ECONOMIA DE BAIXO CARBONO

Vibra e Comerc Energia neutralizam emissões de gases de efeito estufa (GEE) do evento Vibra Open Air

A Comerc Energia, que integra o portfólio de energias renováveis da Vibra, finalizou o inventário de GEE do Vibra Open Air. Esse processo permitiu quantificar as emissões de gases de efeito estufa desse evento que conta com a maior tela de cinema ao ar livre do mundo, de acordo com os rigorosos padrões estabelecidos pelo GHG, conjunto de padrões e diretrizes estabelecidos internacionalmente para medir e gerenciar as emissões dos gases causadores do efeito estufa. […]

ECONOMIA DE BAIXO CARBONO

No Dia Mundial do Meio Ambiente, indústria brasileira do cimento é referência na redução de emissões dos gases de efeito estufa

Ações levaram o Brasil a se tornar uma referência entre países com a menor emissão de CO2 por tonelada de cimento produzida no mundo. O setor de cimento também estabeleceu de maneira vanguardista suas metas em relação à redução dos seus níveis de emissão dos gases de efeito estufa e para isso pretende chegar em 2050 utilizando 55% de combustíveis renováveis de diversas fontes, tais como: resíduos urbanos sem reciclabilidade, lodo de esgoto, pneus inservíveis, agrícolas (casca de arroz, caroço do açaí, casca do babaçu) e resíduos industriais. […]

O Observatório de Conhecimento e Inovação em Bioeconomia é um centro interdisciplinar criado pela Fundação Getulio Vargas, com especialização em mudanças climáticas, uso da terra e uso da biodiversidade.
BIOCOMBUSTÍVEIS

Gases de efeito estufa: Observatório de Bioeconomia da FGV lança relatório de descarbonização

O Observatório de Conhecimento e Inovação em Bioeconomia da Fundação Getulio Vargas (FGV) acaba de lançar o dashboard de descarbonização na
matriz de combustíveis leves. O objetivo é acompanhar, trimestralmente, a dinâmica de consumo de combustíveis no Brasil, com atenção especial à análise e compreensão dos efeitos da bioenergia na redução das emissões de gases causadores do efeito estufa (GEE). […]

Dax Green e Tacet Vere são cleantechs que fornecem soluções acessíveis, seguras e escaláveis para o desenvolvimento sustentável.
ECONOMIA DE BAIXO CARBONO

Impacto ambiental: startups elaboram ferramenta capaz de identificar, contabilizar e mitigar emissões de gases de efeito estufa

DaX Green – startup britânica-brasileira que atua com soluções de negócios blockchain para a pauta ESG – anuncia fusão com a Tacet Vere, startup-filha da Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, que tem como propósito tornar a gestão de impactos ambientais acessível a todas as empresas e organizações. A nova joint venture formada pelas duas empresas surge para gerar soluções e inteligência na gestão do carbono por meio do desenvolvimento de uma ferramenta que subsidia a gestão de emissão de gases do efeito estufa. […]

BIOCOMBUSTÍVEIS

Uso de resíduos para geração de bioenergia pode neutralizar as emissões de gases-estufa de São Paulo

O maior aproveitamento de descartes da produção agrícola para a geração de energia e o uso de resíduos sólidos urbanos para essa mesma finalidade poderiam tornar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) de São Paulo neutras ou negativas, avaliam pesquisadores ligados ao Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN). […]

Foto: Sidnei Vital Guimarães, Aggreko
BIOCOMBUSTÍVEIS

Geração distribuída descentralizada a partir do biogás: uma tendência que traz inovação e oportunidades para o setor de energia elétrica

A Aggreko, líder global em soluções de energia, destacou sua expertise em projetos de geração de energia elétrica a partir de biogás no Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano. O Gerente de Desenvolvimento de Negócios da Aggreko, Sidnei Vital Guimarães, palestrou no evento como especialista em estratégias de desenvolvimento de negócios no setor de bioenergia, compartilhando casos de sucesso em todo o país, fruto de sua experiência de mais de 15 anos na área. […]

Lançado em novembro, antes da cúpula do clima de 2023 em Dubai, Emirados Árabes Unidos, o Relatório sobre a Lacuna de Emissões 2023: Recorde Quebrado (PNUMA)
CONFERÊNCIA DAS PARTES | COP

BAIXAR PDF – Disponível pelo PNUMA ‘Relatório da sobre a Lacuna de Emissões 2023: Recorde Quebrado’ aponta urgência nas ações climáticas

Lançado em novembro, antes da cúpula do clima de 2023 em Dubai, Emirados Árabes Unidos, o Relatório sobre a Lacuna de Emissões 2023: Recorde Quebrado – Temperatura atinge novos máximos, mas o mundo falha em reduzir as emissões (novamente), conclui que as transformações globais de baixo carbono são necessárias para reduzir as emissões de gases de efeito estufa previstas para 2030 em 28% para uma trajetória de 2°C e 42% para uma trajetória de 1,5°C. […]

CNI-Oportunidades e Riscos da Descarbonização da Indústria Brasileira
ECONOMIA DE BAIXO CARBONO

BAIXAR PDF: Estudo da CNI mostra que descarbonização do setor até 2050 custará cerca de R$ 40 bilhões

A transição do setor industrial brasileiro para uma economia de baixo carbono apresenta desafios. O elevado custo de capital no país, combinado com o chamado “Custo Brasil”, torna os investimentos em novas tecnologias e processos de produção mais limpos especialmente elevados. Estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostrou que, para descarbonizar a indústria brasileira, serão necessários cerca de R$ 40 bilhões até 2050. […]

COP28 - Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas
AMAZÔNIA

Na COP28, Brasil deve pressionar por recursos financeiros para transição climática justa

A COP28, em Dubai, promete ser a mais emblemática Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas. A expectativa é entregar o primeiro balanço global de ações executadas pelos países nos últimos oito anos para limitar o aumento da temperatura global em 1,5º Celsius, e começar a definir os ajustes que precisam ser feitos daqui em diante. Esse balanço também é importante porque vai nortear o tema principal da COP do próximo ano: os recursos financeiros para mitigação dos efeitos das mudanças climáticas. […]

COP28 - Conferência da ONU sobre Mudança do Clima
BATERIAS | CARREGADORES

Mobilidade elétrica ganha relevância no debate sobre mudanças climáticas

No momento em o aquecimento global chegou a um nível tão alarmante, tanto o Brasil com recordes na temperatura, volume de chuvas e seca, quanto o mundo, líderes mundiais firmam compromissos para mitigar as alterações climáticas, durante a 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a COP28, em Dubai. Tupinambá Energia, contribui em três anos para a neutralização mais de 1.500 toneladas de CO2 não lançados na atmosfera. […]