial com mais informações: Recicle.

Imprensa

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 3420 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal exclusivo sobre ESG e Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos e Reciclagem, Saneamento, Energias Renováveis (Solar Eólica, Biogás e muito mais). Tudo sobre meio ambiente e tecnologias ambientais, cursos e eventos!