Sun Mobi obtém investimento de R$ 16 milhões para ampliação de usina solar no interior de SP

Imagem: Divulgação | Localizado na cidade de Porto Feliz (SP), empreendimento deve chegar a 5 megawatts e amplia oferta de programa de assinatura para consumidores de 27 municípios paulistas

A Sun Mobi, enertech especializada no modelo inovador de energia solar via assinatura, acaba de viabilizar um investimento da ordem de R$16 milhões no País para ampliação da usina fotovoltaica instalada na cidade de Porto Feliz, interior de São Paulo.

A aposta da companhia é democratizar ainda mais o acesso à tecnologia fotovoltaica para consumidores de 27 municípios do estado paulista dentro da área de concessão da CPFL Piratininga, incluindo Sorocaba, Santos e Jundiaí, e ao mesmo tempo ajudar no alívio das altas na conta de luz em tempo de crise hídrica e reajustes tarifários.

O empreendimento, que atende consumidores residenciais e comerciais no modelo remoto por assinatura, vai saltar do atual 1 megawatt (MW) de potência instalada para 5 MW, com início da nova capacidade prevista para janeiro do próximo ano.

Cerca de 20% do montante aportado (R$ 3,2 milhões) devem ficar na própria região e aquecer a economia local com contratações de empresas de limpeza de terreno, de engenharia civil, de segurança e de alimentação, entrou outros setores beneficiados. 

“Além dos benefícios econômicos, a ampliação da usina trará grandes ganhos ambientais para a região. Num horizonte de operação de 30 anos e com uma geração de 191 mil megawatts/hora, serão evitadas as emissões de 64,8 mil toneladas de CO2, o que equivale a cerca de 410 mil árvores plantadas”, explica Guilherme Susteras, sócio da Sun Mobi.

A usina de Porto Feliz, batizada de Wanda Maria Bueno, fornece energia limpa e renovável para edificações de todos os portes, entre casas, apartamentos, imóveis alugados, comércios e indústrias.

“Temos dobrado nossa base de clientes a cada dois anos e esperamos chegar a 6 mil consumidores atendidos nos próximos três anos”, comenta Alexandre Bueno, sócio da Sun Mobi.

O assinante da Sun Mobi também recebe sem custos um aparelho de monitoramento do consumo de energia elétrica que avisa em tempo real o status de gasto de eletricidade, seja de uma empresa ou de uma residência.

O serviço de assinatura de energia solar tem crescido exponencialmente no País, impulsionado pela ausência de necessidade de investimento próprio num sistema próprio de geração de eletricidade no telhado ou num pequeno terreno, além do baixo custo do serviço e redução nas despesas com tarifas da conta de luz.

“É uma opção para consumidores que se encontram em imóveis alugados, apartamentos ou ainda que não tenham condições de fazer investimentos num sistema fotovoltaico. Os consumidores têm alívio na conta de luz por dois motivos: primeiro, fazem gestão ativa do seu consumo com os sensores e informações disponibilizadas pela Sun Mobi e, depois, pela não incidência das famigeradas bandeiras tarifárias nas contas de energia dos clientes da empresa. A combinação dos dois fatores pode dar uma economia de 10% ou mais para nossos assinantes”, conclui Bueno.

O investimento na ampliação da usina em Porto Feliz será feito pela Comercializadora Get Energy Trading e por demais investidores privados e usinas entrará em operação em janeiro de 2022.

Sobre a Sun Mobi

Fundada em 2016, a Sun Mobi é a primeira enertech do Brasil, combinando o que há de mais moderno na área de geração de energia com o poder de alcance da internet.

Crédito:
Imprensa | Sun Mobi

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL



Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1497 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.