Projeto Saciar atrai milhares de pessoas para corrente do bem

Meta de doação de cestas aumenta 180% devido ao engajamento de voluntários e doadores. Principais grupos atendidos foram famílias de catadores dos lixões de Cuiabá e Rondônia.

O Saciar, um dos projetos do Instituto Canopus, braço social do Grupo Canopus, um dos maiores grupos de concessionárias do país, atraiu, entre abril e dezembro, mais de 10 mil voluntários, 1.900 funcionários do grupo, além de parceiros, fornecedores, sociedade civil e empresas, em torno do mesmo propósito: garantir às camadas mais pobres da população o direito básico à alimentação. No período, foram distribuídas, aproximadamente, 31 mil cestas básicas, beneficiando 248 mil pessoas. A expectativa, até abril de 2021, quando o Saciar celebra um ano, é entregar 45 mil e impactar 360 mil.

Um dos diferenciais do projeto é a capacidade de envolver, mês a mês, milhares de interessados na causa, pessoas físicas e jurídicas. A reputação do Instituto Canopus, construída ao longo de 14 anos, as ações de comunicação nas redes sociais, as lives musicais produzidas no período e o tradicional boca a boca contribuíram para ampliar o número de voluntários e doadores e, consequentemente, o de famílias beneficiadas, nos estados do Amazonas, Maranhão, Pará e Rondônia, na Região Norte; Goiás e Mato Grosso, no Centro-Oeste; Rio de Janeiro e São Paulo, no Sudeste; e no Distrito Federal.

“Com a pandemia, os projetos do Instituto Canopus, predominantemente com atividades presenciais, foram suspensos. Criamos o Saciar para atender às necessidades das famílias, agravadas com a Covid-19, e conseguimos muito mais. Mantivemos nosso time de voluntários ativos e aumentamos esta corrente do bem, o que nos permitiu ampliar a meta de 1.250 para 3.500 cestas doadas mensalmente. Em dezembro, em virtude do Natal, a meta era 11.500, mas chegamos a 12.600”, diz Paulo Henrique de Lima Borges, presidente do Instituto Canopus.

Dentre as adesões à corrente do bem, Borges destaca o Consórcio Canopus, uma das empresas do Grupo, que desde agosto contribui com o Saciar. Neste mês, foi a vez dos seus agentes e representantes abraçarem a causa. Além de impactar no número de cestas, a presença do consórcio em todos os estados ampliou a extensão territorial do projeto.

Seleção

Os mais de 10 mil voluntários do Instituto Canopus são responsáveis por selecionar e cadastrar as famílias que receberão as cestas. Dentre os critérios para a escolha, estão renda mínima e número de pessoas na mesma casa, condições de saúde e de emprego e bairros onde moram.

“As famílias se comprometem a nos avisar caso a situação melhore, para que possamos incluir outras mais necessitadas. E o acordo é cumprido. Desde que começamos, 150 famílias conseguiram abrir mão da cesta, liberando para outras 150″, reforça Hérika Brino Lima, coordenadora de Encontros no instituto.

A montagem e a distribuição das cestas, cada uma com 23 kg de alimentos, também são responsabilidade do time de voluntários, mas todo mês tem gente nova ajudando.

“Para a campanha de dezembro, envolvemos os colaboradores do Grupo Canopus. Eles sugeriram as famílias e entregaram as cestas. Foi uma maneira que encontramos para, além de ampliar o número de beneficiados, despertar o olhar deles para o próximo”, comenta Hérika.

Leila Amorim, coordenadora financeira do Consórcio Canopus, em Cuiabá (MT) revela:

“Nunca realizei nada parecido. Foi gratificante ver a felicidade das famílias. Não entregamos apenas cestas básicas. Levamos esperança.”

Instituto Canopus

Criado em 2004, é fruto do ideal de Marcos Roberto Cruz, presidente do Grupo Canopus, de contribuir com o equilíbrio do ser humano, tanto físico como espiritual, e a qualidade de vida, por meio da comunicação, educação, assistência social, desenvolvimento comunitário, cultura e arte. Esse é o foco do projeto Estilo de Vida Canopus, que desde 2004 já realizou 174 treinamentos, beneficiando 9 mil pessoas, maiores de 18 anos.

Além do Estilo de Vida Canopus e do Saciar, o instituto possui vários projetos.

Primeiro Passo: atua na formação de jovens e adultos para a inclusão no mercado de trabalho. Em dez anos, formou 2.200 adolescentes e jovens, entre 14 e 24 anos.

Criança Feliz Canopus: projeto cultural que alia arte e educação, com o objetivo de integrar crianças e jovens de escolas públicas, colaboradores e comunidade, por meio de atividades lúdicas, esportivas e recreativas. O evento acontece anualmente, nas empresas do Grupo Canopus. Criado em 2011, beneficiou 94 mil crianças e adolescentes, entre 6 e 14 anos.

Constelation Dança, Arte e Cultura: visa proporcionar melhoria da qualidade de vida, por meio de atividades culturais. Em oito anos, atendeu 2 mil crianças e adolescentes, entre 5 e 15 anos.

Colcha de Retalhos: proporciona conhecimento, inclusão social e geração de renda a mulheres em situação de vulnerabilidade financeira. Criado em 2016, beneficia, em média, 18 mulheres anualmente. Além de aprenderem a costurar, nesse período, elas confeccionam cerca de 630 colchas, com retalhos doados por uma rede de parceiros, que são comercializadas pela Internet. 

CENPRHE Canopus: garante gestão e fortalecimento das atividades de educação integral para crianças e adolescentes, entre 6 e 14 anos. Em quatro anos, foram 800 beneficiados.

Grupo Canopus

Com quase 50 anos de atuação no segmento automotivo, o Grupo Canopus possui mais de 40 concessionárias, das marcas Toyota, BMW Mini, Caoa Chery, Nissan e Honda Motos, distribuídas pelos estados do Amazonas, Rondônia, Mato Grosso, Pará, Goiás e Minas Gerais e no Distrito Federal. Em 2019, totalizaram, aproximadamente, 41.100 unidades comercializadas, entre automóveis e motocicletas.

Além das concessionárias, fazem parte do Grupo Canopus as empresas: Consórcio Canopus, com atuação nacional; Bétria Corretora de Seguros; Sirius Atacado de Peças; Canopus Atacado Motopeças; Canopus Solar, na área de energia renovável; Canopus Funilaria e Pintura; e Boreal Financial & Insurance.

Atualmente, são 5 mil empregos gerados, direta e indiretamente. Em 2019, o Grupo Canopus registrou faturamento de R$ 3,59 bilhões, 5,7% superior a 2018. Para este ano, a estimativa é de R$ 4,25 bilhões.

Crédito:
Assessoria de Imprensa do Instituto CANOPUS

Sobre Ambiental Mercantil Notícias 700 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.