ECONOMIA DE BAIXO CARBONO

Vibra e Comerc Energia neutralizam emissões de gases de efeito estufa (GEE) do evento Vibra Open Air

A Comerc Energia, que integra o portfólio de energias renováveis da Vibra, finalizou o inventário de GEE do Vibra Open Air. Esse processo permitiu quantificar as emissões de gases de efeito estufa desse evento que conta com a maior tela de cinema ao ar livre do mundo, de acordo com os rigorosos padrões estabelecidos pelo GHG, conjunto de padrões e diretrizes estabelecidos internacionalmente para medir e gerenciar as emissões dos gases causadores do efeito estufa. […]

ECONOMIA DE BAIXO CARBONO

Cushman & Wakefield registra redução de 51% das emissões de gases de efeito estufa

Uma das líderes globais em serviços imobiliários corporativos, a Cushman & Wakefield apresenta o Relatório de ESG referente às atividades de 2022. Entre os destaques da publicação está o fato de que a empresa registrou uma significativa redução de 51% nas emissões totais de gases de efeito estufa (escopos 1 e 2) por milhão de pés quadrados de espaço de escritório em 2022, em comparação com 2021. […]

Dax Green e Tacet Vere são cleantechs que fornecem soluções acessíveis, seguras e escaláveis para o desenvolvimento sustentável.
ECONOMIA DE BAIXO CARBONO

Impacto ambiental: startups elaboram ferramenta capaz de identificar, contabilizar e mitigar emissões de gases de efeito estufa

DaX Green – startup britânica-brasileira que atua com soluções de negócios blockchain para a pauta ESG – anuncia fusão com a Tacet Vere, startup-filha da Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, que tem como propósito tornar a gestão de impactos ambientais acessível a todas as empresas e organizações. A nova joint venture formada pelas duas empresas surge para gerar soluções e inteligência na gestão do carbono por meio do desenvolvimento de uma ferramenta que subsidia a gestão de emissão de gases do efeito estufa. […]

ECONOMIA DE BAIXO CARBONO

No Dia Mundial do Meio Ambiente, indústria brasileira do cimento é referência na redução de emissões dos gases de efeito estufa

Ações levaram o Brasil a se tornar uma referência entre países com a menor emissão de CO2 por tonelada de cimento produzida no mundo. O setor de cimento também estabeleceu de maneira vanguardista suas metas em relação à redução dos seus níveis de emissão dos gases de efeito estufa e para isso pretende chegar em 2050 utilizando 55% de combustíveis renováveis de diversas fontes, tais como: resíduos urbanos sem reciclabilidade, lodo de esgoto, pneus inservíveis, agrícolas (casca de arroz, caroço do açaí, casca do babaçu) e resíduos industriais. […]

A Musa é o modelo inteligente para um mundo sem desperdícios.
CERTIFICAÇÃO

AFIP ganha certificado de neutralização de emissões de carbono na gestão de resíduos

A AFIP – Associação Fundo de Amparo à Pesquisa acaba de conquistar o selo Carbonext, concedido pela Musa, empresa brasileira de tecnologia focada no desenvolvimento de soluções inovadoras de gestão de resíduos. O selo certificou a neutralização das emissões de carbono no processo de gerenciamento de resíduos da unidade Jafet, localizada na confluência da avenida Ricardo Jafet com a rua Padre Machado, no Bosque da Saúde, na Capital. […]

Lançado em novembro, antes da cúpula do clima de 2023 em Dubai, Emirados Árabes Unidos, o Relatório sobre a Lacuna de Emissões 2023: Recorde Quebrado (PNUMA)
CONFERÊNCIA DAS PARTES | COP

BAIXAR PDF – Disponível pelo PNUMA ‘Relatório da sobre a Lacuna de Emissões 2023: Recorde Quebrado’ aponta urgência nas ações climáticas

Lançado em novembro, antes da cúpula do clima de 2023 em Dubai, Emirados Árabes Unidos, o Relatório sobre a Lacuna de Emissões 2023: Recorde Quebrado – Temperatura atinge novos máximos, mas o mundo falha em reduzir as emissões (novamente), conclui que as transformações globais de baixo carbono são necessárias para reduzir as emissões de gases de efeito estufa previstas para 2030 em 28% para uma trajetória de 2°C e 42% para uma trajetória de 1,5°C. […]

ÁGUAS | EFLUENTES

Uso racional de água e inovação são ações para enfrentamento dos efeitos das mudanças climáticas 

Em virtude do Dia do Consumo Consciente, celebrado em 15 de outubro, a Iguá incentiva a reflexão sobre o papel da água em nosso cotidiano, e como temos agido para mitigar tais efeitos, na busca pela resiliência ambiental. Neste momento, temos ainda a influência do El Niño, fenômeno climático global cíclico, que tem sido intensificado pelas mudanças climáticas advindas do aquecimento global – segundo dados divulgados recentemente pelo IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), órgão das Nações Unidas, a temperatura do planeta já alcançou cerca de 1,1ºC acima do período pré-industrial.  […]

E-MOBILIDADE | ELÉTRICA

Investimentos da Hydro Paragominas em carros elétricos contribuem para a redução das emissões de carbono

A Hydro Paragominas adquiriu 10 carros elétricos para compor sua frota de veículos leves, substituindo modelos convencionais abastecidos com diesel. Essa ação significa uma redução de emissão de 119.658 toneladas de CO2 por ano, representando 1.660 árvores plantadas em cinco anos. O modelo tem autonomia de 198 km com uma carga e circula principalmente dentro da unidade, garantindo suporte sustentável às operações internas. […]

Universidade Presbiteriana Mackenzie é uma instituição de ensino superior privada e confessional no Brasil.
BIOCOMBUSTÍVEIS

OPINIÃO DE ESPECIALISTA: Veículos e combustíveis, sinal verde na evolução, sinal amarelo na emissão de gases de efeito estufa

O mesmo motor que acelera o deslocamento das pessoas, que gera altas velocidades e emoções em carros como os de Fórmula 1, também é responsável por levar o homem à dependência de grandes quantidades de combustíveis fósseis, cuja queima gera poluentes que provocam problemas ambientais graves tais como chuva ácida e mudanças climáticas. Assim, estudos contínuos são realizados para que sejam desenvolvidos mecanismos e ferramentas para aumentar a eficiência energética dos motores e diminuir o impacto ambiental provocado pelo motor durante seu funcionamento. […]