Secretaria do Meio Ambiente do Ceará realiza primeira reunião do Comitê de Acompanhamento e Execução da Logística Reversa de Pneus

A Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) realizou no dia (21/10) a primeira reunião do Comitê de Acompanhamento e Execução da Logística Reversa de Pneus do Ceará. O encontro virtual, coordenado pela orientadora de Célula de Políticas Públicas e Projetos Ambientais, Sarah Pianowski, da Coordenadoria de Desenvolvimento Sustentável (Codes/SEMA), deu início aos trabalhos de implementação da Logística Reversa de Pneus da Administração Pública Estadual Direta e Indireta.

“Essa reunião é um marco e a partir de hoje, o Comitê fica estabelecido”, disse a coordenadora que abriu a reunião fazendo uma breve explicação sobre o que é a Logística Reversa, a importância da mesma, apresentando pontos relevantes da legislação ambiental vigente, e o panorama da destinação de pneus na administração pública do Ceará. Segundo Sarah, a Logística Reversa é “uma ponte” entre a coleta seletiva e a indústria.

“É mandatório, é uma obrigação da empresa”, disse. “É o retorno do produto pós consumo ao ciclo produtivo e os empreendimentos devem buscar meios de participar do sistema, assim como o Estado”, completou.

O servidor Ary Clecius, representante do Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará (Nutec), colocou o laboratório do Nutec, à disposição do Comitê.

“A gente tem como fazer a ponte para a destinação dos resíduos e dizer se os mesmos têm condições de serem destinados para uma cimenteira”, afirmou.

Gustavo Gurgel, da Gerência de Análise e Monitoramento as Semace, lembrou que a logística reversa contempla outros aspectos como a questão social.

“É papel importante do governo, capacitar comunidades sobre a reciclagem de pneus”, observou.

Sara, solicitou a contribuição de todos na confecção do edital de chamamento, que está sendo construído e que deverá ser publicado até o dia 30 de outubro.

“O edital vai estabelecer prazos e critérios para recebimentos de propostas do Programa de Logística Reversa de pneus, no âmbito do governo estadual”, explicou.

Publicado o edital, os próximos passos já estão definidos: assinatura do termo de compromisso; elaboração de regulamento; campanhas de mobilização e educação ambiental.

A expectativa da equipe da SEMA, gestora da implantação e implementação da Logística Reversa, no âmbito da administração estadual, é “iniciar 2021 com a logística reversa já funcionando”. Além da Sarah Pianowski, as técnicas da Codes/SEMA, Viviane Monte e Magda Marinho, integram o Comitê.

Crédito:
SEMA CE

Sobre Ambiental Mercantil Notícias 700 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.