Exchange 4 Change Brasil é guardiã dos Laboratórios de Economia a Circular do SP+B

softelec
A Exchange 4 Change Brasil (E4CB) é uma organização que orienta a transição para a economia circular.
A Exchange 4 Change Brasil (E4CB) é uma organização que orienta a transição para a economia circular.

Imagem: Divulgação | Iniciativa, que também conta com a expertise da Fundação Ellen MacArthur, integra três encontros para debater as oportunidades da economia circular para a cidade de São Paulo

Publicidade
Publicidade
AMBIENTAL MERCANTIL

Outubro de 2023 – A Exchange 4 Change Brasil (E4CB), organização que orienta a transição para a economia circular no país desde 2015, uniu-se à Fundação Ellen MacArthur como guardiã dos Laboratórios de Economia Circular do SP+B, iniciativa que propõe a aceleração do desenvolvimento sustentável de São Paulo. O Laboratório visa, por meio da colaboração, do engajamento e do debate qualificado, a trabalhar em busca de soluções circulares para a cidade. Os dois primeiros encontros promovidos pelo Laboratório aconteceram nos meses de agosto e setembro.

A última reunião acontecerá até o fim deste ano.

A fundadora e diretora da Exchange 4 Change Brasil e do Hub de Economia Circular Brasil (Hub-EC), Beatriz Luz, comenta a importância da parceria com o SP+B e como a E4CB, parceira institucional do programa, vai contribuir com o debate:

Estamos muito felizes pela parceria com o SP+B e pela oportunidade de estarmos nos Laboratórios de Economia Circular do projeto. A participação da E4CB representa, principalmente, uma imersão na prática da economia circular no Brasil, com um olhar para cidades e pessoas, e uma avaliação de onde estamos e como podemos avançar. Estamos engajados para que nosso país seja protagonista quando falamos da transição circular no Sul Global. Para isso, é importante que o foco esteja nas cidades e nas possibilidades que podem ser encontradas ao conectar empresas de diferentes setores e portes e variados atores da sociedade civil, de modo que todos os elos da cadeia estejam engajados e dedicados para essa mudança de mentalidade.

Entre os temas principais do SP+B, além da Economia Circular, estão Habitação, Segurança Alimentar, Trabalho e Renda e Mobilidade Urbana. Ainda, Cultura, Tecnologia e Inovação, Clima e Diversidade entram nas discussões como temas transversais.

O programa busca a colaboração de entidades diversas para um processo de melhoria contínua em assuntos de interesse público na cidade de São Paulo.

É fundamental praticarmos o exercício da colaboração extrema e irmos além dos interesses organizacionais para, de fato, trabalharmos em prol de um futuro mais regenerativo para a cidade de São Paulo, que, sem dúvidas, é uma das principais metrópoles do mundo. Há enormes desafios e, com eles, grandes oportunidades – comenta Rennê Nunes, CEO da UP Lab e um dos correalizadores do SP+B.

Para Beatriz Luz, a presença de atores de áreas distintas é fundamental para a ampliação do debate:

A transição para a economia circular não se faz sozinho. Por isso, é essencial que iniciativas como o Laboratório de Economia Circular reúnam os representantes dos variados elos da cadeia produtiva. É natural que cada um tenha seus próprios interesses e é exatamente aqui que podemos atuar. Uma das nossas principais missões é mediar esses interesses, estimular a colaboração e facilitar soluções que sejam proveitosas para todas as partes. Além disso, o SP+B traz o olhar para as pessoas e a importância da diversidade socioeconômica e cultural para que a economia circular também seja justa e inclusiva.

Sobre o SP+B

O programa “SP+B” é parte do “Cidades+B”, um movimento global para acelerar o desenvolvimento sustentável e engajar diferentes setores da sociedade nos desafios das cidades relacionados a questões sociais e ambientais. O programa conta com a correalização do Sistema B – um movimento global de pessoas que usam os negócios para a construção de uma economia mais inclusiva, equitativa e regenerativa para as pessoas e para o planeta. 

Fazem parte da correalização do SP+B  as empresas B Labora, Cause e UP Lab. 

A iniciativa conta com o patrocínio mantenedor da Gerdau e da Nespresso. Patrocínio Ouro da Movida e patrocínio Bronze da Combio e da Diagonal.  Hering, Mãe Terra e Realixo são apoiadoras institucionais do movimento.

Site oficial: SP+B | CIDADES + B (spmaisb.org)

Imprensa

Temas relacionados

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
About Ambiental Mercantil Notícias 5371 Articles
AMBIENTAL MERCANTIL é sobre ESG, Sustentabilidade, Economia Circular, Resíduos, Reciclagem, Saneamento, Energias e muito mais!