ENCONTRO VIRTUAL DEBATEU A DESTINAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS E A COMPOSTAGEM NO BRASIL

Webinar organizado pela SIMA e Abisolo registrou a participação de aproximadamente mil internautas

O Comitê de Integração de Resíduos Sólidos (CIRS) da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) realizou na quarta-feira (18) o webinar “Compostagem e os desafios da Destinação dos Resíduos Sólidos Orgânicos no Brasil”. O encontro foi organizado em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal (Abisolo).

A abertura do encontro foi conduzida pelo subsecretário de Meio Ambiente da SIMA, Eduardo Trani; e contou com a participação do representante da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, José Luiz Fontes; e do coordenador de compostagem da Abisolo, Fernando Carvalho.

“Precisamos implementar cada vez mais mecanismos de economia circular em todos os setores possíveis. O reaproveitamento de resíduos pelo agronegócio é fundamental para poupar a extração de novos recursos minerais, elevar o tempo de vida útil dos aterros e aumentar a produtividade do campo”, destacou Trani.

A representante da Abisolo, Katia Beltrame, apresentou os benefícios da compostagem e as ações necessárias para alavancar o setor no Brasil.

“A compostagem traz como vantagem para as empresas várias possibilidades como a preocupação ambiental, o aumento do tempo de vida dos aterros, a recuperação do solo, os diversos benefícios ambientais, além do atendimento da Lei Nacional de Resíduos Sólidos e de Mudanças Climáticas”, disse Beltrame.

O assistente técnico da Diretoria de Controle e Licenciamento Ambiental da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), Cristiano Kenji, destacou a recente resolução SIMA 69/2020, que dispensa a necessidade de licenciamento ambiental para até 500 kg/dia de compostagem e vermicompostagem.

“Pensando no processo todo desde o início até o produto final são 90 dias o que daria cerca de 40 toneladas em média. É um volume razoável que visa estimular a valorização dos resíduos orgânicos e fomentar novos empreendimentos”, destacou Kenji.

Para o engenheiro agrônomo da Organosolvi, Jairo Hanasiro, a utilização da compostagem de resíduos agroindustriais ou fertilizantes organominerais são importantes práticas para melhora da produção agrícola.

“Tratar os resíduos pelo método de compostagem, com tecnologia e técnica correta nos possibilita obter um excelente adubo orgânico. Esse insumo retorna ao meio ambiente causando impactos extremamente positivos como a fertilização sustentável, a recuperação das áreas degradadas, melhoria das condições produtivas, além da melhora qualitativa e quantitativa dos cultivos”, concluiu Hanasiro.

O encontro virtual foi conduzido pelos coordenadores do CIRS, José Valverde Filho e Ivan Mello, que contou com a participação de parceiros e técnicos da Cetesb, SIMA, Sabesp e outras entidades.

Confira as apresentações realizadas:

Kátia Beltrame: Compostagem e os desafios da destinação dos resíduos orgânicos no Brasil

Cristiano Kenji: Resolução SIMA sobre a dispensa de licenciamento ambiental das atividades de compostagem e vermicompostagem de resíduos orgânicos compostáveis de baixo impacto ambiental, sob condições determinadas.

Jairo Hanasiro: Case de Sucesso da Organosolvi

Confira os vídeos da Abisolo sobre correto tratamento dos resíduos orgânicos:

Video da Abisolo sobre os “Beneficios dos Fertilizantes Orgânicos”

Abisolo: compostagem = emprego e renda, menor passivo ambiental e produtos de alto valor!

SOBRE A ABISOLO

A Abisolo, Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal, foi fundada com o objetivo de representar e defender os interesses das empresas produtoras de importantes insumos que colaboram para o aumento da qualidade, produtividade e sustentabilidade da agricultura brasileira.

Desde sua fundação, participa ativamente das discussões de temas de interesse do setor junto aos Ministérios e Secretarias, Órgãos de Controle e Fiscalização Ambiental, Instituições de Pesquisa, Receitas Estadual e Federal, além de outras entidades representativas de diferentes setores da sociedade civil organizada, buscando sempre a competitividade, a liberdade econômica e a valorização dos segmentos que representa.

Crédito:
SIMA Governo de São Paulo

ANUNCIE COM A AMBIENTAL MERCANTIL
AMBIENTAL MERCANTIL | ANUNCIE NO CANAL MAIS AMBIENTAL DO BRASIL
Sobre Ambiental Mercantil Notícias 1131 Artigos
AMBIENTAL MERCANTIL NOTÍCIAS é um canal que promove o meio ambiente, através da promoção de tecnologias ambientais e inovações, produtos e serviços de sustentabilidade, nacionais e internacionais.