Salvador Bahia Airport celebra redução de 87% na emissão de carbono

softelec
Foto: Salvador Bahia Airport
Foto: Salvador Bahia Airport

Imagem: Divulgação | Aeroporto atinge antecipadamente a meta do grupo de reduzir pela metade as emissões internas de carbono até 2030

Publicidade
Publicidade
CITER 2024 Piauí

Mês de Agosto de 2023 – O Salvador Bahia Airport, integrante da rede VINCI Airports, alcançou uma redução de 87% na emissão de carbono (escopos 1 e 2) em 2022, impulsionando a sustentabilidade no setor aeroportuário nacional. Através de um trabalho focado na eficiência energética e no uso de energias renováveis, o aeroporto celebra o protagonismo no compromisso com o meio ambiente, já reconhecido como o mais sustentável do Brasil pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Com isso, o aeroporto alcançou antecipadamente o objetivo estabelecido pela VINCI Airports de reduzir pela metade as emissões internas de carbono até 2030.

Essa conquista do Salvador Bahia Airport demonstra que a trajetória de descarbonização é viável rapidamente, visando avançar ainda mais em direção à emissão líquida zero e também agindo na cadeia de valor para reduzir as emissões do escopo 3. O aeroporto está comprometido em alcançar o objetivo da VINCI Airports de atingir emissão líquida zero (escopos 1 e 2) até 2050.

Uma das medidas que protagonizou essa redução foi a obtenção do International REC Standard (I-REC), uma certificação internacional emitida pelo Totum Institute, que reconhece que o terminal de passageiros do aeroporto é 100% alimentado com energia renovável.

Atualmente, 30% da energia consumida pelo terminal vem da usina solar, instalada perto das pistas. Os outros 70% necessários para a operação vêm da compra de energia de fontes renováveis, que é então injetada no sistema que abastece o aeroporto. Novas usinas de energia solar serão implantadas este ano na Seção de Combate ao Incêndio (SCI) e nos Terminais Internacionais de Cargas (TECA), para ampliar a geração de energia limpa.

O Salvador Bahia Airport faz parte da VINCI Airports, a primeira operadora aeroportuária a desenvolver uma política ambiental abrangente em toda a sua rede. O trabalho realizado pela VINCI Airports globalmente tem metas ambiciosas para impulsionar a transição ambiental em todos os aeroportos operados pelo grupo.

Veículo elétrico

Em maio, um veículo elétrico foi incorporado à frota, contribuindo para as metas ambientais estabelecidas pela VINCI Airports globalmente. O modelo Kwid, da Renaut, é utilizado para atividades cotidianas da equipe técnica como locomoção até as estruturas de meio ambiente e vistoria do pavimento. A estimativa é de que a redução representada pelo veículo seja cerca de 2 toneladas de CO2 por ano.

Alessandra Reis, Gerente de Meio Ambiente da VINCI Airports no Brasil, comemorou as conquistas do Aeroporto de Salvador. “Estamos muito orgulhosos de sermos pioneiros em diversas áreas. Foram cinco anos de trabalho árduo ao lado dos departamentos e funcionários do nosso aeroporto, além de possuir certificações ACA nível 3 e ISO 14001, ambas inéditas em aeroportos no Brasil. Todas essas ações nos levaram a alcançar a maior pontuação no prêmio aeroportuário mais sustentável do país por três anos consecutivos”.

Outras certificações

Como resultado dos esforços para minimizar o impacto de suas operações, o aeroporto de Salvador foi o primeiro no Brasil a alcançar a Acreditação de Carbono Aeroportuária de terceiro nível, concedida pelo Airports Council International (ACI). Esse reconhecimento vai além dos esforços do aeroporto para reduzir suas próprias emissões de carbono, já que o Conselho leva em conta o envolvimento do plano com parceiros de negócios, comunidades e terceiros.

Outra ação importante para garantir um aeroporto mais sustentável é o programa de eficiência energética, que visa reduzir o consumo de energia elétrica e as emissões de gases de efeito estufa. Para isso, várias medidas foram tomadas, como a substituição de lâmpadas convencionais por LEDs, a instalação de equipamentos mais eficientes, a instalação de sensores de presença e a modernização dos sistemas de ar-condicionado e ventilação.

Pioneiro em ações de preservação ambiental, o aeroporto recebeu a certificação ISO 14001 em 2022, sendo o primeiro do Brasil a ser reconhecido com a norma internacional que confirma o desempenho de seu Sistema de Gestão Ambiental (SGA).

Sobre os escopos 1, 2 e 3

São categorias utilizadas para classificar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) de uma organização. O escopo 1 refere-se às emissões diretas provenientes das fontes de propriedade ou controle da organização, como a queima de combustíveis fósseis. Já o escopo 2 abrange as emissões indiretas relacionadas à eletricidade, calor ou vapor adquiridos e consumidos pela organização.

Por fim, o escopo 3 engloba as emissões indiretas resultantes de atividades fora do controle da organização, como transporte de bens, uso de produtos vendidos e disposição final de resíduos. Essas definições ajudam a compreender melhor o impacto ambiental das organizações e a traçar estratégias para a redução das emissões.

Sobre o Salvador Bahia Airport

Localizado na capital do estado da Bahia, o Salvador Bahia Airport (SBA) é a primeira Concessão da rede VINCI Airports no Brasil, que assumiu sua operação em 2 de janeiro de 2018. Desde então, o Aeroporto de Salvador incorporou padrões operacionais globais, buscando oferecer mais eficiência, segurança e uma melhor experiência de viagem para seus passageiros. Após a conclusão de obras de modernização e ampliação do terminal, em um investimento de R$ 700 milhões e que aumentou sua capacidade em 50%, o SBA está apto a atender até 15 milhões de passageiros por ano.

Considerado agora, o “Aeroporto Mais Sustentável do Brasil” e conquistou, em 2023, o certificado ISO 14001, sendo o primeiro aeroporto do país reconhecido com norma internacional que confirma a excelência do seu Sistema de Gestão Ambiental (SGA).

Site oficial: https://www.salvador-airport.com.br/pt-br

Sobre a VINCI Airports

Maior operador aeroportuário do mundo, administra mais de 65 aeroportos em 12 países da Europa, Ásia e nas Américas. Graças à sua expertise como integradora global, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e administra aeroportos, fornecendo sua capacidade de investimento e seu know-how na otimização do desempenho operacional, modernização da infraestrutura e implantação da transição ambiental. Desde 2016, a VINCI Airports é a primeira operadora global comprometida com uma estratégia ambiental internacional, com objetivo de alcançar zero emissões líquidas de carbono em toda a sua rede até 2050.

Site oficial: https://www.vinci-airports.com/en

Imprensa

Temas relacionados

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5121 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!