Um Dia No Parque leva mais de 120 mil pessoas às Unidades de Conservação brasileiras

softelec
um_dia_no_parque

Imagem: Divulgação | Atividades em contato com a natureza foram realizada em cerca de 400 UCs em todas as regiões

Publicidade
Publicidade
AMBIENTAL MERCANTIL

Agosto de 2023 – No último domingo, dia 23 de julho, foi realizado o Um Dia No Parque, que este ano contou com a participação de mais de 400 Unidades de Conservação, que receberam cerca de 120 mil pessoas em todo o território nacional. A edição 2023, que teve por tema “É hora de cuidar do nosso lar”, bateu recordes de participação. Ano passado, foram mobilizadas 360 UCs, levando pouco mais de 100 mil pessoas a aderirem à ação.

Jakeline Pereira, diretora do Programa de Áreas Protegidas do Imazon, celebra os recordes alcançados na ação. “Em 2023, conseguimos alcançar o maior número de territórios participantes em seis anos de ação no Pará, o que significou mais Unidades de Conservação tendo visibilidade no estado. Com isso, quem participou das atividades passará a ter uma relação mais próxima com os territórios e poderá se engajar na defesa deles, que é o objetivo do Um Dia No Parque”.

As Unidades de Conservação ofereceram um domingo com diversas atividades, a exemplo de caminhadas, ciclismo, meditação, observação de pássaros e pôr do sol.

No Parque Nacional Marinho de Abrolhos, a pequena Vivian da Silva Cajueiro comemorou o aniversário de 11 anos e afirma que “me senti feliz por plantar um pé de mangaba em um lugar muito especial para mim e vou acompanhar seu crescimento”. Ela quer voltar à Unidade de Conservação para mais oficinas. A mãe de Vivian, Claudinete da Silva Mandiba, conta que espera “que ela aprenda sobre tudo o que compõe a natureza, cuidando, preservando, pois é muito importante que ela entenda que se não cuidarmos, hoje, não vamos garantir o amanhã”. Vivian entendeu o recado e garantiu que vai acompanhar o crescimento do pé de mangaba.

Em todos os biomas houve atividades para diferentes públicos. No Parque Municipal Montanhas de Teresópolis, o grupo Julietti Serrana, com o apoio de voluntários, proporcionou ao senhor José um passeio pela Unidade de Conservação em uma cadeira de rodas adaptada chamada Julietti. No Distrito Federal, o Instituto Ecos do Cerrado promoveu a limpeza do Parque Ecológico Veredinha. No Pará, o Parque Nacional da Amazônia ofereceu oficinas de carimbó, aula de yoga, trilha e até badminton. No Rio Grande do Sul, o Parque Municipal Pedra do Segredo levou os visitantes ao alto do morro, além de contar com uma mostra sobre os felinos do Pampa. Por meio da #umdianoparque, é possível conhecer mais atividades realizadas durante o Um Dia No Parque.

Além dos recordes nos números, a ação deste ano contou com o apoio do Governo Federal, representado pela Ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva. A ministra publicou um vídeo em suas redes sociais expressando o apoio à ação e frisando a importância de ações como esta na preservação ambiental.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) apoiou o Um Dia No Parque por meio da mobilização das Unidades de Conservação federais, que este ano tiveram um recorde de inscrições, 63 em todo o país.

Para Marina Kluppel, Coordenadora Geral de Uso Público e Serviços Ambientais do órgão, “Isso mostra a força do trabalho integrado entre governo, organizações não governamentais, e a sociedade. A iniciativa Um Dia No Parque é uma das iniciativas mais importantes de promoção das nossas Unidades de Conservação, e o envolvimento do ICMBio na organização do evento foi uma honra”.

Marina Kluppel passou o domingo no Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque em busca de uma das árvores mais altas do Brasil, um angelim de quase 80 metros de altura. Ela foi acompanhada por Letícia Alves e Dennis Hyde, da Expedição Entre Parques BR, que estão visitando todos os parques nacionais do país.

Para a coordenação do Um Dia No Parque, o recorde de Unidades de Conservação inscritas e de público participante das atividades mostra o potencial da ação. “A cada ano o Um Dia No Parque nos surpreende com o aumento da adesão e engajamento do público. Esse ano, novamente, fomos surpreendidos pelo grande número de UCs e visitantes, e também pela diversidade nas atividades. Isso mostra que Um Dia No Parque ainda está no início e tem muito a crescer. Temos certeza de que nos próximos anos teremos uma visitação cada vez maior, com mais pessoas conhecendo e se apaixonando por nossas áreas protegidas”, afirma Angela Kuczach, diretora executiva da Rede Pró UC, idealizadora e coordenadora do Um Dia No Parque.

E os efeitos da ação reverberam ao longo do ano. O público crescente na campanha Um Dia no Parque também é acompanhado pelo aumento do número de visitantes nesses espaços protegidos. Segundo dados do ICMBio divulgados na semana da campanha, mais de 21 milhões de pessoas visitaram as Unidades de Conservação Federais no ano de 2022.

Diego Martinez e Moema Septanil, do programa de áreas protegidas da SOS Mata Atlântica, levaram a equipe da organização para visitarem o Parque Nacional de Itatiaia, primeiro parque nacional do país, que promoveu atividades de observação de aves, trilhas guiadas e outras ações para diversos públicos.

Para Diego Martinez, coordenador do programa de áreas protegidas da Fundação SOS Mata Atlântica, “a campanha Um Dia No Parque vem, ano a ano, contribuindo para uma cultura de visitação, valorização e amor pelas Unidades de Conservação. Os Parques oferecem caminhos muito poderosos para engajar a sociedade na defesa e fortalecimento das nossas áreas protegidas, uma causa abraçada pela SOS e pelas outras organizações da Coalizão Pró-UCs.”

Sobre a ação

Um Dia No Parque é uma iniciativa da Coalizão Pró-UCs, um grupo de entidades comprometidas com a preservação ambiental e a conscientização sobre a importância dessas áreas protegidas.

O tema do Um Dia No Parque 2023 foi “É hora de cuidar do nosso lar”, que deu continuidade à ideia de 2022, que teve como tema “De volta ao lar”, graças ao retorno às atividades presenciais após o período da pandemia. O UDNP 2023 quer lembrar as pessoas que é necessário cuidar das Unidades de Conservação e que o contato com a natureza contribui para a saúde física, mental e emocional.

Sobre a Coalizão Pró-Unidades de Conservação

O Um Dia No Parque foi idealizado pela Rede Nacional Pró Unidades de Conservação, e é realizado pela Coalizão Pró-Unidades de Conservação, formada por empresas e organizações da sociedade civil comprometidas com a valorização e a defesa das unidades de conservação e que juntam forças anualmente para a realização dessa importante ação.

A Coalizão é composta pela Rede Pró UC, WWF-Brasil, Fundação SOS Mata Atlântica, Instituto Semeia, Fundação Grupo Boticário, Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas, FUNBIO – Fundo Brasileiro para a Biodiversidade, TNC Brasil, Imaflora e Conservação Internacional.

Site Oficial: https://www.unidoscuidamos.com/um-dia-no-parque-2023

Imprensa

Temas relacionados

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
About Ambiental Mercantil Notícias 5371 Articles
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!