Samsung reaproveita redes de pesca descartadas nos novos dispositivos Galaxy

softelec

Imagem: Divulgação

Publicidade
Publicidade
CITER 2024 Piauí

Em uma decisão que combina sustentabilidade e inovação, a Samsung desenvolveu um novo material que devolve a vida aos plásticos ligados ao oceano à medida que eles são incorporados a vários dispositivos Galaxy. Feito de redes de pesca descartadas no oceano e reutilizadas, este material de ponta representa uma conquista incrível em nossa jornada Galaxy for the Planet que visa minimizar nossa pegada ambiental enquanto ajuda a promover estilos de vida mais sustentáveis ​​para a comunidade Galaxy.

Agora e no futuro, a Samsung incorporará plásticos vindos do oceano e reaproveitados em toda a linha de produtos.

Esses dispositivos refletirão nosso esforço contínuo para eliminar plásticos de uso único e expandir o uso de outros materiais ecologicamente corretos, como material reciclado pós-consumo (PCM) e papel reciclado. Com essa transformação, o futuro da tecnologia Galaxy trará design de produto líder e proporcionará melhor impacto ambiental.

A ameaça oculta das redes de pesca descartadas

Quando você pensa em “plástico ligado ao oceano”¹, provavelmente imagina uma garrafa de água ou uma sacola de supermercado flutuando na superfície do oceano. O que pode não vir à mente é uma ameaça mais oculta – as 640.000 toneladas de redes de pesca que são abandonadas e descartadas todos os anos.

Crédito: Divulgação

Permanecendo em nossos oceanos por séculos, essas “redes fantasmas” são responsáveis por prender e enredar a vida marinha, danificar recifes de corais e habitats naturais e podem até mesmo acabar em nossas fontes de alimentos e água.

Essas redes de pesca descartadas atrapalham o equilíbrio do nosso meio ambiente em um ritmo alarmante. Coletar e reaproveitar essas redes são os primeiros passos vitais para manter nossos oceanos limpos, bem como preservar o planeta e nosso futuro coletivo.

Projetando produtos mais sustentáveis

A Samsung sempre ultrapassou os limites da tecnologia móvel e agora a empresa busca fazer o mesmo com suas práticas de sustentabilidade. Ao dar nova vida às redes de pesca descartadas que de outra forma se tornariam resíduos perigosos, a Samsung – por meio de sua solução criativa – exemplifica como todos podemos fazer mais com menos para conservar os recursos do nosso planeta.

A Samsung está comprometida em lidar com a poluição plástica dos oceanos de uma maneira que impactará positivamente não apenas o meio ambiente, mas também a vida de todos os usuários Galaxy.

Crédito: Divulgação

Este novo avanço tecnológico marca uma conquista notável na jornada da empresa para entregar ações ambientais tangíveis e proteger o planeta para as próximas gerações.

O reaproveitamento de plásticos ligados ao oceano é apenas o primeiro passo em nossa missão coletiva para enfrentar a crise climática, e a Samsung espera usar nossa escala, inovação e colaboração aberta para descobrir soluções adicionais.

¹ O plástico ligado ao oceano é o lixo plástico abandonado de todos os tamanhos (microplásticos, mezzo-plásticos e macroplásticos) que estão localizados a 50 km da costa em comunidades ou áreas onde a gestão de resíduos é inexistente ou muito ineficiente.

Sobre a Samsung Electronics Co. Ltd.

A Samsung inspira o mundo e molda o futuro com ideias e tecnologias transformadoras. A empresa está redefinindo o mundo de televisores, smartphones, dispositivos portáteis, tablets, equipamentos digitais, sistemas de rede, memória, sistema LSI e soluções de semicondutores e LED. Para saber as últimas notícias, visite a Samsung Newsroom em https://news.samsung.com/br

Site oficial: https://www.samsung.com/br/

Crédito:
Imprensa | Samsung

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 5121 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!