Conheça as redes varejistas campeãs no Brasil em coleta de lâmpadas para reciclagem

Imagem: Divulgação | Sem custo para lojistas e consumidores, a Reciclus, entidade gestora da logística reversa no país, instala os coletores e faz o descarte do matéria.

Desde que a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) foi instituída no Brasil, ficou claro que a responsabilidade pela destinação final ambientalmente adequada de alguns materiais, como as lâmpadas que contêm mercúrio em sua composição, deve ser compartilhada por fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes e consumidores. A proximidade com o consumidor garante ao comércio um papel fundamental na logística reversa de lâmpadas. Por isso, a Reciclus (Associação Brasileira para a Gestão da Logística Reversa), organização sem fins lucrativos responsável pela gestão do processo no País, atua para ampliar a parceria com redes varejistas que têm a sustentabilidade em seu DNA.

Tanto que as 10 principais redes varejistas parceiras da Reciclus já coletaram, desde 2017, um total de 3.850.237 de unidades de lâmpadas, ou 29% do volume coletado pelo programa. Isso significa que todo esse material teve a destinação correta, ou seja, deixou de ir para o lixo comum.

Veja o ranking das 10 varejistas campeãs em coleta de lâmpadas pós-uso (*):

POSIÇÃOREDEUNIDADES DE LÂMPADAS COLETADAS
Leroy Merlin1.782.717
Makro347.713
COOP307.610
Carrefour299.823
GPA (Extra)271.210
Balaroti 212.562
BIG195.177
Assaí166.192
Atacadão140.245
10ºConstrudecor126.988
Infográfico: Desde 2017 e até novembro de 2020

Atualmente, a Reciclus conta com mais de 2.000 pontos de coleta em 454 municípios de todas as regiões do País, em sua maioria estabelecimentos comerciais. Desde 2017, a Associação já coletou mais de 1,8 milhões de kg de lâmpadas usadas, totalizando 12,6 milhões de unidades.

“A sustentabilidade é um pilar estratégico do GPA, grupo controlador do Extra, e a parceria com a Reciclus está em linha com esse compromisso. Há coletores em mais de 130 lojas do Extra no Brasil, onde foram descartadas 42 toneladas de materiais desde 2017. Isso mostra que estamos no caminho certo para a construção, com nossos clientes, colaboradores e parceiros, de uma sociedade cada vez mais sustentável”, avalia Mirella Gomiero, diretora de RH, Tecnologia e Sustentabilidade do GPA.

Parceiro Reciclus desde 2018, o Atacadão tem a vantagem de estar presente em todos os estados e todas as lojas contam com um coletor.

“Com isso, conseguimos atender a um grande público, devido à nossa capilaridade”, diz o vice-presidente Marco Oliveira.

“O segredo para se obter sucesso nesse programa é o engajamento dos colaboradores, que estão cada vez mais conscientes da importância da destinação correta dos resíduos. Trabalhamos com conteúdo interno e divulgamos os pontos de coleta no site institucional.”

Presente nos estados do Paraná e Santa Catarina, a rede Balaroti, de material de construção, possui uma política de preocupação sustentável, na qual se destaca o empenho dos colaboradores como facilitadores da coleta.

“Com a Reciclus foi possível criar os pontos de coleta em nossas lojas de maneira prática e organizada, estimulando no público o descarte correto. Um dos fatores determinantes para alcançarmos esse resultado foi o engajamento dos colaboradores em orientar corretamente os clientes”, afirma Fernando Beker, gerente de Publicidade e Propaganda do Balaroti.

Antes mesmo de a PNRS entrar em vigor, a Coop já tinha ações voltadas à sustentabilidade, com o apoio a cooperativas de reciclagem. “Temos em nosso DNA a cultura de cooperar com a comunidade”, afirma Adalberto Correa S. Junior, responsável pela Segurança do Trabalho e do Meio Ambiente na cooperativa.

“Essas iniciativas fazem parte da estratégia de crescimento e agregam valor para a sustentabilidade do negócio. A parceria com a Reciclus ajuda a fortalecer aquilo em que acreditamos.”

Uma das primeiras empresas a aderir ao programa Reciclus, o Grupo Big apresenta resultados sólidos, que comprovam o sucesso da parceria.

“Mais do que atender à legislação vigente, nossa atuação conjunta visa a estimular o consumidor a adotar práticas mais sustentáveis no pós-consumo, oferecendo uma alternativa adequada para a destinação de resíduos, como as lâmpadas”, comenta o Analista de Sustentabilidade do Big, Felipe Pinto Silva.

Com coletores Reciclus instalados em 75 lojas da rede, o Assaí quer estimular os clientes a fazerem escolhas mais conscientes e que respeitem o meio ambiente.

“A parceria com a Reciclus fortalece esse movimento, ao facilitar o descarte de lâmpadas pós-uso aos milhares de clientes que passam pelas lojas todos os dias, contribuindo para que o processo seja correto e segura”, analisa Sandra Vicari, diretora de Gestão de Gente e Sustentabilidade da companhia.

“As lâmpadas precisam ser destinadas corretamente para proteger a sociedade e o planeta e ficamos satisfeitos por sermos intermediários de peso nessa iniciativa, servindo como referência com nossos PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de Resíduos) para os clientes finais e profissionais”, afirma Maitê Leite, coordenadora de Sustentabilidade do Makro Atacadista, a segunda rede que mais coletou resíduos de lâmpadas no país desde 2017.

SOBRE A RECICLUS

A Reciclus é uma associação sem fins lucrativos, criada pelos principais importadores de lâmpadas, para atuar como Entidade Gestora do processo de logística reversa, seguindo um modelo de operação autossustentável. Atualmente, conta com 88 empresas associadas que financiam a operação. O objetivo é envolver toda a sociedade e a cadeia produtiva em um grande movimento estruturado de coleta de lâmpadas ao final de seu ciclo de vida e realizar a sua destinação final ambientalmente adequada.

Mais informações: www.reciclus.org.br 

Crédito:
Imprensa | Reciclus

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1131 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.