Curso de Especialização MBA em Restauração Ecológica e Licenciamento Ambiental (EaD) da UFSCar recebe inscrições

softelec
Curso de Especialização MBA em Restauração Ecológica e Licenciamento Ambiental (EaD)
Curso de Especialização MBA em Restauração Ecológica e Licenciamento Ambiental (EaD)

Imagem: Divulgação | Formação de recursos humanos na área tem se apresentado como uma demanda crescente

PRÊMIO INTERNACIONAL 2023

PRÊMIO INTERNACIONAL 2023

Ambiental Mercantil recebe prêmio de sustentabilidade ambiental 2023 pela renomada Build Magazine da Inglaterra

Janeiro de 2024 – A formação de recursos humanos na área de restauração e adequação ambiental tem se apresentado como uma demanda crescente não apenas do setor, mas também da sociedade brasileira, cada vez mais consciente da situação ambiental, marcada, hoje em dia, por fenômenos climáticos extremos, causando altas temperaturas, enchentes e secas.

Para Fátima Conceição Marquez Piña-Rodrigues, professora do Departamento de Ciências Ambientais da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), a formação de novos profissionais nessa área é essencial.

“Na UFSCar, temos capacitado profissionais já graduados para atuar no planejamento, implantação e monitoramento de projetos e atividades de restauração de áreas degradadas, além de questões de adequação de propriedades rurais, baseadas nos princípios leais, técnicos e ambientais”, ressalta. “A universidade age transformando o conhecimento científico, que é gerado pela comunidade acadêmica, em tecnologia aplicada. A formação continuada e integrativa é a porta para resolução desses problemas que devem ser solucionados em curto prazo”, complementa a docente.

Para poder atuar na área de restauração e adequação ambiental, é preciso estar capacitado não apenas em relação à legislação desse campo, mas também a um conjunto de práticas e medidas que permitam o cumprimento de condições ecológicas e sociais.

“Apenas com ecossistemas saudáveis é possível melhorar a subsistência das pessoas, combater as mudanças climáticas e deter o colapso da biodiversidade. A recomposição da vegetação e a restauração florestal – abrangendo conceitos de ecologia, do cultivo de florestas e do manejo de recursos naturais – são o instrumento mais direto a ser empregado para amenizar tais impactos em médio e longo prazo”, destaca Piña-Rodrigues.

“A legislação ambiental brasileira dispõe sobre a proteção da vegetação nativa e cria a necessidade de adequação das propriedades rurais e sua restauração. São milhões de hectares que precisam ser adequados. Em São Paulo, um dos estados com maior número de propriedades rurais com áreas a serem recuperadas, são milhares de localidades de diferentes tamanhos que precisam ser legalmente mudadas”, esclarece a professora.

Com um plano de ensino pensado no momento atual da restauração ambiental no Brasil, a UFSCar oferece o Curso de Especialização MBA em Restauração Ecológica e Licenciamento Ambiental (EaD). As inscrições estão abertas. A pós-graduação apresenta teorias, conceitos, metodologias e práticas que vêm sendo aplicadas e testadas em vários estados e regiões do País e do mundo na restauração de áreas degradadas. Por meio de aulas, palestras, estudos de casos reais e discussões com renomados técnicos e pesquisadores que atuam no setor, a grade curricular aborda desde legislação, monitoramento, passando por indicadores e controle, além de métodos de restauração, produção de sementes e mudas, ferramentas de geoprocessamento para adequação, até como planejar e elaborar projetos.

“Apesar do curso ser totalmente online, temos as aulas de campo para enxergarmos o nosso cenário atual e elaborarmos novos projetos, o que propicia aos estudantes o contato da teoria com a prática”, reitera a professora Piña-Rodrigues, que também é coordenadora da pós-graduação.

Com um corpo docente com professores qualificados, atuantes no mercado e com experiência na área, o curso é desenvolvido com o apoio pedagógico de monitores, que podem orientar os pós-graduandos quanto aos conteúdos e atividades, além de esclarecer dúvidas.

A especialização tem duração de 360 horas aula, mais 36 horas de atividades em campo como créditos optativos.

De acordo com Jaciely Silva, que atualmente cursa o MBA e trabalha com regularização ambiental de imóveis rurais, fazer a pós-graduação foi uma das escolhas mais assertivas de sua trajetória acadêmica e profissional. “Uma das coisas que mais gostei foram as aulas de campo e as trocas de experiências com os colegas da área”, afirma.

“Mesmo tendo conhecimento na área ambiental, este curso trouxe complementos, abrindo uma visão holística deste campo”, complementa Odair Portes, também pós-graduando do MBA da UFSCar.

Profissionais com formação acadêmica em cursos de nível superior da área de Ciências Agrárias (Agronomia, Engenharia Florestal, Engenharia Agrícola e Zootecnia), Biologia, Engenharia Ambiental, que possam vir a ocupar cargos de gestão, e outras pessoas graduadas, autônomas ou vinculadas aos campos técnicos, gerenciais e estratégicos de empresas de consultoria ambiental, já podem se inscrever pela plataforma Box UFSCar, em https://www.box.ufscar.br.

Na página, há mais informações, como valores de investimento. Saiba mais sobre Curso de Especialização MBA em Restauração Ecológica e Licenciamento Ambiental (EaD) em http://www.posrestauracaoambiental.ufscar.br .

Imprensa

Temas Relacionados

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 4820 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!